Go to Top

Os ciclos do amor

Dia desses estava conversando com uma amiga, e ela me explicou que o amor tem ciclos. E você não precisa ser um superentendedor das relações humanas para descobrir isso. Basta ter passado mais de uma primavera ao lado de alguém.

Primeiro você se apaixona, precisa da pessoa para viver, passa todos os segundos do seu dia pensando no quanto ela é linda. Aí vocês começam a namorar, o namoro vira rotina, casam (ou não) e todas as frustrações normais do ser humano aparecem. Ele não é um príncipe encantado. Você não é tão mulher maravilha quanto ele te via. E a relação fica no mais ou menos. Fria demais pra você se imaginar o resto da vida com ele ao seu lado, mas ao mesmo tempo fria de menos para tomar uma decisão radical.
Além disso, vocês já podem ter muitos outros motivos para ficar juntos: contas conjuntas, apartamento, um cachorrinho, filhos, sei lá. Amor.No maior estilo Jota Quest, pra mim, o amor sempre esteve acima de todas as coisas desse mundo. Mesmo. Por isso, quando tudo tá cinza, quando a raiva da tampa da privada levantada ficar maior do que a gentileza de ir te buscar no trabalho todos os dias, tente lembrar que você também sempre esquece de tirar o cabelo do ralo do banheiro ou da escova.
O importante é se permitir viver todos esses ciclos. Talvez aquele ponto da montanha-russa em que vocês se desencontram – você está lá em cima, e ele lá embaixo – seja produtivo para um momento de autoconhecimento. Porque se for amor, os carrinhos da montanha-russa vão se reencontrar, os olhos vão brilhar de novo, e aquele carinha que você se apaixonou e fez você querer ser dele pra sempre, vai reaparecer ali, naquele homem que tem construído uma história com você. A sua história de amor.

Tô no snap, me acompanha por lá: priscilaribas <3

Acompanhe A Terapia de Alice também no Instagram ♥

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAlicePrile

, , ,

8 Respostas para "Os ciclos do amor"

  • Andressa B. Moura
    8 de maio de 2014 - 22:48 Responder

    Lindo texto! Não tem como não nos identificarmos com ele em algum momento da vida… Não importa o tempo de nossa história de amor: sempre haverá razões suficientes para permanecermos ao lado daquele homem que amamos! O casamento nos fortalece e a maturidade nos mostra que o amor verdadeiro supera todas as coisas! Beijos

    • prisciribas
      9 de maio de 2014 - 09:13 Responder

      Verdade né Andressa? A maturidade é a base para qualquer relacionamento sólido!!

  • Janaina Prado
    12 de maio de 2014 - 23:24 Responder

    Isso mesmo Pri… a convivência é difícil, mas o amor compensa tudo.
    To amando o blog :)

  • Tatiana Hennemann
    14 de abril de 2015 - 09:56 Responder

    Lindo demais!!! Amei… aliás como todos os textos de vocês!!!
    Parabéns meninas!!! :)

    • Priscila Ribas
      14 de abril de 2015 - 10:01 Responder

      Eba!! Obrigada Tatiana! Continue nos acompanhando! ;)

  • Natali Camargo
    18 de julho de 2015 - 13:12 Responder

    Cada texto que leio aqui, me ajuda tanto ! Obrigada !

    • a terapia de alice
      24 de julho de 2015 - 10:15 Responder

      Delícia saber que te ajudamos de alguma forma! <3

  • Andressa moura
    15 de agosto de 2017 - 22:23 Responder

    Lindo gostei do texto alias estou adorando o blog conheci hoje ja li alguns artigos muito bom parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *