Go to Top

A ambiguidade do amor

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Eu não acredito em amor à primeira vista. Talvez, e olha lá, exista paixão à primeira vista. Mas paixão e amor são sentimentos distintos.

Amar é muito mais que simplesmente gostar de uma pessoa, conhecer seus gostos e manias. O amor é inexplicável. É preciso senti-lo para descobrir seu real significado. Gostaria de fugir dos clichês e de dramas, mas tocar no tema é sempre mergulhar num universo de frases prontas. Segundo a bíblia, ‘’Aquele que não ama não conhece a Deus; Porque Deus é amor’’ (1 João 4:8). Poderia me aprofundar nesta frase mas não é necessário, nós vivemos o amor de Deus todos os dias, através de nossos pais, irmãos e amigos de verdade. Mas este ao qual refiro-me é aquele que queima mas não arde, corrói mas não desgasta e constrói mas também destrói. No colégio, uma amiga sempre dizia, ‘’ tudo é relativo’’, e essa talvez tenha sido a sua afirmação mais verdadeira. Tudo depende. Até mesmo o amor.

Este sentimento tem seus lados bons e outros ruins. Quando se ama e é correspondido pode ser uma maravilha. Do contrário, uma tortura.

Amor de mais é perigoso, amor de menos também. Amor cego é furado e ingênuo. Tudo nas nossas vidas deve ter a dose certa, assim como o sal, que quando em excesso,estraga a comida, e quando falta, deixa tudo sem tempero. Nós temos que saber dosar, mas sem medo de errar. O sal e o amor.

Nós temos que aprender a enxergar esse sentimento nas pessoas. Saber diferenciar, mas também apreciar. Além de tudo, precisamos aprender a desfrutar da sensação de felicidade e prazer que ele pode nos proporcionar, afinal de contas, o amor é um dos melhores presentes de Deus.

Ame,beije,abrace,viva,chore,corra… Morra de AMOR. Não deixe ele passar, agarre-o com todas as suas forças e se permita. Nossa vida é relativamente curta, não se prenda a nada. Nada que limite. Nada que impeça. Nada que atrapalhe. Ame um infinito dentro de dias contados.

Murillo Henrique Lima da Costa – Leitor e Chapeleiro Maluco.

 

4 Respostas para "A ambiguidade do amor"

  • Aprenda com a Bíblia
    23 de dezembro de 2015 - 12:26 Responder

    Gostei demais desses artigos, tenho aprendido coisas interessantíssimas. Desejo que todos tenham um ótimo proveitos dos mesmos!!

  • Rafael
    24 de dezembro de 2015 - 15:05 Responder

    muito bom, obrigado por compartilhar essas dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *