Go to Top

Afinal de contas, qual é a dele?

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Como saber se você é (ou se pelo menos já foi) realmente importante na vida dele? Bom, você não precisa de uma bola de cristal, muito menos de mim para responder esta pergunta… você já sabe a resposta. Porque mulher sabe, até quando preferia não saber. Basta olhar nos olhos dele! Não dá para acreditar em tudo que ele diz, nem sempre a verdade está no que ele fala. Você sabe o que é sincero pelo tom de voz que ele usa, pelo sorriso que escapa quando ele te vê e, principalmente, pela forma como ele te olha. Mulher lê nas entrelinhas.

Mulher sabe, por exemplo, se aquele ex ainda pensa nela, ou se simplesmente não tem mais nada a ver. Não é necessário dizer. E mais do que isso: ela sabe se a pessoa com quem ela está tem planos para um futuro ao seu lado, ou se está ali só para passar um tempo, até que o inverno acabe. No fundo, no fundo, todas nós sabemos! E se todas nós sabemos, por que nos decepcionamos tanto?

Oras, convenhamos, é porque algumas vezes é mais confortável se iludir do que aceitar a realidade: ele não te ama. (ai!) É difícil admitir isso pra si mesma, fere o orgulho e dói na alma. Afinal, você é tão (tão!) amável, como pode ele não ser completamente apaixonado por você? Bom, isso eu já não sei explicar… A gente se apaixona pelo cheiro, pelo abraço forte, pelo beijo que encaixa perfeitamente e a química inigualável. Pelo olhar meio bobo e desconcertante. Não dá para saber exatamente o motivo, mas claramente você sabe se a paixão existe, ou não.

Mas, e o amor? Ah, o amor é outra coisa. É ainda mais! Você sabe que é amor quando vocês querem estar juntos mesmo nos dias que a paixão falta. É uma mistura de Química com Língua Portuguesa, aquela aula diária. Mas não uma aula chata, é aquela aula que te intriga, e que te dá vontade de sempre aprender um pouquinho mais. Que delícia é o amor! É um sentimento que te traz paz, mesmo quando te atormenta. Te ajuda a respirar, mesmo quando te tira o fôlego! E é recíproco. Aliás, reciprocidade é mais que uma característica, é uma condição. Não dá para amar sozinho, muito menos por dois.

Definido o que é amor, definido o que é paixão, como, afinal de contas, saber qual é a dele e ter a certeza de que está sendo correspondida? Simples: você sente. Se você ainda tem dúvidas, reflita um pouco mais, talvez você esteja insistindo em uma relação unilateral. E daí a questão não é “qual é a dele?”, mas sim “qual é a sua?!”. Você merece mais que migalhas de carinho.

Ele não vai acordar um belo dia e perceber que você é a mulher da vida dele! E sabe do que mais? Ele também não é o homem da sua. Aceite que ou ele toma uma atitude definitiva, ou você deve tomar. Se ele quiser que você fique, ele encontrará uma forma. Se ele te deixar ir, é porque você não era a dele. Mas tenha certeza de uma coisa: quando você encontrar a pessoa certa, será recíproco. E você simplesmente saberá: ele sente o mesmo.

 

Clique aqui para se inscrever no meu canal do YouTube ♥ E vem me acompanhar também no Instagram: @milenedamata e @aterapiadealice ♥

 

 

 

 

, ,

40 Respostas para "Afinal de contas, qual é a dele?"

  • Mariana D'Oliveira dos Santos
    8 de dezembro de 2014 - 09:29 Responder

    Nossa Mi, que lindo! Até me emocionei… hehehe
    Lindo, lindo, lindo! Parabéns!!!

    • milenedamata
      9 de dezembro de 2014 - 10:16 Responder

      Obrigaada, Mari!! <3

  • Nathalie
    8 de dezembro de 2014 - 14:50 Responder

    Ai Mii, que texto propício neste meu momento de vida hein! :/
    Mas acredito muito nisso também, as vezes o coração escorrega na confiança de uma ilusão. Mas no final desse tobogã, alguém vai estar para nos resgatar sempre, espero que sim.
    Amei o texto.

    Beiiijãaao!

    • milenedamata
      9 de dezembro de 2014 - 10:17 Responder

      Obrigada, Nath! Concordo com você e fico feliz que tenha gostado do texto! Um super beijo <3

  • Yasmin
    8 de dezembro de 2014 - 18:53 Responder

    Milene, que texto lindo, adorei! Você arrasando com as palavras, como sempre! :*

    • milenedamata
      9 de dezembro de 2014 - 10:18 Responder

      Yasmin, querida! Muito obrigada! Fico sempre feliz com os seus comentários :)

  • Camila
    13 de março de 2015 - 01:32 Responder

    Aquele texto que traduziu tudo que eu estava pensando e ainda me ajudou a tomar uma atitude. Obrigada por compartilhar ele conosco!

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:01 Responder

      Obrigada você, Camila, por dividir com a gente este comentário! E parabéns pela atitude! :) Um super beijo ;*

  • Elton souza
    31 de março de 2015 - 12:56 Responder

    nossa que texto bem definido ,, me ajudo muito!! muito obrigado , homens tambem passam pela mesma situacao

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:02 Responder

      Obrigada pelo comentário, Elton!
      E que ótimo saber que te ajudou :)
      Super beijo!

  • Ketlen
    10 de abril de 2015 - 15:54 Responder

    Milene parabéns adorei e amo teus textos sempre muito interessante.

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:03 Responder

      Muito obrigada, Ketlen! ♥
      Continue com a gente, beijocas!

  • aline
    13 de junho de 2015 - 15:37 Responder

    Nossa, até chorei aqui … muito lindo ! Parabéns mi , amei ♡ sou fã!

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:05 Responder

      Que linda, Aline! ♥ ♥ ♥
      Muito obrigada pelo carinho e comentário, super beijo!

  • Isabela Garrido
    13 de junho de 2015 - 15:59 Responder

    Maravilhoso! E o melhor: É a verdade!

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:05 Responder

      ♥ ♥ ♥

  • Francielli
    14 de julho de 2015 - 19:01 Responder

    Miii, vc disse tudo que eu estava precisando ouvir! Obrigado, não sabe o bem que me fez esse texto!

    • a terapia de alice
      14 de julho de 2015 - 19:35 Responder

      Eu que agradeço o comentário, querida! Fico muito feliz por saber que o texto ajudou de alguma forma. :) Um super beijo!

  • Roberta Alana
    15 de julho de 2015 - 15:29 Responder

    Que sábias palavras, muito boa essa sua reflexão, parabéns!

  • Amanda Diniz.
    27 de julho de 2015 - 17:58 Responder

    Lindo! Você adivinha o que eu estou pensando e sentindo? hahha;
    Parabéns querida! Realmente, a gente sempre sabe.. rs
    Bjos!

    • a terapia de alice
      27 de julho de 2015 - 18:20 Responder

      Né! Obrigada pelo comentário, querida!
      Continue acompanhando, um super beijo pra você!

  • Scheila Karina
    19 de agosto de 2015 - 21:39 Responder

    Texto perfeito, adoro todoss, parece que você lê pensamentos e descreve o que a gente quer saber hehehe!!

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:09 Responder

      :D ♥
      Fiquei muito feliz com o seu comentário, muito obrigada!
      Grande beijo!

  • Barbara Louize
    19 de agosto de 2015 - 22:13 Responder

    O que estou passando ! Chorei litros lendo !

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:10 Responder

      Espero que tenha ajudado, Barbara!
      Um super beijo pra você ♥

  • Aline
    19 de agosto de 2015 - 23:01 Responder

    Faz mto sentido e concordo plenamente em tudo. Só tenho uma duvida… e quando a gnt conhece uma pessoa tão bem.. somos amigos acima de tudo e a mto tempo. Quando estamos juntos era otimo, em todos os sentidos e era reciproco tb. Mas… as falhas aconteciam quando chegava a hora de procurar eu me doava mais q ele. Ate q conversamos e a opcao era ou nossa relacao evolui ou para por aqui…ele sabia o q tinha q fazer e ainda dizia q se fizesse isso seria mais feliz. Porem.. quer ficar só e curtir sua liberdade e que nao pretendia ter um relacionamento no momento. Tudo ficou confuso…ele por não saber o q fazer e por suas atitudes me confundirem tb…nos despedimos curtindo uma ultima “festa” juntos…brincamos, rimos e ele foi ainda mais carinhoso, querido, atencioso do q todas as outtas vzs… a impressao q me dava era q não queria q eu fosse embora. Dai pergunto…e agora? Vai entender… :/

  • Leticia
    20 de agosto de 2015 - 12:08 Responder

    Milene, amo seus textos cada um mais lindo que o outro .
    completamente apaixonada pelas suas palavras <3

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:14 Responder

      Ahhh Leticia, que linda!
      Muito obrigada, continue acompanhando o blog. ♥
      Um super beijo!

  • Bruna
    20 de agosto de 2015 - 13:13 Responder

    cara que lindo, meu olho encheu de lagrima, ta eu e minha amiga lendo kkk ta eu e ela com cara de boba, igual duas idiota agr pensando se “eles” são ou não os certos para nós!! lindo ameii

    • a terapia de alice
      20 de agosto de 2015 - 23:16 Responder

      Muiiiito obrigada pelo comentário, Bruna! Amei! ♥
      Fico muito feliz por saber que gostaram do texto, espero que ajude de alguma forma. :) Um grande beijo para vocês duas ;*

  • Raphaela Baldassin
    27 de agosto de 2015 - 19:30 Responder

    Esse texto foi simplesmente perfeito! Já sou coração mole, lendo isso então… Hahaha Parabéns!

  • Lilian
    19 de setembro de 2015 - 01:51 Responder

    Milene muito obrigada por esse texto. De verdade. Eu estava precisando ler exatamente essas palavras. So tenho a te agradecer.

  • Adrianne
    5 de novembro de 2015 - 14:29 Responder

    Achei muito produtivo seu texto..

  • Beatriz Oliveira
    16 de novembro de 2015 - 19:13 Responder

    Nossa!! Lindo dms. Parabéns

  • Iasmim Brito
    16 de novembro de 2015 - 19:43 Responder

    Que texto lindo <3

  • Priscila
    26 de dezembro de 2015 - 22:51 Responder

    Nossa dueu ler isso, mas infelizmente é a pura verdade.

  • Sandra
    26 de dezembro de 2015 - 22:58 Responder

    poxa Mi me identifiquei muito com esse texto hj
    to passando por tudo isso com meu ex marido
    ele não tem coragem de por um ponto final e muito menos eu pois o amo muito ainda e ainda vejo uma luz no fim do túnel ..ou acho q vejo..:'(

  • Thariane
    29 de dezembro de 2015 - 00:59 Responder

    Me encontrei no Blog de vocês! Parabéns! <3

  • Dâmares
    27 de janeiro de 2016 - 10:04 Responder

    E muito dificil deixar ir ,eencontrar forcas para falar ficaa ja que gosta de mim..(mas nao posso obrigar a ngm a ficar , nao quero que fique pq eu pedi=/)
    porque fala que gosta,mas diz que nao damos certos e que ja tentamos..tentamos msm ?ouvi mto a palavra tentar, mas nunca vi colocando em pratica …pporque eu sinto que vc tbm esteja sofrendo, mas as vezes penso “e so uma ilusao da sua cabeca pq vc esta sofrendo “dooi vc querer mto uma pessoa e ter que partir ..como fazer pra esquecer, com esse sentimento aqui dentro ?

  • Cristina
    22 de março de 2017 - 19:13 Responder

    Mi… vc fala com a alma da gente , ontem mesmo publiquei algo assim no meu face:
    Me perguntaram o q eu acreditava ser a base de um relacionamento… após refletir cheguei a conclusão q a base esta intimamente ligada a reciprocidade, isso tanto nos relacionamentos com colegas de trabalho, amigos ou em relações afetivas. Se não há reciprocidade se apenas uma parte faz o trabalho, defende, busca meios de manter a relação, ama, se dedica. Então temos um sentimento solteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *