Go to Top

Pessoas que se atrasam merecem muito amor!

Esta é a dramática (e 100% verídica) história de pessoas que vivem correndo contra o relógio. Quem está sempre se atrasando, sabe: não é por mal.

Sou dessas! Mas antes que me perguntem “Você se atrasa SEMPRE?”, já respondo: não. Em compromissos profissionais, aeroportos e enterros eu chego no horário! Se você é minha cliente, já viajou comigo, ou já morreu, você sabe disso. E eu consigo esta proeza de uma forma bem simples: se eu tenho um ensaio fotográfico, por exemplo, às 14h, eu acordo às 6h da manhã e nem almoço para garantir que serei pontual. Se meu voo for pela manhã, eu já nem durmo e consigo chegar a tempo no aeroporto. Só que não é todo dia que eu posso não comer e não dormir, entendem? Então algumas vezes eu acabo me atrasando. E se você é do tipo que odeia pessoas atrasadas, eu lhe peço: nos ame ♥ pois existe um bom motivo para cada minutinho de atraso, e vou provar aqui que tudo não passa de uma grande conspiração!

Pra começar, pessoas atrasadas normalmente são ansiosas, o que significa que existe uma necessidade ENORME de fazer 200 coisas ao mesmo tempo! E quem faz 200 coisas ao mesmo tempo sabe que a probabilidade de não dar tempo de terminar todas elas (ou nenhuma) é muito grande! Nem adianta falar “estabeleça prioridades”, pois para quem é ansioso, tudo é prioridade! Não pense que é egoísmo, muito pelo contrário. Muitas vezes este acúmulo de tarefas é consequência da grande dificuldade em dizer NÃO para as pessoas, aí você assume que vai fazer tudo que te pedem e na tentativa de realizar um milhão de tarefas você se perde no tempo! Resultado? Atraso! :/

E não é apenas isso, tem mais: Você faz 200 coisas ao mesmo tempo e quando você finalmente consegue pegar a sua chave (que havia sumido!) para sair de casa, você percebe que existe um probleminha ainda maior chamado Geografia. Eu explico: sou daquelas que não sabe se localizar. Assim, não MES-MO! Se você me passar um endereço e me der um ponto de referência, eu vou sorrir e agradecer por educação – acompanhado de um “aham”, mas a verdade é que pra mim não faz a menor diferença, porque EU NÃO SEI onde ficam os pontos de referência. Ou seja, não basta eu ser perdida no tempo, eu também sou perdida no espaço! Alguém pode agora estar pensando: “um GPS resolve isso!”. Só que não é apenas isso, tem mais: o GPS de pessoas atrasadas e perdidas é diferente. Ele faz coisas como atualizar a rota no meio da BR só para que a pobrezinha perca a saída e precise ir até o ACRE para fazer um retorno – e isso leva muito tempo! Se você está achando engraçado, provavelmente você sabe onde fica o Acre. Eu não. (ai gente, brincadeira! Todo mundo sabe que o Acre fica logo ali, pertinho daquele outro estado…)

acre

Parece piada, mas não é. E sabe o pior disso tudo? É que depois de enfrentar a treva, você chega ao seu destino e ainda precisa aguentar a cara dos seus amigos te julgando por você estar atrasada. Puta-mundo-injusto! Pô, a gente tarda, mas não falha. Sabemos que ninguém gosta de atraso e que para quem fica esperando é realmente um saco! Mas acredite, para quem se atrasa pode ser desesperador. Então você, que tem uma amiga linda que se atrasa 5 minutinhos, 15 minutinhos, 1 horinha… não só ame ela, como a ame ainda mais depois de saber disso! Perceba o quanto você é importante pra ela, e veja que ela enfrenta TUDO ISSO só para poder te encontrar! Não faça cara feia. Receba esta pessoa com um abraço, ela merece muito amor. ♥

Clique aqui para se inscrever no meu canal do YouTube ♥ E vem me acompanhar também no Instagram: @milenedamata e @aterapiadealice ♥

, ,

159 Respostas para "Pessoas que se atrasam merecem muito amor!"

  • Ilka Barreto Gama
    7 de agosto de 2014 - 17:18 Responder

    Adorei o texto, Mi!!

    • milenedamata
      19 de agosto de 2014 - 12:38 Responder

      Sempre bom ver o seu comentário aqui, Ilka! Super beijo!

      • Milene Costa
        7 de abril de 2015 - 14:29 Responder

        Por ironia do destino, meu nome também é Milene ! E DEFINITIVAMENTE parece que foi eu que escrevi esse texto (risos ) mto eu !

      • Cleicyane
        13 de julho de 2016 - 21:36 Responder

        “Você provavelmente sabe onde fica o acre “….bem ali ….rsrsr sou do Acre moro em goiânia.Amei o texto sou dessas atrasadinha sempre.

  • Patricia Teixeira
    7 de agosto de 2014 - 21:15 Responder

    Muito criativo, divertido e literalmente a “sua cara”, rsrsrsrs… Bjs!!!!!

    • milenedamata
      19 de agosto de 2014 - 12:37 Responder

      Obrigada, Paty! :D

  • Gerusa Manica
    27 de agosto de 2014 - 18:48 Responder

    hahahahahaha. AMEI. Super me identifiquei!! Adoro o blog de vcs meninas! Beijo

    • milenedamata
      21 de setembro de 2014 - 22:35 Responder

      Obrigada, Gerusa! Ficamos super felizes com o seu comentário :)

    • milenedamata
      21 de setembro de 2014 - 22:35 Responder

      Que ótimo! :) Muito obrigada pelo seu comentário!

  • Gi
    4 de setembro de 2014 - 14:44 Responder

    Excelente! Descreveu tudo o que acontece quando estou atrasada, ou seja, praticamente sempre! huiahuai. Fora a cara dos amigos, é ter que aguentar o “bico” do namorado lá no chão e falando um monte pelo atraso huiahuai. Adorei! Vou compartilhar com as pessoas da minha família, que são as reais culpadas, afinal, isso é hereditário huiahuai. Parabéns pelo texto criativo! Beijos

    • milenedamata
      21 de setembro de 2014 - 22:34 Responder

      Hahaha! Isso mesmo, compartilhe com todos, pois precisamos justificar que não é nossa culpa! :D Muito obrigada pelo seu comentário!

  • Ivan
    1 de fevereiro de 2015 - 11:29 Responder

    Só pessoas muito egoístas podem achar que só porque ficam ansiosas tem o direito de deixar os outros esperando. Os outros que fioquem ansiosos por você?! E ainda quererem ser “amadas” Af! Sem noção!

    • milenedamata
      2 de fevereiro de 2015 - 23:37 Responder

      Sabe o que é, tudo é uma questão de ponto de vista! ;) E afinal de contas, o que seria dos atrasados, se todos amassem os pontuais, né? Muito obrigada pelo seu comentário e continue acompanhando o blog! :)

  • Nélio Ricardo
    13 de março de 2015 - 08:44 Responder

    Pessoas q chegam atrasadas em seus compromissos não tem respeito para com o próximo. Pensando dessa forma, eu tenho prazer em ver as reportagens quando pessoas perdem provas ( vestibulares, concursos publicos e afins ) e coisas q exigem pontualidade. Afinal, no mundo em q vivemos temos q levar em consideração ( carros q furam o pneu, onibus q quebram, congestionamentos ). Programe-se e saia mais cedo para eventuais casualidades. Então, se as pessoas tivessem respeito pelas outras quando se fala de pontualidade, as mesmas não deveriam deixar as pessoas esperando. Tenho pontualidade britânica e graças a Deus consigo passar isso para as crianças q vivem na minha casa. Afinal se quer respeito, deve ser o primeiro a seguir o exemplo. Não quer esperar, portanto, não chegue atrasado.

    • milene da mata
      15 de março de 2015 - 11:14 Responder

      Obrigada pelo seu comentário e por compartilhar com a gente a sua opinião, Nélio! Fico feliz por saber que em um mundo de pessoas atrasadas, ainda existem pessoas pontuais como você, parabéns! :) Continue acompanhando o blog e com certeza irá se identificar com outros textos. Beijos!

    • Elaone
      16 de março de 2015 - 03:06 Responder

      Concordo com você!

    • Vanessa
      12 de agosto de 2016 - 00:11 Responder

      Concordo plenamente, é um saco esperar por atraso. Se programe, eu também sou aterafada mas atendo os meus compromissos

  • Sarah Moraes
    13 de março de 2015 - 09:44 Responder

    Simplismente amei o seu texto!

    • milene da mata
      15 de março de 2015 - 11:11 Responder

      Obrigada, Sarah!!! Merecemos muito amor, né! <3 Continue acompanhando o blog, com certeza irá adorar os outros textos também! :)

    • milene da mata
      15 de março de 2015 - 10:53 Responder

      Obrigada pela compreensão, Rodrigo! Hahaha! :D

  • Pedro Naine
    13 de março de 2015 - 17:10 Responder

    Ca-ra-co-les! É muito bom saber que não sou um alienigena solitário. Eu nunca li um texto que defina tanto minha vida. Eu me identifiquei com 95% do que está escrito aí, só não chega a 100 porque eu não dirijo (dá pra deduzir o motivo né?). Obrigado por compartilhar tal característica de sua vida pessoal, pois me deu um alívio enorme. :D

    • milene da mata
      15 de março de 2015 - 10:54 Responder

      Eu que agradeço, Pedro! E me sinto também muito aliviada por encontrar tantas pessoas atrasadas que merecem muito amor por aí! :)

  • Juce Rocha
    13 de março de 2015 - 17:24 Responder

    Hahahaha…Muito bom,Genthem Me ame por favor !!!! Adorei Mi ,Parabéns !!

    • milene da mata
      15 de março de 2015 - 10:59 Responder

      Juce, querida! Muito obrigada, que bom que gostou! <3 Continue acompanhando o blog. :)

  • Loisi Paula
    13 de março de 2015 - 18:20 Responder

    Me representa muito! Adorei o texto. Hahaha

    • milene da mata
      15 de março de 2015 - 10:58 Responder

      Muito obrigada pelo comentário e elogio <3

  • Maria
    13 de março de 2015 - 18:32 Responder

    O seu texto “explica” mas não justifica e tampouco extingue a irritação das pessoas que convivem com os “eternos atrasados” . Ademais pessoas atrasadas já se beneficiam com uma grande dose de paciência daqueles que nem sempre são “menos ocupados” do que os “eternos atrasados ” e ainda assim conseguem ser pontuais. Acho que quem está sempre atrasado deveria rever sua dinâmica de vida e tentar se organizar melhor. Eu sempre me pergunto qual seria a reação ou o sentimento se os papéis se invertessem. No dia que vc ficar esperando pelos outros talvez mude de idéia e entenda o quanto é difícil “amar” este comportamento. Seu texto é “muito fofo” na teoria, porque na prática….

    • milene da mata
      15 de março de 2015 - 11:10 Responder

      Obrigada pelo seu comentário, Maria! Concordo com você, sabemos que este comportamento realmente não é muito adorável… aliás, pode ter certeza, pessoas atrasadas sofrem com isso! :( Mas uffa que temos tantas pessoas que nos amam por perto! :) <3 Continue acompanhando o blog, beijos!

    • Elaine
      16 de março de 2015 - 03:11 Responder

      Exato! Compartilho da sua opinião, Maria. Se organizar e estar adiantado à possíveis imprevistos é o que é preciso para ser educado e pontual com algo/ alguém que tenha um compromisso marcado. Exigir amor é fácil, difícil é respeitar o próximo, nesse caso.

    • Claudia Sales Sales
      22 de março de 2015 - 04:37 Responder

      Oi Maria, sou dessa turma, (sem nenhuma glória por isso) e te digo quando acontece o inverso, pois até mesmo os mais organizados em suas dinâmicas também estão sujeitos a imprevistos sempre tenho a paciência e creio que alguma coisa está impedindo aquela pessoa de chegar, e ainda tento quebrar o aborrecimento dos outros. Já criei estratégias para atividades com os amigos: me digam quando e onde. Pronto a hora que eu chegar cheguei simples assim. Já cheguei em reuniões domésticas apenas para ajudar a dona da casa a recolher tudo e foi um bom momento com a anfitriã. Abraços.

  • Claudia Bembem
    14 de março de 2015 - 00:39 Responder

    Adorei, muito criativo. ;)

    • milene da mata
      15 de março de 2015 - 10:57 Responder

      Obrigada pelo seu comentário, Claudia! Continue acompanhando o blog e com certeza irá encontrar outros textos que vai adorar! :)

    • milene da mata
      15 de março de 2015 - 10:56 Responder

      Somos! ;)

  • vera lucia estites bussade
    14 de março de 2015 - 17:07 Responder

    Eu sou exatamente assim… E concordo plenamente com o texto!!! Quem tem a genética da vó?…

    • milene da mata
      15 de março de 2015 - 10:56 Responder

      Vale a genética da vó, da bisavó… hahaha!
      Obrigada pelo comentário, continue acompanhando o blog :)

  • mayara
    14 de março de 2015 - 20:34 Responder

    Minha cara, como vc me conhece tão bem assim?????? rsrsrsrs

    • milene da mata
      15 de março de 2015 - 10:51 Responder

      Hahaha! É a minha cara também! Bom saber que não estou sozinha! :D

  • Heliete
    15 de março de 2015 - 12:44 Responder

    A parte hereditária é paterna. Be sure!! KKKKK

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:45 Responder

      Eu sei. Hahahaha! :D

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:45 Responder

      <3

  • Arroba Junior
    16 de março de 2015 - 11:21 Responder

    Eu e minha esposa nos identificamos muito com o texto hahaha. (2 atrasildos)

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:46 Responder

      Que ótimo! Continuem acompanhando o blog :) beijos!

  • Motivos para amar Curitiba e as curitibanas |
    16 de março de 2015 - 20:07 Responder

    […] (Oi, Avenida Batel! Oi, Visconde de Guarapuava! Oooi, Linha Verde!). Aliás, já vimos aqui que pessoas que se atrasam merecem muito amor! hé! <3 Ponto negativo também para o sotaque, […]

  • Flávia
    16 de março de 2015 - 20:31 Responder

    Vou passar o link deste texto para todos os meus amigos. finalmente alguém que não só intende, como consegue explicar tim tim por tim tim esse nosso drama de cada dia :X

    *———–*

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:47 Responder

      É um drama mesmo, só a gente sabe!!!
      Obrigada pelo comentário, continue acompanhando o blog! :)

  • Gustavo Pacheco Nunes
    16 de março de 2015 - 22:32 Responder

    Trocando o gênero, cabe perfeitamente para mim..rs.. Faltou apenas citar que, quem atrasa NUNCA falta..
    Bom texto..Parabéns

    • Gustavo Pacheco Nunes
      16 de março de 2015 - 22:38 Responder

      Corrigindo, não foi citado com essas palavras. Pois foi citado como “tarda, mas nunca falha…” rsrs

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:48 Responder

      Exatamente, muito bem lembrado! :D

  • Mariana
    17 de março de 2015 - 00:45 Responder

    Nunca comentei antes e não conheço, cheguei aqui via facebook mas vamos lá. Sou muito ansiosa, demais e evito ao máximo me atrasar, como faço isso? da mesma forma que você se programa com seus clientes, cadáveres e afins. Uma amiga demorou 1hora para um encontro nosso, eu viajei por 1h30 e ela apenas 35min para cadachegar ao destino, eu estava com dores horríveis de estomago e me senti muito humilhada, pois é assim que as pessoas se sentem quando alguém atrasa. Uma pessoa que veio com ela no qual ela também atrasou para encontra-lo disse a seguinte frase na qual guardei para mim e compartilho com vocês “Quem se atrasa acha seu tempo mais precioso que o da outra pessoa”. É a verdade, eu posso me programas, chegar na hora e ficar em um mesmo lugar lhe esperando enquanto você estava ocupada fazendo mil coisas. Desculpe o desabafo, mas considero isso uma grande falta de respeito.

  • Arthur Melo
    17 de março de 2015 - 11:39 Responder

    MEU DEUS. FINALMENTE. É ISSO, GENTE. Olha o que eu passo pra estar com vocês, mas ninguém nunca entende. É tão doloroso…

    Esse texto é a minha vida, minha história.

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:48 Responder

      Hahaha! Obrigada pelo comentário, continue acompanhando o blog! :)

  • Mariane
    18 de março de 2015 - 04:41 Responder

    Me descreveeeu *_* post perfeito

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:49 Responder

      :) <3 obrigada, querida!

  • Vanda
    18 de março de 2015 - 07:29 Responder

    Eu sou bem essa daí! Por mais que eu tente…e tente de novo e tente novamente. Chegar no horário é algo espetacular pra mim, quase nunca acontece.

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:49 Responder

      É mesmo muito difícil, mas estamos sempre tentando! :)

  • Mauricio
    18 de março de 2015 - 09:31 Responder

    quer um abraço? vixe, pera, tou atrasado!

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:50 Responder

      hahaha!

  • Maristela
    18 de março de 2015 - 16:54 Responder

    Amei o texto !!! Me identifiquei muito!! Eu juro que tento chegar no horário, mas há uma conspiração, só pode ser isso… hehehehe

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:50 Responder

      É isso, Maristela! Não passa de uma conspiração! hehehe!

  • beccarapozo
    18 de março de 2015 - 23:44 Responder

    Menina, você anda me perseguindo ou algo do tipo?! Rsrs Muito, muito eu!!! Minha vida é exatamente assim. Tudo acontece ao mesmo tempo, milhares de coisas pra fazer e, ainda por cima, tem maquiagem, cabelo… Tudo pra poder sair com os amigos… Adorei sua publicação

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:51 Responder

      Hahaha! Muito obrigada pelo comentário <3 continue acompanhando o blog! :)

  • Rebecca Bittencourt
    19 de março de 2015 - 13:32 Responder

    Me identifiquei SUPER com o texto.
    Sou atrasada. Nasci atrasada, sempre estarei atrasada, não tem jeito!!!

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:51 Responder

      Complicado, né! Tô com você! :)

  • Juliana Scopim
    19 de março de 2015 - 17:19 Responder

    kkkkkk vc acabou me descrevendo sem ao menos me conhecer…adorei bjs

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:52 Responder

      :D <3

  • Chantal
    19 de março de 2015 - 22:48 Responder

    Foi uma leitura divertida, mas nao concordo com nada disso nao.
    1. Minha genetica prova que todo mundo atrasou a vida inteira comigo e continua fazendo assim, mas eu aprendi dessa forma a NAO fazer o mesmo.
    2. Sou ansiosa. Tomo remedio e tudo, o que nao adianta para nada, mas ainda assim NAO me atraso em praticamente nada (incluindo em caso de emergencia 99% das vezes estou no horario) porque aprendi a estar adiantada.
    3. Sempre tenho um monte de coisas a fazer e nao eh questao de prioridade, pois tudo eh importante, mas eh questao de aprender quanto tempo leva para fazer cada uma e saber somar tudo junto no mesmo momento. Eh simplesmente questao de pratica. Quando estava na escola tinha que acordar as 5 da manha para conseguir pegar o onibus das 6.00 e nao me atrasar. Aprendi que nao conseguia fazer tudo em menos de 1h entao comecei a acordar 4.30. Era uma menina, tinha 11 anos quando pegava o onibus e so chegava em casa perto das 10 da noite pois tinha varias atividades extracurriculares. Ainda tinha que estudar, o que nunca dava tempo por questao de precisar dormir. Entao aprendi a estudar toda vez que entrava no onibus e comecei a conseguia fazer tudo sem problemas.
    4. NAO sei me localizar em lugar nenhum. Me mudei ha 5 anos e ainda consigo nao saber nem o endereco da escola dos meus filhos.E nem mesmo uso GPS. Se preciso ir a algum lugar que nao conheco, peco ajuda de alguem nem que seja para ir comigo para que eu NAO me perca e NAO me atrase.Quando ninguem pode me ajudar, checo o google maps (nao o GPS) e vejo a direcao que preciso ir, checando cada rua, se vira, se nao vira, se eu posso mudar de faixa depois e por ai vai… Assim eu mesma traco um trajeto, geralmente que eu conheca a direcao( sempre tem um caminho que voce conhece, mesmo que so um pedaco) Com meu trajeto eu anoto tudo direitinho onde virar, como fazer e dificilmente tem algum problema que me faca atrasar.
    SIM, nasci atrasada, mas aprendi a mudar pois todos podem aprender isso tambem. E nao precisei deixar de dormir ou de comer para fazer isso, so precisei me adaptar e praticar. Se voce quer dormir mais 5 minutinhos, acorde 5 minutinhos mais cedo. Sao pequenas coisas que mudam todo o sistema.

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 21:57 Responder

      Obrigada pelo comentário e por nos mostrar um outro ponto de vista! :) Continue acompanhando o blog, beijos!

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:52 Responder

      :)

  • Jackeline Morais
    20 de março de 2015 - 11:43 Responder

    AMEI… nunca me identifiquei tanto em um texto. Achei super útil a forma que foi usado as verdadeiras razões do nosso atraso, todo mundo pensa que é desculpa nossa. :(
    Adorei todo o site… continuem assim e SUCESSO!

    • milene da mata
      1 de abril de 2015 - 00:01 Responder

      Muito obrigada pelo comentário, querida! <3
      Continue acompanhando o blog! :)

  • Jaina
    20 de março de 2015 - 21:18 Responder

    eu já tive muito problema com horário até perceber que eu subestimava o tempo das atividades e, principalmente, de deslocamento. acho que desviar essa ansiedade por fazer mil coisas em 5 minutos e para a ansiedade de imprevistos que podem acontecer, além de uma previsão realista do tempo, ajudam muito – porque tentar prever o futuro e imprevistos não deixam de ser ansiedade. hoje em dia penso que, na maioria das vezes, 60 minutos só permitem fazer uma coisa bem-feita e olhe lá.

    • milene da mata
      1 de abril de 2015 - 00:00 Responder

      Concordo com você! Obrigada pelo comentário, continue acompanhando o blog! :)

  • Ariana
    21 de março de 2015 - 18:07 Responder

    Aprendi a conviver com pessoas que sempre se atrasam. Aprendi também a relaxar um pouco e entender que cada um tem um jeito. Só acho importante a comunicação, um aviso de atraso ajuda bastante. Se você não gosta de atrasos, não espere. É fácil deixar algumas coisas mais simples.

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:59 Responder

      Verdade <3

  • Claudia Sales Sales
    22 de março de 2015 - 04:26 Responder

    Como me identifiquei… E o pior é que me sinto muito mal pelo atraso e as vezes toda a expectativa do inicio acaba com a reclamação dos outros, ou se consigo estar no horário, chego tão estressada que parece até que ainda não devia estar ali. Agradeço o texto me fez bem.

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:58 Responder

      Sei exatamente como se sente, fico feliz por fazer você se sentir melhor :)

  • Nathalia Dias
    23 de março de 2015 - 00:23 Responder

    Mel dels, minha caraaa esse texto. Eu tenho um pouco mais de noção pelos pontos de referência, mas nome de rua eu demoro a vida para gravar!

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:57 Responder

      Eu nem os pontos de referência! Hahaha!
      Obrigada pelo comentário, continue acompanhando! :)

  • Aline Silva de Sales
    23 de março de 2015 - 08:57 Responder

    Amei! Super me identifiquei e acho completamente injusto as pessoas não terem compreensão pois fazemos de tudo pra chegar ao destino final mesmo atrasando chegamos sempre!

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:56 Responder

      né <3 é isso mesmo!
      Obrigada pelo comentário, continue acompanhando o blog! :)

  • Ive
    24 de março de 2015 - 11:21 Responder

    Milene, parece que faço você me esperar a anos. Kkkkkkk.
    Sou exatamente assim, sem mais nem menos.

    Abraços de mais uma perdida no tempo e no espaço.

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:55 Responder

      :D Obrigada pelo comentário! Grande abraço!

  • Minha bagunça é organizada! |
    25 de março de 2015 - 21:42 Responder

    […] invés de guardá-las dentro do guarda roupa. Ahh, quem nunca? Depois de um tempo você cria tanto amor por ela, que acaba não percebendo que o tempo de colocar a roupa na cadeira seria praticamente o […]

  • Raphael Sasdelli
    26 de março de 2015 - 19:24 Responder

    Parabéns pelo texto e pelo “jogo de cintura” nas respostas dos intolerantes…
    Apesar do texto ser direcionado para “elas”, caramba, é muito eu!!! Sou ansioso, tento saber de tudo, fazer de tudo ao mesmo tempo, me atraso muitas vezes e ainda não falo inglês, isso por que eu coloquei o objetivo de aprender inglês como prioridade, mas tudo é prioridade!!! Sou vendedor, e como sofro diariamente para atender tudo e todos sem me atrasar.
    Obrigado por escrever, agora sei que não sou o único!kk
    Grande abraço.

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:55 Responder

      Eu que agradeço pelo comentário, Raphael! Não estamos sozinhos. Continue acompanhando o blog! :)

  • 5 batons que você precisa ter! |
    28 de março de 2015 - 00:20 Responder

    […] 1. Flat Out Fabulous – MAC Sou completamente viciada neste batom, sério! Percebi que estava exagerando quando me vi passando ele para ir pra academia. Hahaha! Hoje eu só uso para trabalhar, ir ao cinema, jantar fora, em reuniões com as amigas, ou  em festas! […]

  • MCruz
    28 de março de 2015 - 15:43 Responder

    Hahahahaa super me identifiquei !

    • milene da mata
      31 de março de 2015 - 23:53 Responder

      :) Obrigada pelo comentário, continue acompanhando o blog!

  • Daniela
    6 de abril de 2015 - 00:04 Responder

    Eu amei! Super me identifiquei! É exatamente isso o que acontece comigo! Não acredito que me descreveram tão bem! Rsrs

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 21:58 Responder

      Obrigada pelo comentário, Daniela! Ficamos felizes por você ter se identificado! :D Super beijo, continua acompanhando o blog. :)

  • mari
    7 de abril de 2015 - 11:42 Responder

    Haha eu tb sou atrasada. Mas não me identifiquem com nada…. Somente que eu posso ter algum tataravô atrasado!!

  • Natalia
    7 de abril de 2015 - 23:36 Responder

    Eu ri MUITO com o texto. História da minha vida, exatamente assim. Dentro da questão de espaço e tempo faltou a questão de distância, meu pai diz “pra você chegar pontualmente saindo a essa hora, só de teletransporte” haha

  • Carolinne
    8 de abril de 2015 - 13:43 Responder

    Muito amor mesmo! Às vezes me atraso e sempre é sem querer hahaha Só li verdades no texto, beijo :)

  • Marina
    9 de abril de 2015 - 13:05 Responder

    Desculpa, mas você não me convenceu! Hahahaha ODEIO chegar atrasada e EXIJO que cheguem na hora que eu marquei… eu sou capaz de perder o interesse pela pessoa se ela atrasar mais do que alguns minutos. Acho imprescindível que as pessoas tenham compromisso e sejam pontuais, a menos que tenha acontecido um grave incidente.

    • milene da mata
      12 de abril de 2015 - 09:43 Responder

      Muito obrigada pelo seu comentário, Marina! :)
      Na verdade o texto não tem a pretensão de convencer ninguém, apenas mostrar o outro lado da história, pois pessoas que se atrasam sabem que este defeito incomoda muito pessoas pontuais, por isso estamos constantemente tentando melhorar e chegar no horário ;)
      Continue acompanhando o blog, beijos!

  • Nicole
    9 de abril de 2015 - 14:09 Responder

    Adorei haha eu sou muito atrasada! Há 3 anos atrás atrasei 45 minutos no primeiro encontro com meu namorado… ele esperou, tadinho, mas me julga até hoje pelos meus atrasos constantes rs

    • milene da mata
      12 de abril de 2015 - 09:46 Responder

      Que bom que ele teve paciência para te esperar, né? Quando ele lembrar desta história, diga: “E não valeu a pena?” <3 rs!
      Obrigada pelo seu comentário e continue acompanhando o blog! :)

  • Debora
    14 de abril de 2015 - 08:39 Responder

    Pena que nem todos compreendem rsrsrsrsrs

  • Anselmo
    15 de abril de 2015 - 20:04 Responder

    Oi Milene.
    Minha filha leu e me enviou o comentário do seu blog.

    Sei que assim como amo minha filha, independente de atrasada ou pontual; seus amigos e familiares também te amam; mas; se esse comportamento for constante, considero como falta de amor e respeito de vocês para conosco.

    Se ajuda, te deixo alguns conselhos:
    Tente se organizar melhor, é o primeiro passo.
    “Mas faça-se tudo decentemente e com ordem”. 1 Coríntios 14:40

    Desorganização gera ansiedade.
    “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus”. Filipenses 4:6

    Administre melhor seu tempo
    Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu: Eclesiastes 3:1

    REFLITA na PALAVRA DE DEUS…TENHO CERTEZA QUE TE AJUDARÁ NESSA SUA DIFICULDADE.

    Abraço.

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 21:59 Responder

      Muito obrigada pela atenção e comentário, Anselmo! Grande abraço! :)

  • Luana
    17 de abril de 2015 - 13:31 Responder

    Só li verdades ! Super me identifiquei, minha vontade é que todo mundo leia esse texto.

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 22:01 Responder

      Fique à vontade para compartilhar, Luana, e vamos mostrar para o mundo toda a verdade! :D Super beijo, querida!

  • Louise
    17 de abril de 2015 - 14:51 Responder

    Uma coisa é chegar atrasado outra coisa é “querer” chegar atrasado e fazer o outro desmarcar outro compromisso pra ficar com a cara de tacho à espera…é o que passo constantemente.Agora quando eu me atraso (que é difícil,mas acontece, e não é por que quero) haja sermão.

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 22:04 Responder

      É verdade, Louise! Este texto é sobre pessoas que são atrasadas, mas gostariam de ser diferentes. Porque querer chegar atrasado de propósito é uma falta de respeito, né! :/

  • Sandra Tavares
    5 de maio de 2015 - 03:14 Responder

    Amei seu texto, infelizmente Jesus não agradou à todos porquê você agradaria? Mas não se preocupe mesmo, pois as pessoas as quais identificarem-se com o texto saberão e agradecerão. E também graças a Deus nós não somos todos iguais.Grande bju.

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 22:06 Responder

      Verdade, Sandra! Graças a Deus não somos todos iguais! E que bom se todos os defeitos do mundo fossem uns minutinhos de atraso, né? Hihi! Obrigada pelo carinho e pelo seu comentário, querida. Continue acompanhando o blog. :)

  • Fernanda Ramos
    5 de maio de 2015 - 03:31 Responder

    E além de passar por td isso qndo percebermos o nosso atraso bate a triteza junto com a vontadizinha de chorar pq ta td dando errado mas ai…vc lembra q estão te esperando reuni as ultimas forças e vai assim mesmo!!
    Td Isso me descreve perfeitamente!!

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 22:07 Responder

      Verdade, verdadeira, Fernanda! A nossa intenção é sempre a melhor! Super beijo pra você, continue acompanhando o blog. :)

  • Estella
    5 de maio de 2015 - 09:50 Responder

    Texto maravilhoso, obrigada… Parabéns.

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 22:08 Responder

      Eu que agradeço o comentário, Estella! Continue acompanhando o blog, beijocas!

  • Gabriela
    5 de maio de 2015 - 16:11 Responder

    Quanta verdade num texto só! =))
    Sou exatamente assim, para compromissos profissionais e outros quais o atraso não é admissível consigo a proeza da pontualidade… para os demais compromissos, que igualmente são importantes para mim, mas que o atrasos são remediáveis, a ansiedade em fazer mil coisas ao mesmo tempo resulta em pequenos atrasos de 10 a 15 minutinhos…
    Ah e a genética…minha mãe é idêntica!

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 22:10 Responder

      Né que é assim mesmo, Gabriela? As pessoas pensam que inventamos desculpas, mas este texto só tem verdades!!! Obrigada pelo seu comentário, continue acompanhando o blog. Beijocas!

  • grasi
    17 de maio de 2015 - 15:45 Responder

    Super hiper mega. EU..rsrsrssrs

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 22:10 Responder

      :D

  • Priscila Fontainha
    26 de maio de 2015 - 10:42 Responder

    Adorei!! “Não basta eu ser perdida no tempo, eu também sou perdida no espaço!”.. Me identifiquei muito! Hhahahahaha.. pelo menos não sou a única! <3

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 22:22 Responder

      Não, não é a única mesmo!!! hahaha!
      E que bom que você me entende. :D
      Obrigada pelo comentário, continue acompanhando o blog.

  • Priscila Manoela
    27 de maio de 2015 - 20:37 Responder

    Milene da Mata (A.D.O.R.E.I) sua matéria me identifiquei completamente… Sou E.U em pessoa…
    Tudo que vc falou é verdade temos um simples defeito, é quase uma doença hereditária. Sim, hereditária! somos geneticamente atrasada. :)

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 22:23 Responder

      Verdade, Priscila! Muito obrigada pelo seu comentário, continue com a gente! :)

  • Priscila Manoela
    27 de maio de 2015 - 20:39 Responder

    Milene da Mata (A.D.O.R.E.I) sua matéria me identifiquei completamente… Sou E.U em pessoa… Me diagnostiquei com procrastinação… Tudo que vc falou é verdade temos um
    simples defeito, é quase uma doença hereditária. Sim, hereditária! somos geneticamente atrasada. :)

  • Fernanda
    2 de junho de 2015 - 00:44 Responder

    me senti representada rsrsrrs a parte da herança genética é verdade

    • a terapia de alice
      5 de junho de 2015 - 23:08 Responder

      Hahaha! Que bom que você se identificou, Fernanda! Continue nos acompanhando. :) Beijos!

  • wesley endrew
    2 de junho de 2015 - 13:54 Responder

    Eu também me atraso muito e tudo que li é verdade kkkk

  • derek echeverria
    2 de junho de 2015 - 17:55 Responder

    massa…mas isso cientificamente se chama tdha, aquele famoso défict de atenção e hiperatividade. e não necessariamente todos que são assim sofrem de ansiedade :)

  • Raquel
    3 de junho de 2015 - 07:41 Responder

    Que texto tolo. Pessoas que se atrasam acham que são o centro do universo, são pessoas egoistas que acham que o tempo delas é mais valioso que o dos outros. Fazer alguém esperar é uma falta de respeito absurda e uma prova de que você não valoriza a pessoa que deixou plantada: significa apenas que você tem 2921829 coisas que considera mais importantes do que o tempo que uma outra pessoa deixou de fazer coisas que ela precisava ou gostaria para dedicar a você. Acho atraso um dos males generalizados do Brasil e me irrito profundamente com gente sem consideração. Não é “engraçadinho”…

    • Karla
      25 de agosto de 2015 - 17:38 Responder

      Concordo plenamente com você, Raquel, odeio atraso, acho uma tremenda falta de respeito…

  • Mickaell
    23 de junho de 2015 - 14:06 Responder

    Olha, eu sou um atrasado confesso… Todo mundo que marca comigo já tem essa convicção de que existem grandes chances de eu me atrasar… Mas, quando por alguma eventualidade os papéis se invertem, eu espero tranquilamente, já cheguei a esperar por uma pessoa durante 3h, e essa pessoa no dia seguinte veio dizer que não pode ir por um motivo qualquer que não me recordo, porém, com todo o meu atraso eu ai da apareço, aturo caras fechadas, reclamações e tudo o mais, mas pelo menos eu apareço…

    Adorei o texto ^^

    E percebi uns comentários ofensivos contra a nossa “classe” de atrasados, e saibam que ansiedade é uma doença, não é que o nosso tempo seja mais importante, e nem que não temos respeito pelas pessoas, é apenas uma condição que temos… Vocês falam tanto de inverter os papéis, porém só invertem no sentido de que se fossemos nós os que estivessem esperando, agora na hora de quererem assumir o nosso papel, e saber o motivo do atraso não querem né…

    #desabafo hahahahaha

  • Milena
    29 de julho de 2015 - 16:54 Responder

    É mal de milena! Kkkkkk me descreveu.

  • SICLENDER
    13 de agosto de 2015 - 22:57 Responder

    Super me identifiquei com esse texto… rsrsrsr

  • Marcela Mendes
    20 de agosto de 2015 - 19:12 Responder

    Esse texto me define!!

  • Cecilia Lima
    21 de setembro de 2015 - 09:10 Responder

    Milena, cai sem
    Querer no seu texto e me desculpe, mas os seus atrasos podem ter nome.

    Talvez vc precise investigar se não eh TDAH eu tenho 3 amigos e um filho com referências semelhantes ao seu problema com atrasos e o TDAH justifica isso.

    Beijos e seu texto eh muito divertido, mas a verdade que quem espera tb sofre e quem atrasa corre perigos da vida real.

  • Camila
    23 de setembro de 2015 - 11:13 Responder

    O texto é criativo e engraçadinho, mas não justifica tanta irresponsabilidade, ainda mais quando há coisas importantes em jogo, a cara de insatisfação das pessoas que chegaram antes é justamente pela questão de ‘perder’ tempo aguardando o (atrasildo), é muito complicado, eu mesma trabalho em dois empregos e meu tempo é cronometrado, se eu atrasar eu prejudico duas equipes em dois lugares diferentes, eu também não sei dizer NÃO as pessoas, mas mesmo assim o relógio precisa ser meu aliado, se num dia eu cheguei em cima da outra, eu já memorizo esse horário pra no outro dia sair de casa pelo menos com meia hora antes do horário anterior que eu sai de casa, não tem segredo e nem distúrbio em cima disso e sim ORGANIZAÇÃO, mas desculpem a sinceridade, mas desculpa de aleijado é muleta, o dia que o atraso de outra pessoa custar bem caro aos atrasildos, dai o bicho vai pegar…

  • Camila
    23 de setembro de 2015 - 14:18 Responder

    Achei o texto interessante e criativo, mas sinto em dizer que tudo acaba se tornando desculpa para o ato de atrasar, pois hoje em dia há várias formas de se programar, e muitas das coisas agendadas se pode receber alertas por e-mail, mensagens em celular e ate mesmo a velha agenda e ai?? A pessoa sempre se atrasando?? Como mencionado em outro comentário e quando a pessoa perde um concurso público ou aquela importante entrevista de trabalho?? Será que isso não fará ter mais organização?? Tudo é questão de costume, o mal hábito é enraizado e o bom hábito é aprendido, e sempre tem o famoso jeitinho brasileiro que acaba irritando qualquer um, eu trabalho em dois empregos e ambos eu preciso ser pontualíssima, já que somos uma equipe, se um atrasa acaba quebrando toda a equipe, eu encaro como pessoa descomprometida mesmo que tenha enes motivos, pois tudo exige responsabilidade e se não consegue ser pontual em um determinado emprego, então mude pra um que o horário seja mais tardio, se num dia vc chega em cima da hora, por exemplo faltando 5 minutos ou 10 minutos atrasado, no outro dia a pessoa tem por obrigação se organizar de forma a sair de casa com pelo menos 30 minutos de antecedência do horário que saiu de casa no dia anterior e isso não é impossível, meu chefe costuma sempre chegar atrasado e hoje tomou uma chamada de uma colega de trabalho, este ficou branco igual a um papel, dai digo que moral teria de cobrar os seus subordinados?? Nenhum né?? Então atrasildos de plantão, sejam mais organizados, pois desculpa de aleijado é moleta ok??

  • Sheila Santos
    6 de outubro de 2015 - 11:05 Responder

    Me identifico muito.

    Sou muito atrasada, abraço o mundo e faço 201 coisas ao mesmo tempo, e ainda acho que estou super adiantada com as tarefas e vou consegui cumpri o horário.

    Mas o ultimo atraso que me deixou super chateada. Foi o atraso no dia do meu casamento. Contando um pouco, me atrasei 1hora na igreja e tinha missa após o casamento. Quando eu cheguei o Padre correu com a cerimônia. Esse era o único momento que eu queria que fosse perfeito. Ainda fico chateada, mas lembro que o dia foi lindo e muito feliz.
    Hoje me cobro mais, referente a pontualidade.

  • Fernanda
    10 de novembro de 2015 - 22:58 Responder

    Amei!
    Me define, me identifiquei mais ainda com: “puta mundo injusto! ”

  • Marluce Del Ciello
    11 de novembro de 2015 - 09:13 Responder

    Exatamente eu rsrsrs

  • Ana Luizaam
    11 de novembro de 2015 - 11:26 Responder

    Gostei do seu texto, faz sentindo… Mas o atraso de quem quer que seja: amigos, namorado, médico, entregador de pizza (rsrs) me deixa com extremo mal humor…extremo mesmo. Reduz a chance de rolar uma conversa descontraída, e um sorriso nas primeiras hora nem pensar… Por favor, amigos e amigas, salvem meu dia: Cheguem na hora combinada.

  • Elaine Sena
    11 de novembro de 2015 - 13:18 Responder

    Agora consegui identificar o que acontece comigo. Meu Deus! Ansiedade, acúmulo de tarefas, conspiração do tempo…
    Principalmente pelo fato das vezes que eu chego no horário, porém deixo de comer ou durmo pouco, só pra garantir!!
    “Amigos e família, me amem!”

  • Camila Safanelli
    7 de janeiro de 2016 - 13:10 Responder

    Muito bom texto! Ameiiii <3

  • Felipe Guerra
    13 de janeiro de 2016 - 23:32 Responder

    Nossa você sou eu, casa comigo! (Ou não porque vamos nos atrasar pra cerimônia hahahahah)

  • Daniela Costa
    13 de março de 2016 - 00:05 Responder

    Adorei! Você é ótima!!! Me sinto muito culpada quando isso acontece comigo. Eu sou toda descoordenada com o tempo e apesar dos outros se estressarem comigo por causa disso, em várias ocasiões já fizeram isso comigo também e nunca achei que a questão do horário fosse motivo para estresse, nunca fiquei brava com isso.. Inclusive já deram mancada de falar que iam sair e na hora a pessoa deu mancada e nem por isso estressei. Pior que chegar atrasado é não ir. :)

  • Aline
    17 de outubro de 2016 - 18:58 Responder

    Ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei o texto, me identifiquei demais e ri muito. Hahahahha…
    Obrigada!

  • Eliana
    28 de outubro de 2016 - 00:18 Responder

    Linda maneira de explicar, total me identifico não estou sozinha no mundo Deus é testemunha de que eu tento melhorar, minhas amigas já levam na esportiva
    Beijos querida, amo seus textos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *