Go to Top

Amigo, estou aqui!

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Assim como qualquer outra pessoa, tenho minhas peculiaridades. Vivo num universo particular e me escondo atrás do meu trabalho e dos meus afazeres. Quase nunca estou disponível para um café despretensioso e, se eu marcar alguma coisa para daqui duas semanas, provavelmente eu vá esquecer. Além disso, sou campeã em marcar dois eventos em uma mesma noite.

Olhando sob esse ângulo, penso: como é que ainda assim tenho amzades que já duram há mais de 15 anos?

Refletindo sobre o assunto, percebi que todas essas pessoas aprenderam a lidar com o período que se passa entre nossos encontros, e isso nada mais é do que aceitar a minha frequência afetiva, na medida em que eu me esforço para entender também suas particularidades.

Aceito todos os meus amigos exatamente da forma como eles são – os carentes, os ocupados como eu, os que gostam de contar seus problemas nos mínimos detalhes, e os que só ouvem o que lhes interessa. Aceito os que já não mais como eu os conheci. Nem mesmo eu sou mais da forma como quando nos conhecemos.

Tomo as dores desses serzinhos que escolheram trilhar seus caminhos com a minha presença e os coloco à frente de qualquer amor. Porque amores vão e vem. Mas os amigos ficam justamente para amparar a dor desses amores que um dia possam não estar mais aqui. E amigo, se isso ou qualquer outra coisa ruim acontecer, lembre-se: eu estou aqui.

Para nós, o importante é saber que estamos prontos uns para os outros quando precisarmos, sem cobranças e julgamentos. Nossos encontros são poucos, mas são sinceros e livres de qualquer obrigação inventada de que as pessoas precisam se ver para manter uma amizade. Se assim fosse, o que seriam daqueles que moram longe e que falamos muito mais do que pessoas que vemos no dia a dia?

Cada um por seu motivo em particular sintonizou a sua frequência à minha e desde então, gosto de mergulhar no universo dos meus amigos que são tão diferentes de mim. Eles viveram coisas diferentes, têm profissões que eu jamais teria, e ainda assim, quando estamos juntos, nada disso importa. Nós, que somos tão opostos e temos muitos pontos de vista contrários, neste momento, nos tornamos iguais: apenas amigos. E para todos vocês, eu estarei sempre aqui.

 

♪ Amigo estou aqui (Cover) – Pedro Belfort e Matheus

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAlicePrile

 

 

 

 

Acompanhe A Terapia de Alice também no Instagram

2 Respostas para "Amigo, estou aqui!"

  • Nadiane
    23 de agosto de 2015 - 21:31 Responder

    amei… gostaria de saber se posso postar no meu insta… achei tão eu !!! vou colocar vc e seu insta de referencia… pode?

    • a terapia de alice
      30 de setembro de 2015 - 22:00 Responder

      Fique à vontade Nadiane! ;) Beijinhos

Deixe uma resposta para Nadiane Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *