Go to Top

Meu primeiro amor

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Junto com todas as nossas cartinhas apaixonadas, nossas juras inocentes de amor e as nossas músicas, está você. Todos muito bem guardados na mesma caixinha da minha memória, que de vez em quando eu abro para relembrar a delícia que foi o meu primeiro amor.

Faz tanto tempo que fica difícil lembrar em qual momento a amizade se confundiu com uma vontade incrível de conhecer a vida contigo. Embora você diga que foi naquele dia que me deu um beijo na janela, eu tenho certeza que foi quando passamos uma tarde trocando bilhetinhos, confidenciando que existia uma enorme vontade em ser mais do que apenas melhores amigos.

Com você eu vivi pela primeira vez todos os sentimentos mais intensos. A vontade de te ver e te contar toda a minha vida era, na verdade, a paixão chegando com toda a força possível: impossível de evitar. Impossível de evitar os seus beijos, a sua companhia, e a projeção de como seria o nosso futuro.

É muito boa a recordação da doce rotina de conversar por horas ao telefone e lembrar qual era o nosso cardápio preferido do final de semana: miojo com brigadeiro de sobremesa. Lembro até do nosso primeiro porre da vida, e que o meu nome está dentro de um coração riscado em uma árvore junto com o seu. Foi você também o primeiro namorado que meu pai me deixou fazer uma viagem junto, com o coração na mão e com a promessa que seus pais iriam nos deixar dormir em quartos separados. Era gostosa a sensação estranha de, mesmo tão nova, saber como é o seu humor logo após acordar. Eu gostava também das suas ideias criativas em trocar uma tarde no cinema por um aluguel de bicicletas para passear pela cidade.

Anotei em um diário todas as coisas mais legais que passamos juntos, e do meu passado com você eu não esqueço, porque ele me faz sorrir todas as vezes que eu passo em frente àquele parque que nós matamos uma aula só para caminhar por lá.

É por tudo isso e um pouco mais que, pra mim, aqueles bilhetinhos de papel já amassados valem muito mais do que diamante. Só quem teve um amor assim, sabe que nada na vida é tão doce e inocente quanto um primeiro amor.

Com toda intensidade eu também senti o fim da nossa história. Eu não me lembro da dor de quando fui traída por outros que vieram depois de você. Mas eu lembro perfeitamente a dor que eu senti no dia em que eu percebi que a minha vida não ia mais seguir ao lado da sua. Um sentimento insuportável que me tirou o ar, noites de sono, e meses de sorriso.

Mas ainda assim, tenho certeza de que foi lindo. Você me ensinou a amar, e me ensinou a seguir em frente. Que sorte a nossa, hein? “Morrer de amor e continuar vivendo”! :)

 

♪ Ironic – Alanis Morissette

Siga A Terapia de Alice no Instagram ♥

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAlicePrile

10 Respostas para "Meu primeiro amor"

  • Fernanda Milbradt
    10 de julho de 2015 - 14:22 Responder

    Adooorei, encaixou certinho com o meu primeiro amor. Esses textos me transbordam e me dão uma sensação incrível. Amo♥

    • a terapia de alice
      17 de julho de 2015 - 14:43 Responder

      Nós é que amamos leitoras como você! <3

  • Michelle Alves
    11 de julho de 2015 - 21:54 Responder

    Ótimo!
    ninguém esquece o primeiro amor…

    • a terapia de alice
      27 de julho de 2015 - 01:13 Responder

      E não é mesmo? <3

  • Ingrid Braga
    15 de outubro de 2015 - 15:12 Responder

    Pode parecer clichê, mas eu não conseguirei ser feliz com outra pessoa se não tentarmos de novo e de novo e mais uma vez… O meu amor é seu e disso todos já sabem, você é o causador de todas as minhas sensações, desde um arrepio que começa dos pés até as batidas rápidas do meu coração e isso eu não posso controlar – eu não quero controlar.

    Todos os dias antes de sair eu fico paralisada olhando você dormir, é eu sei, parece estranho – é estranho, mas eu fico ali imaginando como seriam lindos nossos filhos, é eu também sei que você não é a pessoa mais bonita do mundo, mas tenho certeza que você os amaria da forma mais intensa possível. São tantos planos que faço em poucos segundos que eu precisaria de outra vida ao seu lado para cumpri-las.

    Diz que vai ficar comigo pra sempre, que me ama como te amo, que nosso relacionamento está longe de ser perfeito, mas que você não pretende mudar isso, fala pra mim que se o sentimento esfriar você vai lembrar-se de todos os motivos que te fizeram chegar até aqui. Promete que vai ficar até quando eu menos merecer. Promete?

    Fala que sou a única, ou minta e diga que pelo menos essa noite, toma mais um chá, me iluda dizendo que irá ficar pra sempre ou diga que vai ficar mais um pouquinho, mesmo que isso não seja verdade…

    Se acabar você vem me visitar?

    de minha autoria :)

    • Clara12
      18 de fevereiro de 2016 - 22:40 Responder

      Muito lindo oq vc disse Ingrid :D

  • Janiele Correa
    22 de outubro de 2015 - 16:53 Responder

    É incrivel seus textos … eu ainda tenho meu primeiro amor … e todas essas famosas cartinhas <3

    • a terapia de alice
      23 de outubro de 2015 - 14:58 Responder

      Obrigada Janiele! <3

  • Clara12
    18 de fevereiro de 2016 - 22:34 Responder

    Eu sei que ninguem vai querer ler mais vou falar como aconteceu meu primeiro amor, eu era bem novinha tinha 10 anos estava na primeira semana de aula da quarta serie, a sala era so de meninas até que meu primeiro amor chegou era um menino meio laranja, com cabelo loiro usava um casaco preto todo dia… Eu e ele eramos melhores amigos tinhamos um trio da amizade na sala.
    Ele me contava de todos seus segredos, seus medos… Até mesmo seus desejos e sonhos.

    Ele era meio solitário., apreciava a solidão ele dizia que só se sentia confortável comigo, nos recreios nós entravamos na sala da professora, trancavamos a porta ficavamos subindo nas mesas, pegavamos as balas que tinha na mochila das outras crianças… Agente odiava aula de musiva nao tinhamos nenhum interesse em musica.
    Então agente ia pro fundo da sala de música pegavamos um bolinha de papel e uma regua e ficamos fazendo basebol.
    Cada dia que eu passava do lado dele mais eu me sentia especial, uma pessoa unica pra ele… Os segredoa e os medos mais profundos foram todoa reveladoa para ele era como se o mundo girasse em torno da gente. Ja estavamos na semana de provas foi quando a turma toda ficou falando sobre quem amava quem e taus.. Bem o nome do meu grande amigo era Luiz… A primeira pessoa a falarem de quem gostavam foi a Isabel uma amiga muito proxima minha tambem, disseram que ela goatava do Heitor que o Viniciua gostava da Ana, que a Flavia gostava do Cesar e varias outras pessoas foram .. Chegou minha vez eles falavam A Clara ama o Luiz, e oLuiz não ama ninguem. Mas ffoi o dia em que eu fiquei arrasada oluiz sentava na minha frente e ouvi ele sussurando para Bia: Eu e ao voce… Fiquei varios dias sem ir para escola com medo de o Luiz parar de falad co. Ugo e ficar ao nessa tal de Bia.. Ja no ultimo dia de aula o Luiz não largava do meu pé eu tinha um namoradinho que tinha se mudado e eu tambem tinha ficado muito yriste porque ele tinha ido pra Portugal. Parecia que o Luiz estava me forçando a chorar no ombro dele.. A mulher do portao foi me avisar que minha mãe chegou pra me buscar e me despidi do Luiz com um simples abraço.

    No quinto ano o luiz meu grande amor tinha mudado de escola eu fiquei muito triate todos os dias eu chorava no meu quarto, e aonhava com ele
    Eu e Ele so nos copo municavamos pelas redes sociais…
    Mais ate hoje eu vejo ele saimos juntos todoa os dias mais ainda nao estamos namorando …

    • Marcos Felipe
      18 de fevereiro de 2016 - 22:57 Responder

      Bela história Clara concerteza seu primeuro amor sempre estara marcado no seu coração! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *