Go to Top

Encare o game over de vocês

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Fins. Rompimentos. Términos. Infelizmente, hora ou outra a gente passa por isso. Mas esse não é um texto para divagar sobre o porquê dessas coisas acontecerem, mas sim, para refletir de que forma encarar o fim daquilo que começou prometendo ser tão perfeito e quem sabe até eterno.

Parece que é só o status de relacionamento voltar a ser solteira, que todo mundo tem um palpite mágico para dar. Tem gente que fala que você deve voltar a “ativa” na sexta-feira seguinte, outros falam pra você engatar um novo relacionamento e tem aqueles que falam pra você viver o luto do fim do namoro. Por experiência própria, eu sou 100% a terceira opção.

Como não sou isenta às desavenças do amor, já estive em envolvida em acordos de pé na bunda. E para cada uma das vezes que isso aconteceu, eu agi de forma diferente, não porque eu estava fazendo experimentos (não sou tão esquisita assim), mas porque cada uma das vezes fluiu de um jeito diferente. Consequentemente, para cada uma das vezes, eu tive resultados e sensações distintas.

Para um dos finais, eu dei um grito de liberdade e me joguei na solterice, para outro eu fui contrária à velocidade da minha geração e vivi toda e qualquer amargura consequente do fim. Resumindo, para esse último eu vivi o luto do fim do namoro e foi a melhor coisa que eu poderia ter feito. (Ah, a opção de engatar um relacionamento no outro, eu nunca passei, se você já, conta mais dessa experiência nos comentários.)

Tudo bem, levou um tempo  até que eu me sentisse a vontade e confiante para tentar me relacionar normalmente com o sexo oposto. Mas os meses passaram e quando eu pensei que estava totalmente pronta, eu estava de fato pronta. Só que aí, os fantasmas do luto que eu não vivi do primeiro namoro, reapareceram e eu tive que lidar com eles anos depois do fim, o que foi muito confuso, porque já não fazia mais sentido.

Moral da história, se você tá passando por um final e se cabe a mim aconselhar alguém, eu digo: vive esse luto aí, fica na sua e aproveita esse período para se reinventar. Porque eventualmente a conta emocional do fim desse relacionamento vai chegar e é melhor lidar com ela enquanto faz sentido, enquanto esse é o seu momento atual.

Acompanhe A Terapia de Alice também no Instagram ♥

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAliceMye

♥ VEM ACOMPANHAR TAMBÉM
(clique para seguir)
NO INSTAGRAM:
@milenedamata|@aterapiadealice
YOUTUBEFACEBOOKTWITTER

15 Respostas para "Encare o game over de vocês"

  • Stefani Carmelo
    24 de outubro de 2015 - 21:52 Responder

    Já faz alguns meses que eu acompanho a página de vocês , os textos tem me ajudado muito e hoje após lutar muito por um relacionamento de cinco anos , resolvi viver pra mim . Pois nesses últimos anos me anulei por completo , aceitei traições e mendiguei algo que eu merecia … Agradeço a vocês a força que mesmo sem saberem me ajudaram (ajuda) …

    • a terapia de alice
      26 de outubro de 2015 - 10:48 Responder

      Stefani, super entendo vc e tudo o que vc passou. Fico muuuuito feliz que vc tenha virado a chave e passado a viver pra vc! Força e sucesso :) obrigada pelo carinho e continue com a gente :)

  • Stephanie
    24 de outubro de 2015 - 23:23 Responder

    Eu sempre engatava um relacionamento no outro, pior coisa! Terminei recentemente e to vivendo o luto, to me sentindo bem melhor. Me sentindo realmente livre e não apenas uma falsa ilusão. ;)

    • a terapia de alice
      26 de outubro de 2015 - 10:44 Responder

      Isso aí, Stephanie! Obrigada por ter compartilhado essa sua experiência. :)

  • EC
    26 de outubro de 2015 - 17:31 Responder

    Mylena boa tarde

    Estou na mesma situação que a Stefani, vivi muito tempo mendingando algo que eu merecia, e isso me fez muito mal, me deixou com diversas cicatrizes e estou tentando juntar os pedaços, mas firme de que um dia, essas cicatrizes não me afetarão mais

    • a terapia de alice
      29 de outubro de 2015 - 10:41 Responder

      Emanoel, elas vão desaparecer, tenha certeza! Com vc só vão ficar as lições e os aprendizados :)

  • Aléxia Nobre
    27 de outubro de 2015 - 21:24 Responder

    Oiie , faz pouco tempo que venho acompanhando as postagens do site , e gostaria que vocês me ajudassem com um conselho . faz um bom tempo que eu conheci um garoto atravez da minha prima , agente ficou a primeira vez e depois passou um bom tempo sem se ver .. quando nos reencontramos ficamos novamente , mas foi ai que começou a ficar estranho , toda vez que agente se via acabava ficando ,mas sempre depois da gente ficar ele simplismente não falava mais comigo , não ligava pra mim ,nem nada do tipo, ai oque aconteceu da ultima vez que agente ficou ele queria transar comigo e eu não quis ia ser a nossa primeira vez e depois que eu disse não ele ficou com raiva de mim .. mas eu gosto dele o que devo fazer ?

    • a terapia de alice
      29 de outubro de 2015 - 10:40 Responder

      Oi Aléxia! Sobre esse garoto: desencana! Eu sei que vc gosta dele, mas vc precisa se gostar mais e ele não parece estar te valorizando. Bola pra frente pq vc vai ter muitos amores nessa vida ainda :) Beijos e continue com a gente

  • Micaela Ferreira
    29 de outubro de 2015 - 19:03 Responder

    No primeiro término caí na solteirice, e agora estou vivendo o “game over” do outro.. as coisas estão confusas mesmo.. mas a melhor coisa realmente é viver o final,o luto. Está funcionando. Meninas parabéns pela página!! beijão

    • a terapia de alice
      8 de novembro de 2015 - 19:38 Responder

      Micaela, sei exatamente como vc se sente, mas a cada dia é uma nova descoberta. Obrigada pelo carinho e continue com a gente ;)

  • May
    4 de novembro de 2015 - 12:30 Responder

    Olá, conheci o site há pouco tempo mas esta me ajudando muito.
    Esse foi meu primeiro namoro, durou 3 anos e ele terminou comigo por causa de uma discussão boba que se transformou em ofensas à mim sobre meu corpo e meu comportamento e ao me defender ele terminou comigo. Tenho muito medo de sofrer e ficar triste, faço um esforço enorme pra não ir falar com ele e contar como foi meu dia mas não quero e não posso ir atrás e pedir pra voltar pois após tudo que ele me disse seria como se eu permitisse à ele que continuasse me desrespeitando e ofendendo.
    Gostaria de saber se vocês tem algum conselho sobre esse luto e como passar melhor por ele.

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 13:28 Responder

      Oi May, vc está super certa, voltar a falar com ele, sem que ele se desculpasse, realmente seria concordar com tudo. O conselho que eu posso te dar é: foque em vc mesma, tente se entender, acomodar sentimentos. Evite procurar saber sobre ele, checar redes sociais. Agora é o seu momento e leve isso a sério. Depois, se quiser, compartilha como está sendo sua experiência. Beijos

  • Rafa
    14 de novembro de 2015 - 02:31 Responder

    Olá, comecei a acompanhar o blog de vocês a pouco tempo.. Mais tem me ajudado muito!! Muito mesmo!! Infelizmente estou vivendo este momento “luto”, pois meu noivo terminou comigo a 1 semana.. Ficamos juntos 3 anos, morávamos juntos e vivíamos um amor e uma vida perfeita.. Jurávamos que íriamos viver felizes para sempre, e quando eu menos esperava entramos em crise.. E ele me deixou.. A pessoa que eu mais amei, me dediquei e entreguei minha vida nesses últimos anos estava me deixando e sem nenhum motivo real.. Fiquei sem chão, sem rumo.. Mais graças a Deus estou me reestruturando.. E sei que daqui algum tempo estarei 100%.. Voltarei a ser aquela menina de antes.. Aquela com o sorriso bobo e um brilho no olhar..

    • a terapia de alice
      15 de novembro de 2015 - 13:58 Responder

      Rafa, vai sim, vc vai voltar a ser a menina de antes, só que com um aprendizado que vai te render novos e melhores caminhos! Aproveite esse tempo pra se amar e se joga. Beijos e venha sempre nos visitar <3

  • naiara martins moreira
    2 de junho de 2016 - 16:39 Responder

    tudo certo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *