Go to Top

Que a vida leve o que não seja leve

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

É incrível como se leva muito tempo para construir a confiança e apenas segundos para destruí-la. Quanto mais os anos passam, mais fica a certeza de que, de uma hora pra outra, tudo pode mudar. Como pode algo que parecia ser tão bom se transformar em algo tão ruim, não é mesmo?

Quem é sensível demais sabe que o mundo te acerta o tempo todo! Confesso que eu tentava colar cada vez que eu era partida, alma e coração, em mil pedaços… Mas foi em uma dessas vezes que eu descobri que eu não preciso me esforçar tanto para reverter a consequência se eu me livrar da causa. A dor está em tentar consertar o que não tem conserto.

A verdade é que ninguém impede quem quer permanecer ao seu lado. Da mesma forma, ninguém convence a ficar quem quer ir embora, então não insista em relações unilaterais, e nunca, jamais, se deixe atingir por pessoas que não querem o seu bem. Ao invés de procurar explicações, ou consolo, simplesmente livre-se daquilo que está te fazendo mal.

Algumas vezes você não entende porquê a vida te distancia de algo, ou de alguém… Mas depois de um tempo você olha para trás e agradece. Quando você consegue separar aquilo que foi feito para durar, daquilo que não é para ser, tudo fica mais simples. Deixe ir o que não te pertence. A vida aproxima, mas ela também afasta, cabe a você deixar que a vida leve tudo aquilo que não é leve.

♥ VEM ACOMPANHAR TAMBÉM
(clique para seguir)
NO INSTAGRAM:
@milenedamata|@aterapiadealice
YOUTUBEFACEBOOKTWITTER

 

11 Respostas para "Que a vida leve o que não seja leve"

  • Jaqueline
    26 de outubro de 2015 - 16:32 Responder

    Nossa, as vezes nos sentimos tão confusa em relação ao deixar ir aquilo que não nos pertence. Mais ao pouco a venda vai caindo e oque antes você não conseguia enxergar hoje faz brilhar seus olhos.

    • a terapia de alice
      19 de março de 2016 - 20:33 Responder

      Verdade, Jacque! Obrigada pelo comentário. ♥

  • EC
    26 de outubro de 2015 - 17:25 Responder

    Estou nesse momento da minha vida, mas é algo muito difícil de se por em prática, mas acredito que após algum tempo,a dor seja menor.

    :)

    Thanks!!!

  • João Paulo
    27 de outubro de 2015 - 10:41 Responder

    Perfeito

  • Marluce Del Ciello
    28 de outubro de 2015 - 16:47 Responder

    Lindos textos parabénssss

  • NATALIA MENEZES
    17 de novembro de 2015 - 14:54 Responder

    Nossa , belas palavras….
    Infelizmente quem sente demais sempre acaba tendo o coração partido.
    Compartilhando um pouco do que me ocorreu nessa semana…estava a 5 meses com uma pessoa… Estávamos brincando de casinha pois eu passava um bom tempo na casa dele… nunca mudamos status de facebook pois ele saiu de um casamento no começo do ano e sempre disse que não estava pronto…e eu…sempre fiquei do lado, apoiei, me envolvi e me entreguei. Até que no ultimo domingo ele sumiu. O dia todo. Não atendia celular nem, mensagens até que vi no facebook ele anunciando em um relacionamento sério com uma garota de outra cidade, da qual eu não fazia a menor noção da existência. Ainda tive que ouvir ele dizer bruscamente que nunca tivemos nada e ela… ela viajou para encontra-lo e isso fez ele mudar o status pois ele sentiu algo por ela….e eu… bom, segundo ele, eu fui um nada…

  • Camila
    14 de janeiro de 2016 - 22:32 Responder

    Perfeição define! Em tempos que eu pareço terá que esquecido disso, que a verdade que fica que fica é única que sempre existir existiu, vc vem pora me lembrar disso. E também que td é exatamente como deve ser… Muuuito obrigada, vc tem salvado minha vida recorrentemente.

  • Diovana
    18 de março de 2016 - 23:18 Responder

    Acho incrível como todo dia eu me sinto tocada com os textos que vejo aqui! Adoro ler cada pedaço deles. Um grande abraço de uma fã!!!!! ❤️

    • a terapia de alice
      19 de março de 2016 - 20:20 Responder

      Diovana, linda! ♥
      Muito obrigada pelo carinho, querida. Continue acompanhando!

  • Jussara Vitorino
    7 de maio de 2016 - 15:42 Responder

    Nossa, sou bem assim, tentando sempre juntar meus pedaços, as pessoas nos ferem com suas palavras, causando-nos consequências que jamais terão conserto! Lindo texto, amei ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *