Go to Top

Eu preciso te deixar ir

♪ Clique aqui para ouvir In Case enquanto lê este texto ♥ (ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify)

Talvez eu devesse te deixar ir – tu já se foi, mas talvez eu devesse te deixar ir daqui de dentro do meu coração. Eu preciso seguir. Eu preciso me lembrar que eu ainda to viva e com uma vida incrível esperando por mim. Um mundo lindo de oportunidades pra viver e desbravar. Mas é que pode ser tão difícil aceitar que talvez tu não volte.

Fotografia: Milene da Mata

Tudo entre nós foi tão intenso, tão real, tão lindo. Como aceitar que simplesmente num dia tu decidiu por nós dois que faltava algo? Sendo que pra mim, a única coisa que faltava era te ter ao meu lado todos os dias? É, te deixar ir talvez seja mais difícil do que eu imaginei.

Não é que eu não goste de ti. Não é que eu ainda não seja completamente louca e apaixonada por ti, por cada detalhe teu – até aqueles que sempre me irritaram. Não é isso, por favor não duvide dos meus sentimentos por ti. Mas é que eu preciso me gostar também sabe? E pra isso, talvez eu precise te deixar guardadinha dentro de um canto do meu coração. Porque me livrar de ti pra valer, ah, eu não sou capaz disso!

Talvez doa muito mais do que eu sou capaz de suportar quando eu perceber que tu realmente seguiste tua vida e estás a viver com outra, aquilo que era nosso. Mas, o meu conforto vai ser, saber que tu está feliz e finalmente encontrou aquilo que procurava. Aquilo que eu não fui capaz de lhe oferecer.

Se tu soubesse como tudo ficou tão vazio desde que tu se foi. Mas eu tenho tentado sobreviver à tudo isso. Tem dias que a tua falta é mais suportável. Em outros, sangra e eu já não sei se vou conseguir sair disso inteira. Mas eu preciso ao menos me forçar. Não posso viver na esperança da tua volta. Na esperança de algo que não sei se vai acontecer.

Me perdoa, mas eu acho que preciso te deixar ir. Me deixar viver – ou sobreviver por agora. Mas, se um dia tu decidires que lá fora é ruim, tu podes voltar aqui pra dentro de mim. Se tu perceberes que nenhum olhar te olha como os meus, te garanto que meus olhos e eu vamos estar prontos pra te olharem do mesmo jeito, talvez até com mais desejo, amor e carinho que antes, porque agora entendemos como a vida sem a oportunidade de te olhar pode ser mais cruel do que imaginamos.

Se um dia tu decidir, eu ainda vou estar aqui. Meu coração ainda vai ser o teu lar. Volta pra casa!

 

 

 

 

♥ VEM ACOMPANHAR TAMBÉM
(clique para seguir)
NO INSTAGRAM:
@milenedamata|@aterapiadealice
YOUTUBEFACEBOOKTWITTER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *