Go to Top

Por que não eu?

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Minha mão tremia só de receber uma mensagem sua. Eu apagava inúmeras vezes os meus textos pensando em qual seria a melhor resposta, e adiava qualquer compromisso para poder esperar a sua.

Percebi que me apaixonei quando senti que não poderia mais viver sem ouvir a sua voz. Cheguei ao ponto de escutar mensagens antigas só para sentir que você estava perto de mim, quando parecia pouco tempo demais para admitir que já estivesse com saudades.

Sim, eu estava apaixonada, e a maior evidência disso, era o seu nome estar presente em todas as minhas conversas. Se eu ia à padaria, imaginava o quanto você gostaria de tomar aquele cappuccino diferente ali. Se eu ia à livraria, quando dava por mim, já estava procurando o seu autor favorito e não mais o meu. Foi quando percebi: em qualquer lugar que eu ia, imaginava como seria se estivesse ali com você.

Alguns dizem que a paixão é um sentimento despretensioso, mas confesso que em mim sempre existiu uma vontade muito grande de que vivêssemos um grande amor. A cada sorriso que você dava quando eu falava alguma coisa engraçada, eu tinha certeza: você também estava apaixonado.

Com o passar do tempo eu comecei a sentir falta de algumas coisas. Percebi que eu te procurava o tempo todo, ligava muitas vezes e fazia muitos convites. Você era sempre muito educado em explicar o porquê não poderia falar naqueles momentos ou ir aos cafés ou almoços, e não demorou muito para minhas amigas perceberem antes de mim que eu estava vivendo um relacionamento sozinha. Eu havia fantasiado uma paixão que envolvia eu e você, mas nessa história, você era o meu príncipe encantado e eu apenas uma boa amiga.

Passei por toda aquela fase difícil e escura em que precisei me segurar para não mandar mensagens pedindo para voltar e fingir que sou forte. Dizem que esse gelo faz com que o outro sinta a nossa falta. Mas no meu caso, ele só serviu para eu perceber o quanto você realmente não estava nem aí para mim. Todo esse amor que eu queria viver com você, de repente você estava vivendo com outra. É difícil entender, e não serei hipócrita em dizer que eu “desejo que vocês sejam felizes”. Desculpa. Mas eu não te desejo nada.

O que eu desejo de verdade é que este sentimento saia do meu coração o quanto antes, que as lembranças de tudo o que vivemos sejam apagadas assim que possível e que um dia eu possa dizer que você faz parte do meu passado. Primeiro vou desejar coisas boas pra mim. E depois, quem sabe, eu volto a pensar em você.

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAlicePrile

 

28 Respostas para "Por que não eu?"

  • Gleiciane Oliveira
    21 de agosto de 2015 - 17:59 Responder

    Perfeito ♡

    • a terapia de alice
      3 de setembro de 2015 - 13:57 Responder

      Obrigada! <3

    • Jaqueline
      21 de outubro de 2015 - 16:21 Responder

      Perfeito… infelizmente estou na mesma situação… :(

      • a terapia de alice
        23 de outubro de 2015 - 15:01 Responder

        Jaqueline, temos outros ótimos textos que podem te ajudar a se sentir melhor e a seguir em frente! Dê uma passeada pelo blog e viva esta experiência! <3 ;)
        Beijinhos!

  • Vanessa
    21 de agosto de 2015 - 18:53 Responder

    Nossa, eu estou na fase escura de um relacionamento assim!
    Não imagina o quanto esse texto me abriu os olhos!!!

    • a terapia de alice
      3 de setembro de 2015 - 13:57 Responder

      Ficamos felizes por ter feito você refletir, Vanessa! <3 Beijinhos

  • Lívia
    21 de agosto de 2015 - 20:21 Responder

    “Primeiro vou desejar coisas boas pra mim. E depois, quem sabe, eu volto a pensar em você.”
    Nossa, vou tatuar isso hahahah. Muito bom o texto Priscila, parabéns! Beijos meninas.

    • a terapia de alice
      3 de setembro de 2015 - 13:55 Responder

      hahahaha! Ótima ideia, Lívia!!! Obrigada e continue nos acompanhando! ;) Beijos!!

  • Louise
    21 de agosto de 2015 - 21:25 Responder

    Como posso dizer a pessoa que diz que me ama que nao da mas pra continuar um relacionamento tormentado e difícil durante 6 meses, e também dizer que nao dá mais pra mim e porq também meus pais nunca aceitaram que eu namorasse.

    • a terapia de alice
      3 de setembro de 2015 - 13:56 Responder

      O que é pra dar certo encontra um meio de chegar até você! ;)
      Beijinhos e continue nos acompanhando! <3

  • Tatiane
    21 de agosto de 2015 - 23:45 Responder

    Nossa texto pft! PARABÉNS

    • a terapia de alice
      3 de setembro de 2015 - 13:54 Responder

      Obrigada Tati! <3

  • Eveline
    22 de agosto de 2015 - 00:53 Responder

    Acho que me vi nesse texto.

    • a terapia de alice
      3 de setembro de 2015 - 14:04 Responder

      Ficamos felizes por ter se identificado! :)

  • Laura
    23 de agosto de 2015 - 18:44 Responder

    Me arrepiei, essas palavras foram lá no fundo do meu coração!
    Obrigada por sempre incentivar o amor próprio e fazermos perceber que a nossa felicidade não depende de ninguém!!
    Você é demais!!!
    Bjs!

    • a terapia de alice
      13 de outubro de 2015 - 09:49 Responder

      Muito obrigada Laura! <3

  • Polyana
    26 de agosto de 2015 - 15:17 Responder

    Já li vários textos, passei por vários blogs, mas esse é perfeito!! O melor de todos. E esse texto então, o melhor dos vários que li por aqui.

    • a terapia de alice
      13 de outubro de 2015 - 09:48 Responder

      Muito obrigada Polyana! <3

  • Taiane souza
    29 de agosto de 2015 - 22:39 Responder

    Nossa, cheguei a ficar arrepiada, ao me deparar com esse texto, Me vi escrita, praticamente em todos os parágrafos.
    #perfeição em formas de palavras.

    • a terapia de alice
      3 de setembro de 2015 - 13:52 Responder

      Espero que tenha se identificado principalmente com a parte de que em primeiro lugar, irá desejar coisas boas a você mesma! <3
      Beijinhos Taiane!

  • Jéssica Almeida
    1 de setembro de 2015 - 14:32 Responder

    O texto descreveu perfeitamente o que eu estou passando no momento! :'(

    • a terapia de alice
      3 de setembro de 2015 - 13:50 Responder

      Então comece logo a desejar coisas boas pra você! ;) Beijos com carinho, Jéssica!

  • Melanie
    2 de setembro de 2015 - 17:24 Responder

    Aaah, Priscila! Que texto maravilhoso <3 Descreve perfeitamente o que estou passando no momento. Será que um dia, esse tal de príncipe encantado vai voltar para minha vida? Ou foi embora para outro aparecer? rs. Um beijo no coração!

    • a terapia de alice
      3 de setembro de 2015 - 13:49 Responder

      Obrigada Melanie! Olha, se ele não está na sua vida, é porque não era príncipe! heheheh
      Beijos querida! <3

  • Karima
    30 de maio de 2016 - 20:59 Responder

    Olá meninas,

    Já faz um tempinho que estou ensaiando para escrever para vocês…
    Gostaria de agradecer por cada palavrinha, dedicação e carinho colocado por vocês em cada um dos textos publicados.
    Faz um ano meio que venho passando por uma fase um tantinho delicada, muitas mudanças e um coração que ficou bem dolorido no meio do caminho. Mas vocês sempre estão sempre lá, em detalhes fazem a diferença e abraçam quem precisa.
    Deixo o meu carinho, gratidão e o meu muito obrigada a cada uma das “Alices”.
    Espero em breve poder escrever contando que a vidinha ficou mais doce e menos dolorida.
    Bjos da Ka

    • a terapia de alice
      3 de junho de 2016 - 09:38 Responder

      Ka,

      Que delícia ler o seu comentário. Amamos esse carinho, e são as palavras de vocês que nos motivam a continuar! <3

  • Marcela Gomes
    6 de junho de 2016 - 15:59 Responder

    Profundamente perfeito..

    • a terapia de alice
      17 de junho de 2016 - 16:06 Responder

      <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *