Go to Top

Para, que tá feio!

Ouça Big Girls Cry enquanto lê o texto. 🙂

Depois de desperdiçar muito do meu tempo tentando entender qual é o seu verdadeiro dilema, descobri que o que você quer por aí é só causar problema.

Deve ser falta de atenção, de ocupação, ou só falta de amor mesmo para ter tanto tempo para se dedicar a coisas que jamais serão suas.

Não vou me gabar falando que a minha vida é sempre perfeita. Mas vendo você assim, tão desesperada para tentar ser o que eu sou e ter o que eu tenho, só me resta uma explicação: certamente, minha vida deve ser mais interessante do que qualquer coisa que você esteja acostumada.

para-que-ta-feio-blog-a-terapia-de-alice

Eu não preciso me fazer de superior, porque minha vida não é uma competição com ninguém. Faço o que tenho que fazer, vivo do jeito que eu quero viver, e todo o amor que eu conquistei foi com tudo o que existe dentro do meu coração. Não precisei mentir para ninguém e nem fingir nada do que eu não sou. Ao meu redor vejo somente pessoas que eu amo, e adivinha só? Elas me amam também.

Enquanto você, desesperada para ser alguém, faz suas trapaças, jogos sujos, e coisas que só te diminuem ainda mais… que dó!

blog-a-terapia-de-alice-para-que-ta-feio

Mas adivinha só? Contra a sua inveja eu já estou vacinada. Eu poderia até ser sua amiga, tentar entender o porquê você mendiga tanto amor por aí. Mas o que você quer mesmo é perturbar quem não está nem aí.

Então, vou te dar uma dica: para, que tá feio! Não queira o que é dos outros e busque pelo o que possa ser seu. E isso é tudo o que eu podia fazer por você. Agora, me dá licença que eu fui ser feliz e não volto.

Tô no snap (priscilaribas) e no Instagram, me acompanha por lá também! <3

Acompanhe A Terapia de Alice também no Instagram ♥

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAlicePrile

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *