Go to Top

As pessoas mais extraordinárias que eu conheço

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Algumas de nós passamos a nossa adolescência tentando nos adequar aos padrões impostos pelo meio em que vivemos. Insistimos em usar aquela saia que não valoriza o nosso quadril – que é largo – só porque está na moda. Deixamos de usar aquela blusa que amamos só porque não está na moda. Evitamos certas combinações na maquiagem porque, de acordo com a teoria das cores, não combinam com o subtom da nossa pele. Assistimos a seriados pé no saco só para ter assunto com as nossas amigas.

Chegamos à balada e a música até que é legal, mas não nos completa. Desde sempre, nos sentimos um E.T. em meio a todas as meninas com aquele loiro tão platinado, e com aquela saia na cintura que, ao contrário do que em nós, encaixou perfeitamente no corpo dela.

Preferimos guardar para nós mesmas algumas músicas de “gosto duvidoso”, e ficamos sem graça quando alguém, por acaso, dá uma olhada em nossa playlist secreta no Spotify.

Faça um teste: preste atenção nas pessoas mais extraordinárias que você conhece. Elas vão trabalhar às 8h da manhã com um batom roxo mandando um dane-se para o subtom da teoria das cores. Usam suas camisetas preferidas em qualquer contexto, porque qualquer dia é dia. Não ligam se vão achar que elas são caretas porque frequentam a Igreja. Elas simplesmente vão, mas só se quiserem. Não usam cropped com saia alta só porque tá na moda. Ou usam. Mas só se elas quiserem. Sejam “comportadas” ou “descoladas”, não ligam para os rótulos que a sociedade as impõe. Elas simplesmente são elas.

Elas não se importam com a opinião dos amigos sobre o seu cabelo novo. Não mudam nada no corpo esperando a aprovação dos outros. Não têm medo de dar a própria opinião, e não perdem a classe ao fazê-lo.

Agora eu te convido a experimentar ser uma dessas garotas extraordinárias que você conhece. Experimente dizer não quando quiser dizer não, sem medo do que os outros vão pensar. Experimente discordar do outro, se isso significar concordar com você mesmo. É tipo um vício libertador que não tem volta.

Nessa onda de transformação, as pessoas que não conseguem conviver com a sua autoconfiança vão escapar pela peneira. Mas as joias raras dos seus amigos estarão ali, bem ao seu lado, ligando o foda-se junto com você.

Experimente ser a pessoa mais extraordinária que você já conheceu. ;)

Tô no snap, me acompanha por lá: priscilaribas <3

Acompanhe A Terapia de Alice também no Instagram ♥

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAlicePrile

 

 

 

 

 

 

8 Respostas para "As pessoas mais extraordinárias que eu conheço"

  • Valeria
    18 de maio de 2015 - 22:12 Responder

    Adorei o texto! Parabéns!

    • a terapia de alice
      19 de maio de 2015 - 14:17 Responder

      Obrigada Valeria! <3

    • a terapia de alice
      19 de maio de 2015 - 14:17 Responder

      Obrigada! <3

  • Laura N Cruz
    19 de maio de 2015 - 09:22 Responder

    Exatamente o que eu procurava ler! Às vezes vamos sair e ficamos trocando de roupa várias vezes porque sempre tem algo que “putz… eles não vão gostar, não ficou legal”, mas na verdade devemos agradar à nós mesmos e usar o que gostamos <3

    • a terapia de alice
      19 de maio de 2015 - 14:15 Responder

      É verdade! Quando a gente se sente bem, tudo fica bonito! :)

  • Maria Eduarda
    9 de agosto de 2015 - 12:46 Responder

    Lindo o texto! Vocês são incríveis!

    • a terapia de alice
      16 de agosto de 2015 - 23:08 Responder

      Incrível é você que faz a gente se sentir especial! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *