Go to Top

Ela deu a volta por cima

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Eu tinha experiência em mendigar teu afeto, bom, não só experiência, mas mestrado e doutorado nesse assunto, mas, que culpa eu tinha? Eu te achava o máximo e tinha muitas justificativas para isso. Você com a minha idade já tinha um carro caro e estava comprando um apartamento com apenas 18 anos. Eu te achava incrível e me achava . Pensava todo o tempo, como poderia você, tão tudo, se interessar por mim, que me considerava “tão nada”? Que bobinha que eu era, todos os seus amigos lambiam meu chão menos você. Eu não percebia. Você só brincava comigo, e quando eu virava as costas você fazia piadas maldosas a meu respeito.

Será que você não percebia que suas roupas de marca não mudavam seu caráter? Você chorava no meu ombro quando tudo dava errado, mas era com outra que você ia embora no fim da festa. Eu e meu cursinho intensivo em fazer papel de otária. Eu fazia tudo que você mandava, te achava bonito, bom partido, mas segundo você, não estávamos prontos para um relacionamento, só que na verdade o que você queria dizer, é que não estava pronto para ficar comigo, aliás, nunca estaria. Duas semanas depois você apareceu com outra. Eu fui pra casa, deitei no travesseiro e chorei até dormir. E lá se passaram 10 anos desde que você disse que não estava pronto, só que eu já havia nascido pronta.

Eu cresci, percebi que eu não era idiota, eu só era uma menina apaixonada. Te reencontrei esses dias, e você me olhou espantado e disse: “Caramba! É você mesma? Como você esta diferente!”. É, são muitas diferenças e você nem imagina. Virei uma mulher e deixei dezenas de homens ruins como você apaixonados por mim. Foi bem feito, achei é pouco! Hoje quando olho pra você, tento achar um milímetro de interesse nessa sua camisa horrível da Dudalina. Conheci tanta gente interessante, interessada e com interesse… Você é tão pouco. Porque te coloquei num pedestal? É engraçado, um dia te olhei de baixo, me sentindo pouco, me sentindo nada, mas hoje, te olho de cima, sorrio e agradeço o elogio. Ao meu lado, calçando meu Christian Louboutin, você fica muito baixinho. Você está mais velho, mas tem as mesmas frases feitas que um dia conseguiram me enganar. Só que ao invés de pular no seu pescoço, eu queria gargalhar alto e sair sem ter que te ouvir, mas eu ouço uma piadinha sem graça, agradeço o convite para sair e digo que não posso aceitá-lo.

Sou educada, mesmo podendo me vingar de tudo que você me fez sentir. Eu te abraço e digo: “Bom te ver!”. Aprendi a não pagar na mesma moeda, eu pago em dólar, pra mostrar que aqui o nível é outro. Não guardo rancor de você, não guardo mágoas, não guardo nada, nem recordações, aprendi que o amor é muito sublime pra ser mendigado. O erro não foi só seu, eu errei também, e errei feio. Te coloquei num pedestal, numa redoma, num lugar inatingível e inabalável. Um lugar aonde quem devia estar era eu, eu merecia vir primeiro, eu sou o meu verdadeiro amor. Sabe, hoje não quero te dizer nada e muito menos exigir nada, hoje, tantos anos depois, só te peço educadamente uma gentileza: Desce daí. Desce desse pedestal que você nunca deveria ter habitado, esse lugar não era seu, porque se tem alguém que merece estar aí em cima, esse alguém sou eu.

 

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAliceNatalia

 

21 Respostas para "Ela deu a volta por cima"

  • Cris Silveira Basko
    31 de março de 2015 - 20:41 Responder

    Para quem que seja, mandou muito bem! Como sempre.

  • Amanda
    1 de abril de 2015 - 13:50 Responder

    tem uma expressão só ‘uau!’

    demais Nath ;)

  • Rubia
    22 de abril de 2015 - 18:15 Responder

    Não sei o que é melhor, se são os textos, as musicas, ou o fato de traduzirem vários momentos da minha vida.

    • Natalia Silveira
      23 de abril de 2015 - 09:14 Responder

      Rubia, é tão bom saber que existem pessoas como você que se identificam com a gente! Obrigada pelo carinho <3

  • Paloma Brandão
    30 de maio de 2015 - 15:26 Responder

    Demais. Muito bom! Quem canta e qual o nome da tal música?

    • a terapia de alice
      1 de junho de 2015 - 09:45 Responder

      Oi Paloma, é Breakeven da Maddi Jane! Obrigada por acompanhar <3

  • aline
    30 de maio de 2015 - 15:30 Responder

    Nossa, tô sem palavras, muito lindo o texto a música! Eu amei . Parabéns!

  • Jaqueline
    30 de maio de 2015 - 16:04 Responder

    Simplesmente, UAAAL!

  • Adriana
    3 de setembro de 2015 - 13:41 Responder

    Não tem o que falar nos seus textos vc simplesmente parece que leem os nossos pensamentos a nossa história de vida simplesmente apaixonada vc e foda no que escreve continue assim parabenssssss

  • Marilda
    3 de setembro de 2015 - 13:47 Responder

    Meu Deus..
    Quão perfeito..
    Esses textos arrazam..

  • Natalia calza
    3 de setembro de 2015 - 13:56 Responder

    ”Aprendi que o amor é muito sublime pra ser mendigado” … Voce me decifra !! Parabens pelos textos ! :*

  • Katherine
    3 de setembro de 2015 - 16:29 Responder

    Deuuus eu amo cada texto de vocês , a terapia de Alice é realmente uma terapia , e ajuda muitas garotas como eu tenho certeza , muito sucesso sempre vocês merecem muito .

    • a terapia de alice
      4 de setembro de 2015 - 16:13 Responder

      Olá Katherine, como vai? Quanto carinho no seu comentário, continue sempre nos acompanhando, é muito bom ter você por perto ♥

  • Jacqueline Dutra
    7 de outubro de 2015 - 21:44 Responder

    Terceiro texto que eu leio e parece que estao narrando minha vida. So me falta coragem pra pedir pra ele sair do pedestal, falta eu sair do fundo do poco e matar esse amor que me consome me magoa. Falta coragem :/

    Muito bom adorei parabéns!

    • a terapia de alice
      8 de outubro de 2015 - 10:46 Responder

      Jacque, como vai? Tenha força, não se acomode com um amor que te incomoda. Um super beijo ♥

  • Dani
    8 de dezembro de 2015 - 11:58 Responder

    Melhor texto, sem dúvidas nenhuma.. Você só colocou em palavras oque eu havia pensado a manhã toda, depois de amar e me decepcionar, veio a vez de me apaixonar e acontecer a mesma coisa, e quer saber? que bom!!! foi o melhor fora que já tomei na minha vida, porque no pedestal, lá no topo, bem em cima só que deve habitar somos nós mesmos!!

    • a terapia de alice
      9 de dezembro de 2015 - 14:10 Responder

      Oi Dani querida, como vai? Que bom que você compartilha desse mesmo pensamento. Continue com a gente, é muito bom ter você por aqui. ♥

  • Patricia
    18 de março de 2016 - 10:14 Responder

    Gente, parece que vocês estão me espionando e escrevendo sobre a minha vida. Adorei *-*

  • Dani
    15 de maio de 2016 - 21:52 Responder

    Uau, muito bom!

  • Mayara Reis
    10 de agosto de 2016 - 16:32 Responder

    Uallll amei esse texto

  • Jaine Ferreira
    28 de setembro de 2017 - 00:15 Responder

    Aí naquele dia deprê me deparo com esse texto simplesmente Ma-ra-vi-lho-so… Uau, Uau, Uau. Parabéns Nah :*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *