Go to Top

O melhor dos vinte e poucos anos!

♪ Clique aqui para ouvir Dog Days Are Over enquanto lê este texto ♥

Não há dúvidas: os vinte e poucos (vinte e tantos!) mudam a sua vida para sempre. Esta fase vem cheia de descobertas, reviravoltas e, eu diria também, uma boa dose de drama…

Tudo começa com o espelho: é com vinte e poucos anos que você descobre que não existe dieta milagrosa e que é preciso muito exercício físico para queimar as calorias do final de semana anterior. Não adianta fingir que não está entendendo, pois a celulite está ali confirmando em braille que o seu metabolismo já não é mais o mesmo.

Tem dias que você acorda com um fio de cabelo branco, em outros com uma espinha bem no meio da testa. Acompanhando este movimento, o seu humor oscila entre o de uma senhora idosa querendo sossego, e o de uma adolescente revoltada que quer largar tudo e ir embora! São tantas histórias para contar, que Bridget Jones ficaria com inveja!

A Capricho já não está mais nas bancas e o sucesso da Sandy é ignorado pelas adolescentes, agora ela é somente mais uma jurada do SuperStar. E pasmem: Kevin, Brian e Howie D. dos Backstreetboys passaram dos 40 anos (mas Everybody tem que concordar que os “meninos” são bem conservados…).

O seu dinheiro já não compra mais as mesmas coisas e a alta do dólar está realmente te preocupando! Você tenta se manter atualizada sobre política, astrologia e redes sociais, mas ao sincronizar o “Snapchat” com a agenda do seu celular, você descobre (aliviada!) que seus amigos estão tão desatualizados quanto você… (ou talvez você faça parte da grande parcela que ainda está tentando descobrir o que é Snapchat)

E você não entende em que momento a Barbie se transformou em um monstro que usa salto alto, e não entende também porquê não é possível “chamar a atenção” no Messenger do Facebook e no WhatsApp, se esta ferramenta sempre foi tão útil no saudoso MSN. Começa a bater saudades também do Orkut, pelo menos lá você era 100% sexy…

Nos relacionamentos você descobre que algumas amizades são mesmo para a vida toda, já outras perderam completamente o sentido nesta última década… mas também tem o lado bom: o seu “felizes para sempre” está bem perto, e se você ainda não encontrou um amor para a vida toda, com certeza ele está chegando (ou pelo menos é o que todos dizem…), e depois dos vinte você descobre que não há amor maior (e melhor!) que o amor próprio!

05 sexy beauty

Não existe lugar mais desejado que a sua casa e suas horas de sono são poucas e valiosas. Aliás, o melhor programa para dar uma “esticada” é sempre a sua cama. Seu dia precisa de 36horas e a sua lista de pendências só aumenta para o dia seguinte, mas você não abre mão de assistir ao seu seriado favorito (só mais um episódio, né!).

É, o futuro não cumpriu o combinado e você ainda não é uma pessoa milionária… mas você descobre que sucesso vai muito além do dinheiro e tem muito mais a ver com fazer aquilo que você realmente gosta e que te realiza. Provavelmente você não está onde imaginou que estaria, dos vinte e poucos aos vinte e tantos muita coisa muda e ainda vai mudar. A única certeza que fica é que, apesar de dramática, esta é a melhor fase da sua vida!

Gostou deste texto? Então vem curtir a página Milene da Mata no Facebook clicando AQUI ♥

Snap: milenedamata | Insta: @milenedamata 
Para se inscrever no meu canal do YouTube clique aqui 
E acompanhe A Terapia de Alice também no Instagram ♥

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAliceMilene

 

 

 

 

 

 

50 Respostas para "O melhor dos vinte e poucos anos!"

  • Heliete
    18 de agosto de 2015 - 16:52 Responder

    Demais, filha!

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:04 Responder

      Obrigada, manhê! O seu elogio vale por dois! 😀

  • Natalia
    18 de agosto de 2015 - 19:08 Responder

    Texto perdeito!
    Como sempre, pois todos são simplesmente fantásticos.
    Parabéns!

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:06 Responder

      Natalia, querida, muito obrigada pelo carinho e comentário. ♥
      Continue acompanhando, um beijo!

      • Tatiana Christo
        6 de fevereiro de 2016 - 19:08 Responder

        Céus como me identifiquei com esse texto, surtei, ja tenho 27 anos e ta acontecendo isso tudo
        ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

  • Rose
    18 de agosto de 2015 - 22:55 Responder

    Melhor fase da minha vida….

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:07 Responder

      ♥ 🙂 ♥

  • Ana Carla
    18 de agosto de 2015 - 22:56 Responder

    Adorei o seu texto Mi, é bem isso, confuso, dramático, mas é o melhor tempo! Parabéns pelo tema =) Beijos

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:08 Responder

      Ah, que linda, muito obrigada! 🙂
      Um beijinho!!!

  • Ana Carla
    18 de agosto de 2015 - 23:07 Responder

    Esse texto descreve perfeitamente o que acontece na fase dos vinte e poucos anos.

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:09 Responder

      ♥ ♥ ♥

  • Thais
    19 de agosto de 2015 - 09:51 Responder

    Adoro seus textos Milene, perfeito!

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:12 Responder

      E eu adoro leitoras queridas como você ♥
      Muito obrigada pelo comentário, beijoca!

  • Paula Santos
    19 de agosto de 2015 - 10:08 Responder

    Milene, eu li esse texto rindo, de mim mesma. São muitas coincidências, mas são reais. Tenho 21 anos, realmente tinha outra idéia de como seria essa idade, mas sim, eu estou na melhor fase da minha vida(trabalho ,faculdade, e planos para o futuro ). E graças a Deus, tenho tudo pra melhorar mais ainda. Só está faltando o “amor pra toda vida “, e o amor próprio, aprendo todo dia um pouquinho sobre ele.
    Cada dia amo mais esse blog
    Excelente trabalho meninas
    Beijos linda

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:15 Responder

      Paula, que liiinda!
      Muito obrigada pelo comentário ♥ e com certeza, esta é a melhor fase. 🙂
      O “amor da vida” logo chega, você vai ver. O importante é que o “amor próprio” você já conheceu. 😉
      Um grande beijo!

  • Kel
    19 de agosto de 2015 - 11:17 Responder

    rsrs adorei. tão eu!

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:16 Responder

      ♥ 😀

  • Camila
    19 de agosto de 2015 - 12:35 Responder

    Concordo em gênero, número e grau!!

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:17 Responder

      😀 😀 😀

  • Marjorie
    19 de agosto de 2015 - 13:23 Responder

    Sensacional! Amei!

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:18 Responder

      Muito obrigada, Marjorie ♥
      Continue acompanhando o blog, beijos!

  • Denise Siva
    19 de agosto de 2015 - 13:50 Responder

    Nossa!!!Que texto lindo

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:18 Responder

      Obrigada, querida!
      Beijocas ♥

  • Juliana Rodrigues
    19 de agosto de 2015 - 14:18 Responder

    Nossa!! Que texto maravilhoso é esse? O engraçado e prazeroso de ler esse texto é saber que no final de cada parágrafo, eu disse “é isso mesmo” e por fim, caia na gargalhada. Nunca me identifiquei tanto com um texto. Parabéns!!

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:21 Responder

      Que delícia ler o seu comentário, Juliana!
      Muito obrigada. 🙂
      Continue acompanhando o blog, um beijo!

  • Camille Luchese
    19 de agosto de 2015 - 14:30 Responder

    Adoreeeii o texto!! 😀 Muito legal, bem escrito e suuuper verdade!! Hahaha..

    Parabéééns!! Beijoo :*

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:22 Responder

      Muiiito obrigada, Camille! 😀
      Leitoras como você fazem o nosso dia mais feliz!!!
      Um super beijo!

  • Flávia
    19 de agosto de 2015 - 16:37 Responder

    Sensacional! Parabéns!

  • Michelle
    19 de agosto de 2015 - 16:44 Responder

    Texto top!! Super me identifiquei.
    Parabéns :*

  • Sandra Maria Machado Canello
    19 de agosto de 2015 - 21:31 Responder

    melhor fase da vida??????????????
    Isso você diz porque ainda não chegou nos setenta e ainda não conseguiu descobrir qual foi ou está sendo a melhor fase de sua vida. Espere só para ver, mas muuuuuuuuuuuita atenção porque muuuuuita água vai rolar por “debaixo da ponte” antes de você conseguir descobrir. Não perca uma gotinha sequer viu?

    bjus no coração e força aí porque aí vem muuuuuuuuita emoção.

  • Bruna
    19 de agosto de 2015 - 22:56 Responder

    23 anos e completamente identificada no texto Ahahaha principalmente a parte das horas de sono serem tao valiosas agora! Rs
    Tenho saudade da infância quase o tempo todo e acho que não To sozinha né?

  • Débora
    20 de agosto de 2015 - 14:13 Responder

    Aiiiiiii Gente tem coisa melhor… kkkkkkkkkk estou nessa fase lindaaa dos 20 anos. é muito bom
    Vc aprende muitoo. Amei o texto, perfeito..
    Abraços. Bjos

  • Pâmela
    20 de agosto de 2015 - 18:40 Responder

    Obrigada por me definir kkkkk

  • Angélica
    20 de agosto de 2015 - 19:34 Responder

    Perfeito! Adorei!

  • Aluisio M.B. Saggin
    21 de agosto de 2015 - 08:32 Responder

    Nenhum comentário do sexo masculino! Será que os homens são diferentes ou tímidos ? Pois é….. eu sou homem, tenho 81 anos (Bah!) …. e, quando jovem senti-me assim ! Mudam os artistas mas….o palco da vida continúa o mesmo . Tenho uma má noticia : TUDO PIORA… A sensação de perda só cresce…a vida é uma roda denteada. Cada ano é um dente. Funciona como uma catraca (não volta) ! Com o giro dessa roda vai se aproximando o último dente, o qual é impossivel de detectar. Cabe a nós tirar partido de tudo o que ela (a vida) oferece no estágio de cada dente (ano). Não podemos perder as oportunidades
    pois a catraca não gira ao contrário. Cada dente dessa roda tem seu encanto ! Temos que detectar esses encantos para usufrui-los. O melhor e maior encanto é o AMOR e/ou os amores que é certo surgirem : namorada, esposa, filhos irmãos, parentes, amigos etc. A felicidade depende muito de nós e ela está, em geral, onde a colocamos ! Parabéns pelo artigo!

    • Camilla
      22 de agosto de 2015 - 16:14 Responder

      Gostei do seu comentário também! Muito boa a sua analogia!

  • Beatriz
    21 de agosto de 2015 - 10:13 Responder

    Perfeito

  • Sabrina
    21 de agosto de 2015 - 13:22 Responder

    Perfeito!

  • Carolina
    21 de agosto de 2015 - 21:50 Responder

    Mulher, texto sensacional me identifiquei muito, parecia até escrito por mim! kkkkkk… <3 <3 <3
    Bom saber que essa fase "estranha" não ta acontecendo só comigo!

  • Rosanair
    22 de agosto de 2015 - 14:05 Responder

    O perigoso dessa fase são as escolhas… carregaremos suas consequências pela vida inteira…

  • Camilla
    22 de agosto de 2015 - 16:11 Responder

    Perfeito!!! Descreve bem todas as mudanças e acontecimentos depois dos vinte! Parabéns pelo tema! Amei!

  • Dri
    29 de agosto de 2015 - 06:32 Responder

    Não teve uma linha sequer que eu não tenha rido e me identificado. E como diz a música da Sandy… sou jovem pra ser velha e velha pra ser jovem. E é exatamente assimnque nos sentimos. Belo texto mi. Bjoss

  • Isabele B.
    1 de setembro de 2015 - 10:47 Responder

    Incrível, ja estou passando por tudo isso e ainda nem cheguei nos vinte e tantos, kkk
    Acabei de fazer 19 e as vezes me sinto mais velha que minha vó, minha hora de lazer é dormir, preciso de 36 horas no meu dia … Kkk

  • Pamela
    9 de novembro de 2015 - 00:07 Responder

    E não há como descrever melhor toda essa fase e essa loucura, que quando éramos crianças, parecia que tudo era perfeito e se encaixaria… Hoje eu só percebo que os problemas adolescentes continuam, os problemas no trabalho se acumulam e não sei se nós esparamos mais do mundo ou se o mundo espera mais da gente. Ótimo texto. Amei o blog. Parabéns!

  • Júlia
    9 de novembro de 2015 - 00:43 Responder

    Ainda não estou na casa dos 20, aiiiiinda hahahaha’ mas, só li verdades, ultimamente o tempo está mais curto, os níveis de ansiedade só aumentam e a nostalgia às vezes bate mais forte, mas isso faz parte da vida, não é mesmo? Amo ler todas as postagens mas as suas são as que eu mais me identifico e por incrível que pareça só vejo quem escreveu depois de ler tudo, mas só pelo início da leitura eu já sei quem escreveu *-*
    Parabéns!!

  • Rafaella
    9 de novembro de 2015 - 07:21 Responder

    Simplesmente amooooo os textos da Milene da Mata, me identifico muuuuuuito! Sei que quando é um texto que gosto e cai certinho pra mim, é da Milene.
    Milene, você é show!!!!

  • Isaa
    28 de janeiro de 2016 - 20:54 Responder

    Sim, meus 21 se aproximam e com eles toda essa mistura de sentimento. Esse é o tema do próximo post, acompanhe nossa página 😉

  • Caroline
    15 de junho de 2016 - 14:27 Responder

    A-MEI o texto,super me identifiquei (rsrsrs)

  • Flávia Francisca Gomes da Silva Moreira
    18 de julho de 2016 - 22:45 Responder

    Os melhores textos!

  • maria simone lopes
    28 de novembro de 2016 - 00:26 Responder

    texto perfeito !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *