Go to Top

Cadê o amor?

Eu não estou falando do príncipe encantado, da mulher dos seus sonhos ou de um par para chamar só de seu. Eu fico me perguntando: onde está o amor de uns pelos outros? O amor da humanidade? Sobretudo pelas mulheres?

A insensibilidade começa quando ainda estamos sendo geradas. Se um homem vai ser pai de uma menina, ele passou de consumidor a fornecedor. Porque mulheres devem ser isso mesmo: um produto. Que é fornecido.

Depois, crescemos ouvindo que temos que cruzar as pernas para sentar e não mostrar demais. Não podemos ficar até mais tarde na rua, mas os nossos irmãos podem “porque eles são meninos”. Se aquele garoto da escola nos tratou mal, é porque ele gosta da gente.

Lidamos com o assédio desde cedo e nem percebemos, porque de tão comum, quase se tornou natural. Seja um desconhecido na rua que fala alguma coisa que não precisávamos ter ouvido, ou aquele dia em que o ônibus nem estava muito cheio, mas o moço estranho ficou colado na gente o trajeto inteiro.

blog-a-terapia-de-alice-cade-o-amor

Quando chegamos à adolescência, se não queremos beijar na boca, somos criticadas porque somos certinhas demais, e se a gente quer beijar, já descobrimos o que é ser chamada de vagabunda. Sim, porque se o seu colega pega várias, ele é garanhão. E você? Puta, é claro.

Mexeram com a gente na rua e nós reclamamos? Somos mal amadas. Mal comidas. “Querida, ninguém tem culpa por você ser tão bonita”.

Se eu escolhi casar virgem? Certamente meu namorado deve me trair por aí para compensar a vontade. Se eu escolhi transar antes de casar? Não sou mais pra casar.

Ninguém quer namorar a rodada, porque ela é rodada. Ninguém quer namorar a crente, porque ela não vai deixar você fazer nada.

a-terapia-de-alice-blog-cade-o-amor

Não sente errado. Não mostre demais. Não fale demais. Não ande com más influências. Seja comportada, mas não muito. Seja virgem, mas experiente. Esteja sempre pronta para o seu namorado, porque se você não estiver outra vai estar.

Mas há 20 anos piscar para uma mulher na rua não era crime. O mundo está ficando chato”. Não, o mundo está ficando forte. A gente criou voz e cada uma de nós que for machucada,  vamos fazer um escândalo. A gente vai gritar para o mundo.

Nós vamos usar a roupa que a gente quiser, beijar – ou não – só se a gente quiser. Beber se a gente quiser, e isso não significa que vamos estar propensas a qualquer coisa. Todos temos o mesmo direito. E quer saber? O amor está bem aqui. Dentro de nós.

Tô no snap (priscilaribas) e no Instagram, me acompanha por lá também! <3

Acompanhe A Terapia de Alice também no Instagram ♥

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAlicePrile

7 Respostas para "Cadê o amor?"

  • Brenda Rafaela
    30 de maio de 2016 - 09:46 Responder

    Ótimo texto !

    • a terapia de alice
      3 de junho de 2016 - 09:39 Responder

      <3

  • Julia
    30 de maio de 2016 - 20:56 Responder

    Hoje eu estava muito mal e lendo esses textos não o desse post em específico mas literalmente todos. Sabe me trouxe uma sensação tão boa que foi inexplicável , leio o blog desde Janeiro amo mesmo tudo, vocês foram vocês que conseguiram fazer eu me auto valorizar e esquecer aquele amor frustante obrigada mesmo meninas

    • a terapia de alice
      3 de junho de 2016 - 09:38 Responder

      Obrigada você por nos incentivar! <3

  • Bruna
    31 de maio de 2016 - 23:57 Responder

    Ooie! Sera que voce poderia me ajudar ? Eu tenho um namoro a distançia. Nós nos vemos a cada 15 dias. Mas o problema é que o amor entre nós esta esfriando. E nem eu e nem ele sabemos como consertar isso. Voce teria algumas dicas do que poderiamos fazer ? Desde ja obrigada!

    • a terapia de alice
      3 de junho de 2016 - 09:36 Responder

      Oi, Bruna! 🙂

      Se vocês dois reconhecem que a relação está esfriando, já é um começo importante para reverter essa situação. Acredito que o diálogo possa resolver muita coisa, então, sempre sejam sinceros um com o outro, e sempre conversem!
      Fora isso, que tal tentar lembrar das coisas gostosas que vocês faziam no começo do relacionamento? De repente trocar umas cartinhas escritas à mão, algumas surpresas… manter a paixão sempre viva é uma ótima forma para não esfriar a relação! <3

  • Bruna Fleck
    5 de dezembro de 2016 - 10:05 Responder

    Muito boa colocação no texto, hoje em dia vivemos em um mundo rotulado, uma sociedade
    machista e hipócrita as pessoas nunca estão satisfeitas se você faz isso aquilo é rotulada de “fácil” não presta para namorar casar!
    agora se você não faz é certinha careta é moça para namorar casar ter filhos constituir uma família.
    Agora me diz onde isso está escrito povo?
    A lembrei não está! a sociedade as pessoas que a constituem que a rotulam isso sinceramente é Ridículo então menina ,mulher vai ser Feliz independente do que os outros falam a seu respeito ou achem!
    Ótimo texto parabéns me identifiquei muito estou grata pela oportunidade dessa maravilhosa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *