Go to Top

Ciumenta, eu?!

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

O dicionário define ciúmes como: “cuidado, ardor, receio de perder alguma coisa…”. Se eu fosse a autora do Aurélio, contaria a verdade: ciúmes é aquele sentimento ridículo, que te faz parecer ridículo e depois se sentir ridículo. Mas… quem nunca?

Tudo começa quando você tem uma amiga. Ela é sua melhor amiga, vocês conversam todos os dias, saem todos os dias, moram juntas mesmo não morando, dividem todas as confidências e até a última trakinas do pacote. De repente ela arruma outra amiga. Gente, não é questão de ciúmes, eu só queria entender: de onde vem essa intimidade?! Na minha opinião, não há necessidade desta proximidade toda. Só acho isso.

Daí você tem um namorado. Ele é lindo, diz que você é linda, então vocês são lindos e se amam. <3 De repente você descobre que ele tem um passado. Aliás, um não, várioS passados. Pois é, ele não brotou da terra no momento em que vocês se conheceram e por acaso ele já disse que outras mulheres eram lindas também (e elas nem eram…). Aí eu te pergunto: é ciúmes querer que todas elas desapareçam do mapa? A meu ver, este é um favor para a humanidade…

Provavelmente você também tem um pai e uma mãe. Eles te amam muito, mais que tudo, e vivem afirmando que um filho é a coisa mais importante na vida dos pais. De repente você se dá conta de que tem irmãos e que seus pais já tinham a coisa mais importante da vida deles antes mesmo de você nascer. Ou pior, eles resolvem ter um filho depois que você já nasceu! Pô, você já não era a coisa mais importante? Por que eles precisam de outra coisa importante? Você não é importante o suficiente?


Ok, então agora você tem irmãos e descobre que pode amá-los muito e eles te amam também! Só que daí eles tem outros irmãos e você tem que dividir este amor. Que mundo é esse?

Brincadeiras a parte, eu gostaria de deixar claro que sou uma pessoa muito tranquila, controlada e que muitos nem conhecem o meu lado ciumenta. Aliás, eu nem sou ciumenta. Eu convivo super bem em sociedade e aceito que as pessoas que eu amo amem outras pessoas também… desde que elas me amem um pouquiiinho mais! :D

Clique aqui para se inscrever no meu canal do YouTube ♥ E vem me acompanhar também no Instagram: @milenedamata e @aterapiadealice ♥

, ,

8 Respostas para "Ciumenta, eu?!"

  • Bruno Afonso
    20 de abril de 2015 - 12:19 Responder

    Kkkkkkkk…

  • Heliete
    20 de abril de 2015 - 15:08 Responder

    Muito bom!

  • Daniela
    29 de abril de 2015 - 09:31 Responder

    Adoreiii!!!

  • Lady Susy
    1 de junho de 2015 - 15:21 Responder

    Hoje em dia o segredo da seduão consiste mais na criação de valor pessoal. Para ser desejável e atraente tem que ser valoroso aos olhos das pessoas. Ninguém quer se relacionar com uma pessoa que nada lhe acrescenta ou é tida como inferior.

    • Manolo
      25 de novembro de 2015 - 15:24 Responder

      Lady Susy.

      Favor não destorcer o assunto do texto,
      que alem de descontraído trás informações sobre o sentimento humano e não sobre como se portar diante de outra pessoa do seu desejo.

  • namoroempeso.com.br
    16 de março de 2016 - 08:17 Responder

    Muito legal o post, os homens precisam saber se comportar esse negócio de ciúme não da.

  • namoroempeso.com.br
    16 de março de 2016 - 08:22 Responder

    Até pareceu que somos só nós que somos ciumentas hahaha… todo homem é ciumento, isso é praticamente uma regra.

  • Ingrid
    22 de junho de 2016 - 12:00 Responder

    Bom dia, Milene! Td bem?
    Me chamo Ingrid, muito prazer!
    Tenho acompanhado todos os seus textos e sou grata a Deus por sua vida!
    Seus textos são lindos demais! Esse sobre ciúme foi muito bom,
    li dando risadas, pq parece muito cmg, meus pensamento… hahaha. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *