Go to Top

Eu me absolvo

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Tem dias que eu acordo cantando aos quatro ventos. O nome disso é bom humor. Mas aí acontece de eu esbarrar com alguém que está naqueles dias do “bom dia, por quê?” e quando dou por mim, já estou esbravejando pelos cantos.

Também tem aquelas noites em que vou dormir com angústia no coração. Tento me lembrar de o que pode ter me deixado triste ou o que eu possa ter feito de errado, e nada me vem à mente. Até perceber que foi aquela história melancólica que me contaram mais cedo, carregada de energia negativa que pairou sobre a minha cabeça.

Percebi que tenho sido uma esponja. Dessas que absorvem todas as energias de todos que estão à minha volta. Quando a energia dessas pessoas é boa, que delícia! Bom pra nós. Mas quando tristeza e mau humor predominam nos corações ao meu redor, sem perceber, acabo tomando esses sentimentos para mim. Ruim pra mim.

Todas as pessoas têm seus próprios fantasmas, que de tanto assombrá-las por dentro, elas precisam colocar para fora. Normal. Eu tenho os meus e você tem os seus. E todos nós, de vez em quando, achamos que dividir isso com alguém pode nos fazer sentir melhor. O problema é quando nós pegamos os fantasmas dos outros pra gente, guardamos no coração, e ficamos presos numa escuridão que nem é nossa! Coloque pra fora. Saiba separar os seus problemas dos problemas dos outros. O que não é seu problema, não é seu problema!

Por isso, decidi que não quero mais ser uma esponja. Não vou mais absorver a carga negativa que às vezes despejam sobre mim. Frustrações, mágoas, mau humor, necessidade de humilhar ao próximo e de fazer com que se sintam menores – todos esses sentimentos que não fazem parte do meu ser – não chegarão mais até mim.

É preciso espremer a esponja, se libertar de todos os fantasmas e separar os problemas. Aos poucos e com certo esforço, se tornará automático. E nada mais vai me impedir de terminar o dia cantando aos quatro, cinco, todos os ventos.

Acompanhe A Terapia de Alice também no Instagram ♥

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAlicePrile

 

 

 

 

♥ VEM ACOMPANHAR TAMBÉM
(clique para seguir)
NO INSTAGRAM:
@milenedamata|@aterapiadealice
YOUTUBEFACEBOOKTWITTER

4 Respostas para "Eu me absolvo"

  • Thais Rosa
    15 de outubro de 2015 - 16:26 Responder

    me identifiquei super! Muito bom!

    • Priscila Ribas
      19 de outubro de 2015 - 17:53 Responder

      <3

  • Sarah Muran
    18 de outubro de 2015 - 19:36 Responder

    Texto lindo! As vezes também me sinto como uma esponja, mas ultimamente tenho tentado deixar entrar só as energias boas!

    sarahmuran.wordpress.com/

  • Eliane
    18 de novembro de 2015 - 14:02 Responder

    Me descreveu por completo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *