Go to Top

Motivos para amar Curitiba e as curitibanas

Em Curitiba sempre tem figuras peculiares na rua XV, o Oil Man com a sua bicicleta, a tiazinha que fica gritando “borboleta 13″ e a incansável trilha sonora do Professor Galdino – daí no Natal tem a trilha sonora do coral no Palácio Avenida (que a gente gosta mais!). Em Curitiba sempre tem a feirinha do Largo no domingo e depois almoço em Santa Felicidade. Curitiba é a verdadeira cidade maravilhosa! <3 Duvida? Eu garanto! Não temos praia, é verdade, mas temos parques lindos, restaurantes maravilhosos, shoppings para todos os bolsos, baladas para todos os gostos e só em Curitiba tem as curitibanas.

1 curitibanas aterapiadealice milenedamata Taiza Espolador, curitibana, fotografada por Milene da Mata.

Aliás, isso me faz lembrar uma música:  “Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça…” só que não, né. Existe um motivo para esta música não se chamar “Garota de Curitiba”: quem conhece uma curitibana sabe que ela é linda sim. Mas aqui no Sul, só a Maria é cheia da graça.

2 curitibanas aterapiadealice milenedamata-1Carime Bitar, curitibana, fotografada por Milene da Mata.

Ei! Nem comecem com aquele discursinho de que “Curitibana é tudo metida”, porque não é bem assim. Quem nunca ouviu: “Nossa! Você é tão legal, nem parece curitibana!”, não sabe o que é injustiça! Essas gurias são muito gente boa e comunicativas, esse papo de “curitibana tem nariz empinado” é mito. Te juro, piá!

3 curitibanas aterapiadealice milenedamata-1Alana Gogola, curitibana, fotografada por Milene da Mata.

Mas se você está de olho em uma curitibana, anota esta dica: fala, mas não encosta! Não, não se trata de arrogância, nem de “não me toque”.

Na verdade a explicação pra isso é bem mais simples: a curitibana é daquelas que aguarda sempre o desembarque, isso significa que ela foi educada desde pequena a compreender que dois corpos não ocupam o mesmo espaço (informação que ainda não chegou em alguns locais do mundo…). Portanto é só respeitar o quadrado da colega que a conversa vai fluir bem de boa, pode ter certeza. :)

4 curitibanas aterapiadealice milenedamata-1Lorena Lima, curitibana, fotografada por Milene da Mata.

Eu diria sim, que a curitibana é um pouco mais seletiva. Pois é, não fazemos amizade com tanta facilidade, mas acho válido ressaltar que nossos amigos são para a vida toda! Se você tem uma amiga curitibana, você sabe do que eu tô falando.

5 curitibanas aterapiadealice milenedamata-1 A Terapia de Alice: Quatro amigas curitibanas com personalidades distintas!

Curitibanas não só são amáveis, como também são as mulheres mais versáteis do Brasil. Eu explico: No Rio de Janeiro, quando tem sol, tem sol. Em São Paulo, quando chove, chove. Em Curitiba, quando chove, pode ser que esfrie. Ou pode ser que faça sol. Ou ainda pode ser que esfrie muito e depois faça um baita sol! E a mulher curitibana tem que acompanhar no maior estilo as quatro estações do ano no mesmo dia! (A propósito, feliz é a moça do tempo de Curitiba que nunca cai na rotina…)

maquiagem-inverno-milenedamata-2Gabriela Reis, curitibana, fotografada por Milene da Mata.

Sim, também temos defeitos: Pontualidade, por exemplo, não é o nosso forte (salvo raras exceções – dedico todo o meu respeito e admiração a elas!), mas é tudo culpa do trânsito (Oi, Avenida Batel! Oi, Visconde de Guarapuava! Oooi, Linha Verde!). Mas já vimos aqui que isso não chega a ser um grande defeito e que pessoas que se atrasam merecem muito amor! ;)

milenedamata 01Keiko Furman, curitibana, fotografada por Milene da Mata.

Bom, outro ponto negativo é o sotaque, né gente… não que eu me envergonhe disso, pelo contrário, só digamos que ele não é assim… dos mais invejados!

7 curitibanas aterapiadealice milenedamata wal-13Walderez Cristina, curitibana, fotografada por Milene da Mata.

Mas bem no fundinho, quem é que não gosta de um leite quente? :) …não?! :( Um cachorro quente então (com duas vinas)? …também não? Quem sabe um sonho de nata, de creme, ou de doce de leite? :D

Ah, e daí! Deixe o sotaque pra lá, com tantos motivos para amar uma curitiboca, ele acaba sendo um charme!

7 curitibanas aterapiadealice milenedamata-1Aluma Gogola, curitibana, fotografada por Milene da Mata.

Toda mulher tem a sua beleza, mas a curitibana tem algo especial! E se você ainda não tem uma curitibana na sua vida, trate de arrumar uma bem logo! Pode ter certeza, não há mulher igual.

milenedamata_talitaassis  Talita Assis, curitibana, fotografada por Milene da Mata.

ASSISTA A PARÓDIA “CURITIBA LOUCA” :


Inscreva-se no meu canal do YouTube clicando aqui 
E acompanhe A Terapia de Alice também no Instagram ♥

171 Respostas para "Motivos para amar Curitiba e as curitibanas"

  • Heliete
    16 de março de 2015 - 21:06 Responder

    Amei, amei, amei!!

  • Jenifer Bathke
    16 de março de 2015 - 21:20 Responder

    Texto maravilhoso!!! Ameeei

  • Carime
    17 de março de 2015 - 00:33 Responder

    Amei muito!

    • Junior
      21 de março de 2015 - 07:02 Responder

      Meu anjo, vc fica fácil de fotografar!!! É a mais GATA delas. Bjim

    • francisco gaia
      5 de junho de 2015 - 17:21 Responder

      Assino embaixo suas palavras,moro em Manaus e nao casei-me com curitibana,mais voce tem toda razao.
      Fui jovem ai,namorei muota curitibana e nao vi nenhuma metida,pelo contrario,doceis e amaveis e muotas bonitas.
      Portanto,meus parabens pelo comentario.
      Digo mais,nao e so as curitibanas, as paranaenses especiais.

  • Naiara Mendes
    17 de março de 2015 - 03:03 Responder

    GENTEEE, mas o nosso sotaque é tão lindo, ❤

  • Vania
    17 de março de 2015 - 05:58 Responder

    As Curitibanas são lindas mesmo!!!

  • Bia
    17 de março de 2015 - 11:25 Responder

    Bravo, bravo!!!!!
    Parabens, EXCELENTE texto, um dos melhores que ja li! :-)

  • Mariana D'Oliveira dos Santos
    17 de março de 2015 - 12:18 Responder

    Você sempre arrasando né? Adorei!!!!!

  • Kallyne
    17 de março de 2015 - 13:48 Responder

    Arrasou!!!!
    Nosso sotaque é um charme!!! ☺️

  • Lilian
    17 de março de 2015 - 13:57 Responder

    Amei também!!!!Parabéns…

  • Even
    17 de março de 2015 - 14:04 Responder

    Sou curitibana com muito orgulho, mas confesso que achei triste que todas as fotos representando a beleza curitibana são de loiras ou morenas de olhos claros. Por que? Onde está a linda negra curitibana ou a morena de olhos castanhos?

    • a terapia de alice
      18 de março de 2015 - 00:37 Responder

      Oii, Even! As morenas de olhos castanhos somos nós mesmas, do blog A Terapia de Alice. Fazemos parte das curitibanas que não tem os olhos claros ;)
      Mas você nos deu uma ótima ideia e incluímos no texto mais uma foto de uma curitibana linda fotografada pela Milene da Mata. Demais, né! <3

    • milene da mata
      12 de abril de 2015 - 13:23 Responder

      Verdade! :)

  • Andre Luis
    17 de março de 2015 - 15:23 Responder

    desculpa mas…………. a imagem passada pela sua pessoa é linda….. porem nao reflete a maioria das pessoas da cidade…… é triste dizer mas Curitiba é só uma cidade brasileira…. isso e nada mais.

    • a terapia de alice
      18 de março de 2015 - 00:44 Responder

      Curitiba é maravilhosa, Andre! :) E a imagem passada neste texto é a mais pura verdade. Lógico que, como em qualquer lugar do Brasil, existem exceções à regra… mas não é o caso da maioria. Aliás, eu diria mais: A MULHER BRASILEIRA é linda! <3
      Obrigada pelo seu comentário e continue acompanhando o blog :)

    • Carlos
      23 de fevereiro de 2016 - 09:20 Responder

      Concordo plenamente amigo , vai pra Minas Gerais lá sim você vai ver oque e mulher bonita e gente boa . E não só meninas de olhos claros como ruivas ,negras ,morenas .

  • Aline
    17 de março de 2015 - 15:36 Responder

    Adorei!!!! Parabéns, ótimo texto ❤

  • Adriane Adam
    17 de março de 2015 - 15:57 Responder

    Muito bom!!

  • Renata
    17 de março de 2015 - 17:16 Responder

    Adorei :)

  • ligmartins
    17 de março de 2015 - 18:10 Responder

    Adorei! Super orgulho de ser curitibana :-) mesmo morando tão distante da terrinha

  • Douglas
    17 de março de 2015 - 18:22 Responder

    Então Milene… Está disponível pra um Papinho? Hehe ;)… Não estou tocando em vc…

    • a terapia de alice
      18 de março de 2015 - 00:49 Responder

      rs… bater papo é com as curitibanas mesmo! :) Agradecemos o seu comentário.

  • Rafael
    17 de março de 2015 - 18:43 Responder

    vou selecionar as gatas aqui de Goiania e fazer um site desse tb…Nao adianta Goiania bate em qlquer cidade

    • a terapia de alice
      18 de março de 2015 - 00:20 Responder

      Temos certeza que em Goiania também tem mulheres lindas!
      Que tal escrever um texto pra gente falando sobre as mulheres daí? :)

    • Elis
      19 de março de 2015 - 12:48 Responder

      Fico muito feliz em saber que em Goiânia tem muitas mulheres bonitas. Assim espero que você continue por ai e não venha pra cá. Tem muita gente migrando pra Curitiba e estão deixando a cidade feia.

      • Sirlene Borges
        30 de dezembro de 2015 - 09:57 Responder

        Nossa Elis que comentário mais racista e preconceituoso, estou de mudança para Curitiba e pesquisando como é o comportamento e como são as pessoas de Curitiba e me deparo com um comentário desses que você fez… Como se as pessoas de outras cidades do Brasil fossem ” feias” e somente os curitibanos fossem bonitos!!! achei muito arrogante de sua parte. Na minha opinião e acredito que na opinião de várias pessoas a beleza esta totalmente ligada a gentileza e educação, simpatia e modéstia, pois não adianta uma pessoa, seja ela homem ou mulher, ser belo ou bela e ser mal educada. arrogante e pretensiosa, pois se torna feia em toda amplitude dessa palavra. Espero encontrar em Curitiba pessoas abertas a novas amizades, bem educadas e simpáticas e espero que minha família seja bem recebida e acolhida por este povo curitibano, como com certeza fazemos no Rio de Janeiro, que independente da cidade ter seus problemas como toda as cidades grandes tem, somos um povo gentil e acolhedor, cumprimentamos sempre com um sorriso ou um bom dia as pessoas, mesmo aquelas que não conhecemos, esse é o jeito carioca de ser, espero encontrar pessoas assim em Curitiba, pessoas alegres e de bem com a vida, e não mal humoradas e mal educadas que não sejam capazes de dar um bom dia dentro do elevador. Que Deus me ajude!!! hee a propósito, fique certa Elis de que a minha família não deixará sua cidade que também será minha cidade, mais feia ou mais bonita, porém sem dúvidas a deixará mais agradável e com pessoas educadas e gentis com certeza!!! será!!

  • Sâmia Simas
    17 de março de 2015 - 18:49 Responder

    Nunca fui à Curitiba, mas tenho certeza que lá se encontram mulheres magníficas. Mulheres que seguem a moda e que não seguem; que são bem humoradas e que não são, ou que variam de humor como ninguém; as que permitam que dois corpos ocupem sim o mesmo espaço e as que não o permitam. As que tem tanto orgulho do seu sotaque como as que não o tem. Mulheres que sejam magras, altas, gordas, brancas, pretas, morenas, baixas, etc e que se sintam super bem exatamente do jeito que são. As que acham que o melhor de Curitiba são elas e as que se sentem integradas demais para pensar que são principais atrativos turísticos. E o melhor de tudo isso, como aqui em Minas Gerais, e como em qualquer parte do Brasil e do mundo: toda mulher é especial. E nada, absolutamente nada, nos torna meros objetos de vitrine. :)
    PS: As meninas fotografadas na matéria são realmente muito lindas!

    • a terapia de alice
      18 de março de 2015 - 00:19 Responder

      Que lindo, Sâmia! Concordamos com você :)
      Obrigada pelo seu comentário e continue acompanhando o blog!
      Beijos

  • TERESA MONTEIRO
    17 de março de 2015 - 19:09 Responder

    As Cutiribanas foram feitas de amor e com amor….desenhadas por DEUS..HEHEHHE

  • Ahhhh minha Curitiba! ♥ | leticiadesignmakeup
    17 de março de 2015 - 19:47 Responder

    […] eu estava aqui no facebook né, até que me deparo com esse esse post  http://aterapiadealice.com/2015/03/16/motivos-para-amar-curitiba-e-as-curitibanas/ do Blog da Milene da Mata, e genteeeee chegou a escorrer uma lágriminha de saudade da minha terra […]

  • Tales Henrique Moraes Dos Santos
    17 de março de 2015 - 20:59 Responder

    Eu tenho de concordar que as Curitibanas são incríveis. O sotaque de vocês é uma gracinha e são lindas. Este mineiro de belzonte ta seguindo a risca o conselho de arrumar uma Curitibana. E fala sério é um trem baum demais da conta.

    • a terapia de alice
      18 de março de 2015 - 00:33 Responder

      Obrigada pelo seu comentário, Tales! E não desista da sua curitibana, vale muito a pena! :)

  • Jussara
    17 de março de 2015 - 21:27 Responder

    Muitooo booommm!!! Amei amado!! Descreve muito bem as curitibanas lindas!!

  • Bruna
    17 de março de 2015 - 21:28 Responder

    Matéria legal, mas uma das fotos é da Luana Caetano.

    • a terapia de alice
      18 de março de 2015 - 00:52 Responder

      Oii, Bruna! Que bom que gostou. :) Sobre a foto, você está enganada, são todas da Milene da Mata. Ela e a Luana fizeram um Workshop juntas e fotografaram a mesma modelo, deve ser por isso a sua confusão ;) … mas as fotos deste texto são todas da Milene, pode ter certeza. Muito obrigada pelo seu comentário e continue acompanhando o blog! <3

  • Cris Silveira Basko
    17 de março de 2015 - 22:17 Responder

    Mandou bem Milene da Mata

  • Laura
    17 de março de 2015 - 23:03 Responder

    Amei tudo que vc escreveu!!! Consegui captar sua personalidade só no sei jeito de escrever amei saber um pouquinho mais das curitibanas!!!

  • Carlos
    17 de março de 2015 - 23:10 Responder

    Quero uma…

  • Michele Mara
    17 de março de 2015 - 23:10 Responder

    Este texto não me representa, Curitiba, tem muito mais do que garotas lindas e brancas, Curitiba, tem negras, representantes da sua beleza, da sua negritude, a sua importância como mulher, empresária, da arte, da cultura dessa cidade. Um texto bastante exclusivo!!! Eu sou Curitibana!!!!

    • a terapia de alice
      18 de março de 2015 - 00:12 Responder

      Você tem toda razão, Michele! As negras são maravilhosas e incluímos a imagem de uma negra linda fotografada pela Milene da Mata! :) Agora sim, o texto está completo! Obrigada pela observação e comentário, continue acompanhando o blog. <3

  • Marcia
    17 de março de 2015 - 23:20 Responder

    Adorei não somos frios como o clima, só gostamos de analisar um pouco as amizades!

  • Istevo Martins
    18 de março de 2015 - 00:04 Responder

    As Curitibanas são mesmo lindas!!!! Adoooro!

  • vera
    18 de março de 2015 - 00:11 Responder

    SOU CURITIBANA EM BORA MORE EM SC QUE É UMA CIDADE MUITO BOA ,MAS NÃO TROCO O POVO CURITIBANO E NEM A CIDADE POR NENHUMA OUTRA EU AMO MUITO O CLIMA O SOTAQUE !!!

    • a terapia de alice
      18 de março de 2015 - 00:39 Responder

      Obrigada pelo seu comentário, Vera! Nós também somos apaixonadas por esta cidade! <3
      Um beijo e continue acompanhando o blog! :)

  • Luana
    18 de março de 2015 - 00:59 Responder

    ADOREI!!!!!!
    Porém, confesso que discordo na parte do sotaque…

    Por que eu falaria “leiti quenti” se o correto realmente é o bom e velho “leite quente”??
    Ou “cachorru quenti”??
    “Tumati”
    Oi!???? O que é “tumati”

    ADORO NOSSO SOTAQUE!!!!!
    Bonito ou não é correto!!!!

    Bjooooos!!!!

    Parabéns pelo texto!!!

    ;)

    • Gleiciani
      18 de março de 2015 - 10:30 Responder

      Sotaque é sotaque não existe correto ou errado em sotaque…

    • a terapia de alice
      18 de março de 2015 - 12:42 Responder

      É isso aí, Luana! :) Muito obrigada pelo seu comentário e continue acompanhando o blog <3 Beijocas!

  • Fabricio
    18 de março de 2015 - 04:34 Responder

    Sou de São Paulo, mas Curitibano de coração. Amo esta cidade e já arrumei minha linda Curitiba, o amor da minha vida. E sim, vcs são lindas!

    • Fabricio
      18 de março de 2015 - 04:38 Responder

      Corrigindo: “Amo esta cidade e já arrumei minha linda Curitibana, o amor da minha vida”…

  • Dj Cello
    18 de março de 2015 - 06:07 Responder

    Oh! Saudades das minhas curitibanas…
    10 anos morando em Aracaju mas não esqueço “essas guria são gentE boa”.

  • Nilcélia Pinheiro
    18 de março de 2015 - 06:37 Responder

    Simplismente amei!

  • ana
    18 de março de 2015 - 08:44 Responder

    Amei… minhas amigas paraibanas que digam!

  • Maria Helena
    18 de março de 2015 - 08:54 Responder

    Gentee que texto maravilhoso,me descreveu certinho será que todas as curitibanas são iguais NÉ rsrs parabéns trabalho magnífico

  • Elaine
    18 de março de 2015 - 09:46 Responder

    Foi o melhor artigo que li a nosso respeito …nota 10000000

  • Elaine Cristina
    18 de março de 2015 - 09:47 Responder

    Bom dia. Adorei cada palavra ali colocada sou Curitibana e tenho muito orgulho disso. Más na minha opinião todas a mulheres são lindas seja ela de onde for, amo vocês mulheres.

  • Lucineide
    18 de março de 2015 - 10:21 Responder

    Muito boa essa matéria.
    Adorei !!!!

  • Andrea
    18 de março de 2015 - 10:32 Responder

    Amei!!! tenho o maior orgulho de ser Curitibana!!

  • Rosane Castilho
    18 de março de 2015 - 11:07 Responder

    Milene, que lindo texto! Parabéns! Sou de SP, mas moro em Curitiba há muito anos e confesso que não troco Curitiba por nenhuma outra cidade.

  • CARLOS
    18 de março de 2015 - 12:09 Responder

    Estive na passeata dia 15 em Curitiba, fiquei babando ao ver milhares de beldades curitibanas desfilando…caras pintadas lindíssimas…foi de perder o fôlego!

  • Rosane Breda
    18 de março de 2015 - 13:03 Responder

    Parabéns pela matéria, somos curitibanas, ao contrário do que se comenta, somos simpáticas sim, e merecemos destaque também.

  • geovanna oliveira
    18 de março de 2015 - 13:07 Responder

    Ai sim♥♥♥♥

  • Josi
    18 de março de 2015 - 13:23 Responder

    Que delicia de texto!!! Adoro a cidade, amo nosso sotaque, e nosso tempo maravilhoso!!!! Parabéns!!!!

  • Edson Luiz Smuda
    18 de março de 2015 - 16:51 Responder

    Quanto as mulheres nem tanto, digamos +ou-. A cidade, aí sim você já exagerou, como pode você dizer ser uma das melhores cidades do mundo, uma cidade que você saí as 23:00HS de um cinema e não acha um restaurante aberto para se jantar? E por falar em restaurantes, Curitiba só tem fama e custo, porque a qualidade é uma das piores que conheço, sem contar o péssimo atendimento que recebemos dos que por profissão e obrigação nos prestam. Curitiba é tão ruim que nem calçada e metrô possui.
    Abraço.

  • Mariana Sambulski
    18 de março de 2015 - 16:57 Responder

    Achei muito massa esse texto ( li outros tbm que gostei hehe). Tenho ORGULHO DE SER CURITIBANA, amo demais essa cidade e tudo que nela tem. Obs. Só acho que faltou uma foto minha aí kkkkkkkkk brinks
    Bjs da Magrela
    Muito legal passar por aqui :)

  • Rosi Cordeiro
    18 de março de 2015 - 17:06 Responder

    Retratou muito bem a mulher curitibana. Parabéns!

  • Edi
    18 de março de 2015 - 19:32 Responder

    Amei sua comparação da cidade de Curitiba com as curitibanas que somos. Não troco essa cidade por nada, vevir aqui mesmo com todas as estações num mesmo dia é bom né, rsrs. E dai que quando sai estava frio e agora esta um color de matar.

  • Johnny
    18 de março de 2015 - 19:44 Responder

    Todas lindas mas essa Carime Bitar aí se superou ;)

  • Lidiane Leme
    18 de março de 2015 - 20:08 Responder

    Show de bolaaaaaaaa… até chorei!!!
    Vivo há 5 anos em SP – sds imensas da minha terra -, mas não perdi o sotaque e nem quero.
    Qdo me pego falando “noiti”, por exemplo, … brigo comigo mesma:
    _ Noiti é o c@#$¨&!!!
    _ É noitE…noitEEEEEEEE!!!
    Falar corretamente, acima de tudo, kkkkkkkkkkk.
    Essa é minha marca registrada aqui… e eu não vou perdê-la! <3

  • Camila Carzino
    18 de março de 2015 - 22:06 Responder

    Eu sou curitibana e amo Curitiba, mas achei esse texto uma rasgação de seda e não curti. Me julguem

  • Luanna Franco
    18 de março de 2015 - 23:21 Responder

    Awnnn ameiiiii s2 essa foi para a gurizada mais lindas, as Curitibanas (nois)

  • Silvia Souza
    18 de março de 2015 - 23:42 Responder

    Simplesmente lindo, parabéns para a autora

  • Tayná
    19 de março de 2015 - 00:44 Responder

    amo ser Curitibana! somos Finas, elegantes…Educadas.

  • Eduardo Miura
    19 de março de 2015 - 00:58 Responder

    Esse texto não é sobre as garotas de Ipanema, mas é mais que um poema! Muito legal :D

  • Gilberto
    19 de março de 2015 - 09:48 Responder

    “(A propósito, feliz é a moça do tempo de Curitiba que nunca cai na rotina!)” – Sensacional!

  • Isabel Andrade
    19 de março de 2015 - 10:18 Responder

    Simplesmente amei, não sou curitibana .Na verdade sou paulista porém cresci em Curitiba portanto quando me perguntam não penso duas vezes em responder que sou curitibana. Tenho um amor incondicional por está cidade não consigo imaginar ir embora , seria como deixar um pedaço para trás . E com muito orgulho falo LEITE QUENTE e DUAS VINAS NO CACHORRO POR FAVOR !!!

    • Sergio Roberto
      20 de março de 2015 - 03:18 Responder

      KKkkk…a “vina” é inconfundível…é como uma senha nossa rsrsr.

  • JOSE CARLOS PIENTA
    19 de março de 2015 - 11:15 Responder

    Parabéns para Alana e Aluma Gogola, pelas fotos! Abraços aos pais Eliane e Celso.

  • heverton
    19 de março de 2015 - 12:09 Responder

    Curitibana.. quem conheceu, nunca esquece

  • marcia
    19 de março de 2015 - 12:55 Responder

    Adorei o texto, descreve muito bem uma curitibana.

  • Jucélia Makokin
    19 de março de 2015 - 12:56 Responder

    Simplesmente de mais!
    Curitiba a Cidade mais Europeia do Brasil.

  • David
    19 de março de 2015 - 13:21 Responder

    Achei o teu texto meio narcisista. E não concordo com essa classe e elegância toda. Talvez você enxergue isso em vc e espera que seja todas as curitibanas assim. O melhor marketing é o pessoal, mas aquilo que veem em vc. Abraços!!

  • EDIN
    19 de março de 2015 - 17:15 Responder

    Olha…Vou ser Sincera…Sou Curitibana Sim…Com muito orgulho…Moro aqui desde que Nasci…Muitos dos Turistas que passam por aqui tem a nítida impressão de que somos “Metidas” como você mesma evidenciou…Mas “nada haver”…Somente somos “Reservadas”…culturalmente falando…Curitiba é uma Cidade de muitas etnias..Uma mistura enorme de raças…Principalmente a “Européia”…Região “essa” de gente com pé no chão…Com uma conduta mais firme em relação a Vida…Nossos ancestrais…ainda nos dias de hoje…estão entranhados em nossa Cultura Local…Não vejo isso como um ponto negativo…”Educação a cima de Tudooooo”…Isso sim…define as Curitibanas…#simplesassim…Mas Parabéns…Milene..definiu bem as Curitibanasa…Obs: Eu sou uma das poucas na estatística que chega no horário para qualquer compromisso…rsrsrsrs…

  • EDINEIA
    19 de março de 2015 - 17:27 Responder

    Esqueci…mais uma coisa pra terminar…Falam do nosso sotaque…Mas se levarmos em conta de que o que é correto é correto…então…Falamos sim “leitE quentE”..pois na gramática…não estamos falando nada fora do normal…Português Nota: “10”…

  • Eliana
    19 de março de 2015 - 21:13 Responder

    Amei a tudo que disse sobre as curitibanas. Sou mulher, sou negra e sou com muito Curitibana e sou linda. Me fotografa também.

  • Viturino Jr
    19 de março de 2015 - 22:56 Responder

    Como bom Carioca que sou a Aluma e a Carime são Top’s! Esse lance de sotaque até que é bonitinho. Melhor que as Paulistas, alias Paulista ninguém merece nem vcs Curitibanas. kkkkkkkk, é melhor tirar SP do mapam e colocar vcs mais proximo ao RJ, olha que beleza! Certeza de todas as Curitibanas arrumarem um Carioca, se bem que distância não é problema qd se AMA alguém. Na real, vcs são lindas independentes de Curitiba ou qualquer outro lugar, as mulheres Brasileiras são as mais GATAS…bjossssss

  • Sergio Roberto
    20 de março de 2015 - 03:17 Responder

    Muiiiiiiiiiiiiito bacana mesmo ….as imagens sao lindas e o texto ficou leve, gostoso de ler. Parabens pelo trabalho e sucesso.

    Um abraço… Sergio Roberto.

  • Gustavo Perdigão
    20 de março de 2015 - 06:50 Responder

    Bom dia Milene da Mata…Graças a Deus tenho duas grandes amigas curitibanas…adoro a cidade.

  • Brayan Busnello
    20 de março de 2015 - 11:24 Responder

    Muito bom!!
    Já morei em Curitiba e realmente as curitibanas… ai essa curitibanas….S2 hahaha

  • sarah
    20 de março de 2015 - 18:17 Responder

    Olha…concordei em partes…sou paulista e vivo em curitiba,mas sinto mta falta das paulistanas,sem duvidas sao as mais divertidas do brasil…curitibana pode ser mais chique e se vestir bem..mas paulistana eh mto mais agradavel…. claro..sou paulistana neh….

  • Beta Inquisidor
    20 de março de 2015 - 20:06 Responder

    As curitibanas no geral são como qualquer mulher:dos 15 aos 30 anos humilham e desprezam homens feios,estudiosos,bonzinhos betas,ou seja,os chamados ”caras legais”;depois,procuram esses mesmos caras apenas para assumirem compromisso após virerem uma vida de farra com os homens destacados.

    Mas parece que em Curitiba a situação é infinitamente pior:se você não for bonito,alfa e destacado será duramente humilhado e provavelmente terá de aguentar o deserto sexual por grande parte da vida.

    O ego da curitibana é o maior dentre todas as mulheres das capitais brasileiras.Só sendo um fodão comedor pra pegar alguém aqui.

    E,sim,sou curitbano,amo meu país.meu estado e minha cidade mas não posso deixar de falar a verdade sobre a estupidez das curitibanas.

  • Abigail Futikami (Bia)
    20 de março de 2015 - 20:23 Responder

    Não sou Curitibana,mas amo Curitiba e muitas pessoas daqui…em especial duas curitibanas maravilhosas…minhas filhas…ah ..e vamos combinar…Curitiba é tuuudo de muito bom, amo demais minha cidade, Maringá, mas vir prá Curitiba foi a melhor coisa que aconteceu em minha feliz vida!!!

  • Alexandre Elias Jaeger
    21 de março de 2015 - 20:43 Responder

    uma mulher elogiando as amigas e conterrâneas, rsrs
    lindas são, mas em relação a outros lugares do Brasil, eu vejo que elas e tambem eles deixam de ser feliz.
    vivem como se estivessem nos tempos de colegio, em que formam grupinhos, se preocupam com os outros ( falar mal, o que tem o que não tem), adoram viver de aparência e não são fazem tudo o que querem, não conseguem ser amaveis com os próximos e só se aproximam se algo lhes for util.

  • EveliseGrein
    23 de março de 2015 - 09:09 Responder

    Adorei,nós temos que divulgar mais Curitiba e este povo maravilhoso,para tirar a ideia de outros estados de que curitibano é frio e muito seletivo.

  • Costa
    23 de março de 2015 - 09:44 Responder

    Nesta cidade encontrei lindas curitibanas negras e morenas, mas, parece que a autora deste post não asi percebeu!
    Dê a ela ou a ele boa tarde as 17 horas e receberá: bom dia, pois, ainda não almocei.
    Se marcou compromisso: chegue na hora e não dê desculpas.
    Mulher é mulher em qualquer lugar, com estudo ou sem ele.

  • marilsa atanasio
    1 de abril de 2015 - 16:44 Responder

    amei os textos e me identifiquei sendo uma curitibana nasci e criada nessa cidade linda

  • Vinicius Soares
    7 de abril de 2015 - 14:08 Responder

    Ufaaaa… Como foi bom ler esse texto.. rs
    Sou carioca de mudança para Curitiba e estava preocupado com todos os “se’s” plantados sobre Curitibanos… Que eram as mais bonitas isso eu não duvidava, mas quanto mais leio mais percebo que nada é tão real quanto falam em termos de “nariz em pé”.

    Além, é claro, de saber que é VINA e não salsicha, já não morro de fome.. rs

    Adorei o texto e o blog… Parabéns..

  • Dalbert Marques Oliveira
    22 de abril de 2015 - 08:51 Responder

    Arrepiei-em todo quando li este artigo, lembrei-me de algumas amigas curitibanas, que apesar de ter perdido o contacto sinto-me que se voltássemos a nos encontrar seria como se nunca tivéssemos nos separado.
    E quanto ao sutaque, sou mineiro, já morei em outros estados e países, mas para mim o sotaque das curitibanas é o mais lindo do mundo!
    Obrigado pelo texto ;)
    Beijinhos…

  • francisco gaia
    5 de junho de 2015 - 17:28 Responder

    Lindo seu comentario.
    Moro em Manaus e li com admiraçao seu comentario.Defendeu com muita educaçao a postura da mulher curitibana.E isso ai mesmo.Sao doces educdas e muitas bonitas.Nao casei com uma curitibana,mais fui jovem quando morava ai e namorei muitas,portanto,aprovo suas colocaçoes.

  • Artur Rosa
    23 de junho de 2015 - 03:18 Responder

    Hahahahaha muito bom texto Milene. Sou gaucho e tenho uma namorada curitibana e ate fiquei procurando a foto dela, pq ela age realmente assim como descrito kkkk. salve as curitibanas!

  • leo
    9 de agosto de 2016 - 17:47 Responder

    Curitiba tem mulheres lindas passei 2 meses ai outro patamar todo lugar tem mulheres que parece ter o rei na barriga porem como tem mulheres simpáticas ao extremo gostei bastante de Curitiba e das curitibanas é elas são meio quetas mais quando se solta e so alegria rs tem que saber levar rs pretendo voltar um dia rs

  • Jacqueline
    15 de setembro de 2016 - 11:05 Responder

    Só gostaria da indicação do dentista delas!!! rssss..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *