Go to Top

Volte a ser feliz

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Oi menina, como vai você? Sei que não devo me intrometer na sua vida dessa forma, mas preciso te dizer que hoje eu encontrei alguém que viveu muito tempo ao seu lado mas que de uma hora pra outra você mandou embora. Ela me contou que vocês passaram muitos momentos felizes, compartilharam diversos sorrisos, faziam planos juntas, e até sonhavam com coisas impossíveis… sonhos de meninas. Vocês eram muito ligadas, eram como irmãs.

Algumas pessoas comentaram comigo que vocês eram melhores amigas e que quando olhavam pra você, era como se estivessem olhando pra ela. Vocês eram muito próximas, mas ela não soube me dizer quando é que vocês se afastaram, e confesso, eu também não entendo porque ela me pareceu uma senhora muito agradável, querida e alto-astral. Vocês brigaram? Será que você resolveu se distanciar quando aquele seu namoradinho terminou com você? Fiquei sabendo que foi difícil pra você superar o fim daquele relacionamento, e que você pensou inclusive em desistir de viver.

Mas acho que não pode ser esse motivo, vocês eram melhores amigas e não se afastariam por tão pouco. Será que você se isolou quando ganhou aqueles quilinhos a mais? Você começou a ficar descuidada com a sua aparência, esqueceu de se amar, e consequentemente se afastou de quem te queria bem. É, pode até ser por esse motivo, vocês devem ter brigado porque ela dizia que você era linda e você nunca conseguiu se enxergar dessa maneira. Por último ela me disse que você á trocou por outra amiga um tanto quanto estranha. Sua nova companheira anda cabisbaixa, não sorri, e sempre tem uma aparência melancólica, você tem ficado igual a ela e eu penso que pode ser o preço da convivência. Dizem que o nome dela é depressão.

Menina, pense bem, eu no seu lugar voltaria a andar com essa senhora, vocês eram inseparáveis e ela fazia bem pra você. Ela me disse que sente saudade de todos os dias ensolarados que te proporcionou, e que sente falta do som da sua gargalhada. Nenhuma menina no mundo ri de forma tão sincera e emocionante como você. Ela confessou que sente falta daquele par de sapatos que você calçava para sair na sexta, e do batom cor de rosa que você insiste em usar toda vez que está feliz. Ah Menina… Hoje eu encontrei com a sua felicidade, e ela me perguntou se pode retornar, que sente saudades e que o lugar dela é dentro de você. Você aceita?

Quero conhecer você, me segue? 
Insta: @na.silveira Snap: na_silveira
Você pode se inscrever no meu canal no YouTube clicando aqui 
Acompanhe A Terapia de Alice também no Instagram ♥

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAliceNatalia

16 Respostas para "Volte a ser feliz"

  • Márcia Basko
    3 de setembro de 2015 - 18:37 Responder

    Ótimo texto!!!

  • Gabrielle Regina
    3 de setembro de 2015 - 21:23 Responder

    Chorei lendo o texto ❤

  • amanda
    3 de setembro de 2015 - 22:09 Responder

    Esse texto relata oq eu tô passando nesse momento, tô emocionada, vocês sao demais !!!

  • Anna
    3 de setembro de 2015 - 23:20 Responder

    Alice, o texto acima realmente me emocionou. Acompanho as suas publicações diariamente, mas essa em especial, mexeu demais comigo. Eu tenho uma amiga que venho passando por essa situação a mais ou menos dois anos. Tivemos algumas divergências, mas nada que ao meu ver fosse capaz de abalar uma amizade, mas acho que não foi assim pra ela. Nos conhecemos ainda crianças. Estudamos juntas, e quando olho pra trás tudo na minha vida foi com ela. Eu sabia se ela estava bem só pelo alô dela no cel, e ela a mesma coisa. Eu já procurei explicações lógicas para não te-la mais na minha vida. Mas não encontro respostas. Na verdade eu nem quero saber, eu só queria ter a chance de recomeçar de onde paramos. A amizade dela é ouro pra mim, talvez nesses anos ela tenha encontrado pessoas melhores que eu, mas ela pra mim e insubstituível, e um amor de alma. E seu tecto acima descreveu exatamente tudo que eu gostaria que ela ouvisse. Desculpe o desabafo, é que não tenho com quem desabafar, e ler nessas palavras tudo que se passa no meu coração mexeu demais comigo. A Nina é uma pessoa que levarei o resto da vida noneu coração, e podem passar anos, décadas, que eu estarei esperando de braços abertos quando ela quiser voltar.

  • Kácia
    4 de setembro de 2015 - 15:06 Responder

    Adoreeeeei! texto maravilhoso!

  • Ariane
    24 de novembro de 2015 - 20:47 Responder

    Me identifico em vários textos desse blog!!! Muito bom!

  • Kelli
    24 de novembro de 2015 - 22:20 Responder

    Sobre ter acontecido isso comigo, me descreveu ❤

  • Lai
    25 de novembro de 2015 - 09:18 Responder

    Como pode em cada texto me descrever tanto? Fico admirada como as suas palavras são perfeitas, que esse dom que Deus lhe deu consiga tocar mais ainda as pessoas.

    • a terapia de alice
      9 de dezembro de 2015 - 14:51 Responder

      Olá Lai, amém, recebo essa benção vinda de você. Um super beijo ♥

  • Beatriz
    23 de abril de 2016 - 15:24 Responder

    Texto perfeito!

  • DIjane
    23 de abril de 2016 - 17:09 Responder

    Que texto é esse cara ? cheio arrepiar rsss parabéns perefeito !!

    • a terapia de alice
      25 de abril de 2016 - 13:22 Responder

  • jaciara sipriano
    25 de abril de 2016 - 13:22 Responder

    LINDISSIMOOOOOO…. EMOCIONANTE
    VCS SEMPRE ARRASANDO NESTAS PUBLICAÇÔES ….PARABENS MENINAS

  • Fátima Cristina
    1 de junho de 2016 - 09:35 Responder

    Estou simplesmente viciada nesses textos, são todos perfeitos. Mas os da Natália são o máximo da perfeição!!
    Parabéns meninas!!

  • Aline D P
    15 de julho de 2016 - 22:36 Responder

    Seja a razão do meu sorriso. Deus tudo pode, eu estou cansada de provar o que não existiu para quem não perde a oportunidade de humilhar e cobrar o que não devo. Somente obedeci uma vida inteira. Não sou enfeite para servir de adorno e prêmio. Creio que todas as promessas hão de se cumprir. Enquanto isso, em estandibay. Sinto falta do sorriso e da paz que o carinho traz. A brisa mais leve tem o efeito de uma bofetada no meu corpo dolorido. Teimo em fazer o que já não devo. Fugir das críticas mais cueis. Procuro Jesus somente em sacrários silenciosos e onde Jesus possa falar comigo amorosamente. Evitando me expor a agressões publicas, grosseiras e intimistas de sacerdotes manipulados por almas secas e manipuladoras. Jesus, eu confio em Vós!

  • Nicole
    15 de julho de 2016 - 23:06 Responder

    Meu Deus, chorei :( Que texto perfeito!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *