Go to Top

Eu poderia viver sem você, mas eu não quero

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Anoiteceu e nós estamos aqui, juntos, eu e você. Enquanto você adormece eu te olho e fico pensando que este momento é o que eu tenho de mais precioso. Pode parecer bobagem, mas logo eu que sempre fiz tudo sozinha, às vezes chego a ter medo de acordar e não te ter mais aqui…

Sabe, sem você minha vida ainda faria sentido, eu continuaria respirando e teria alguns motivos para sorrir. Eu vivi sem você até aqui, e poderia viver sem você daqui pra frente, mas eu não quero, porque a vida ao seu lado é muito melhor e mais quentinha. Enquanto o vento sopra gelado lá fora, a sua presença aquece o meu coração e os meus pés. Aqui, dentro de nós, não existe frio.

Eu estou sempre com pressa e sem tempo, mas queria que você soubesse que de todas as coisas que eu amo fazer, estar com você é sempre o meu programa preferido. Por isso agora, neste instante de calmaria, eu só quero ficar assim e aproveitar cada segundo que eu tenho observando você, cuidando do teu sono e dos teus sonhos.

Enquanto eu te olho eu fico imaginado se você vai acordar de mau humor… Eu viveria bem sem o seu mau humor matinal, mas aí, quem iria aguentar o meu? Então antes que o sol apareça interrompendo este momento, eu queria te dizer que a vida é muito mais linda desde que você apareceu e que eu não mudaria nada na nossa história.

Amanheceu… você me olhou e sorriu. Não é preciso dizer uma palavra, você sabe, eu até conseguiria viver sem este sorriso… mas é ele que faz o meu dia valer a pena.

Clique aqui para se inscrever no meu canal do YouTube ♥ E vem me acompanhar também no Instagram: @milenedamata e @aterapiadealice ♥

 

 

7 Respostas para "Eu poderia viver sem você, mas eu não quero"

  • jailane
    26 de julho de 2015 - 21:10 Responder

    Meu Deus, quanta perfeição! Parabéns Mii, amo seus textos.!

  • Vivi
    28 de julho de 2015 - 09:51 Responder

    Ah, como eu adoro esses textos!

    • a terapia de alice
      11 de agosto de 2015 - 20:42 Responder

      Obrigada, Vivi! ♥
      Beijocas!

  • Josilene
    29 de julho de 2015 - 01:53 Responder

    Caraca, estou me identificando muito com seus textos! Caí aqui no A terapia de Alice de paraquedas e estou amando <3

    • a terapia de alice
      11 de agosto de 2015 - 20:42 Responder

      Oba! :D Esperamos que você continue com a gente! ♥
      Muito obrigada pelo comentário, grande beijo!

  • Alice
    23 de setembro de 2015 - 20:32 Responder

    Quanta sensibilidade! O texto é lindo, perfeito. Consegue traduzir detalhes tão sútis de uma pessoa que ama! Lindo demais, parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *