Go to Top

Profissões dor de cabeça

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Desde criança aprendemos que devemos nos apaixonar por alguém pelo seu caráter e seus atributos interiores. Mas não sejamos hipócritas: muitas pessoas se apaixonam pelas outras devido a sua beleza exterior.

No entanto, hoje eu quero falar sobre as pessoas que ignoram os atributos interiores, os exteriores e resolvem se encantar pelo o que a pessoa faz. Sim, a profissão dela! A princípio eu não tenho nada a ver com a vida de ninguém e cada um dá em cima de quem quiser. Mas eu resolvi casar com um músico, profissional que, ao lado dos que usam jalecos, fardas ou que são professores, têm que conviver com pessoas que confundem admiração com desejo sexual.

O cara pode até não ser atraente: basta estar numa posição superior que atrai a atenção – e repito, acho isso normal – que ele vira o gostosão. O problema é quando as pessoas não se contentam em apenas olhar e querem adicionar no facebook, conversar no whatsapp, e manter todo o vínculo possível como se eles fossem melhores amigos de infância. Meça sua admiração, parça! Todo mundo se irrita com isso. Eu, a mulher do médico, a namorada do professor, e até mesmo eles nem acham isso tão legal.

Admiro minhas amigas que adoram o assédio que rola em cima do namorado. É um misto de masoquismo com autoconfiança que eu acho incrível! Mas eu, particularmente, acho tudo isso um saco! Você deve agora estar pensando “não importa o que elas fazem, preocupe-se com a forma como ele vai reagir”. Concordo! Mas o problema não é esse. Eles realmente que façam o que quiserem. Eu só acho mesmo um saco toda essa dança do acasalamento que rola por uma tentativa desesperada de receber atenção daquele cara que tá ali, exercendo sua função por amor (ou por dinheiro) enquanto nós temos que olhar sorrindo e acenar.

E, para quem não tem a “sorte” de ter um cônjuge numa profissão superstar, vem ler o que a gente sofre. Eles não precisam ser bonitos, sequer legais ou interessantes. Apenas o que eles fazem já é o suficiente para arrancar suspiros de admiração – e do nosso lado, de ódio. hehe!

O time de Jaleco branco

Médicos, enfermeiros, odontologistas, fisioterapeutas e tantas outras profissões que são glamourizadas por um guarda-pó branco. Imagino que deva ser o senso de proteção que este profissional proporcione, ou aquela a idealização de viver uma história romântica do tipo “eu estava doente, ele cuidou de mim e aí nós nos apaixonamos”. Mas na vida real, ele é simplesmente o cara que te viu em condições que não te favorecem e está acostumado a ver milhares de casos iguais ao seu diariamente.

Agora, te proponho uma coisa: imagine você ter que ser a pessoa que espera por 200 horas seguidas o plantão desse cara em casa, sozinha. Só para as fortes, né? Então vamos combinar de respeitar quem fica esperando pelo plantão do noivo?

 O grupo de fardas

Policiais, milicos e bombeiros. Assim como o time de jaleco, nos proporcionam uma sensação de proteção e, além disso, todos ficam muito bem encorpados num uniforme desses. Se estiverem com óculos de sol modelo aviador, o look sedução estará completo. Vai ter mulher colocando o gatinho em cima da árvore de propósito para pedir socorro aos bombeiros. (Brincadeira, gente!)

Mas não é você quem espera aflita que o marido chegue em casa todos os dias sã e salvo. Então vamos combinar de respeitar por quem espera?

Os professores

Olha, quanto a este profissional, eu fico meio em dúvida se defendo a mulher deles ou as apaixonadas. Aquele ar de inteligência misturado com a atenção que eles sempre precisam nos proporcionar realmente é encantador! Mas, como eu tô aqui para defender o lado das namoradas, preciso dizer que: não que ele não seja legal sempre. Mas ele só está sendo legal com você porque é o trabalho dele! ;)

Só que não é você quem perde horas com o seu amor porque ele está dando aulas fora do horário comercial. Então vamos combinar de respeitar por quem muitas vezes perde aquela sexta-feira romântica porque o namorado está dando aula?

E por último, mas não menos importante: Músicos

Embora eu seja bem ciumenta, não sou louca e sei diferenciar uma pessoa que admira o trabalho de alguém de uma maria-banda. E cara colega: concordo com você que todo homem fica um gato em cima do palco tocando um instrumento.  Não sei se a sua pira é imaginar aquele cara tocando uma música só para você num contexto romântico, mas vamos ser honestas: ele não é todo dia esse cara sensual e suado. Aliás, imagine você chegar em casa e ter que ser a pessoa que lava essa camiseta suada. Perdeu um pouco a graça, né? Então vamos combinar de respeitar quem lava essas camisetas suadas?

Além disso, saiba que você não foi a única diva da noite que sensualizou em frente ao palco o tempo todo. Provavelmente, junto com todas as outras, você seja o alvo de chacotas de todos os integrantes da banda. ;)

Conclusão: sinta-se a vontade para admirar profissões e profissionais admiráveis. Mas respeito é bom e todo mundo gosta!

 

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAlicePrile

 

 

 

♪ – Fuck You – Lily Allen

, , ,

2 Respostas para "Profissões dor de cabeça"

  • Valeria Ribas
    24 de abril de 2015 - 21:03 Responder

    Parabens Priscila!!! Excelente!!

    • Priscila Ribas
      7 de maio de 2015 - 21:18 Responder

      Obrigada, continue nos acompanhando! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *