Go to Top

A gente sabe o que a gente sente

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Foi assim, quase sem perceber, em um minuto de distração tudo dentro de mim se transformou. Eu tento disfarçar, coloco um sorriso no rosto quando o ciúmes toma conta. Finjo que não percebo, que não sinto.

Mas é só te olhar para eu me dar conta que você já faz parte daquilo que me faz bem, de tudo que me faz suspirar quase sem querer. É menino, você mexe comigo. Eu tenho certeza, Deus fez a sua voz para acalmar o meu coração e desenhou o seu sorriso só para deixar as minhas bochechas vermelhas. E se alguém duvida eu não me importo, porque o que nós temos é tão nosso.

Foi por descuido, eu sei, mas agora já não dá para controlar a vontade de viver esta história e tudo o que eu quero te falar, ainda que eu não diga uma palavra. Mas deixa assim mesmo, subentendido, eu sei e você sabe. Você sabe que é em você que eu penso quando acordo, e eu sei que você vai dormir pensando em mim. Eu sei o que você sente quando me olha, porque eu sinto também.

Eu tento manter segredo, mas nem é preciso dizer… até o meu silêncio fala o que eu sinto por você. Então vamos deixar assim, não precisamos provar nada pra ninguém, fica só entre a gente… nós dois sabemos o que a gente sente.

 

 

3 Respostas para "A gente sabe o que a gente sente"

  • a terapia de alice
    15 de novembro de 2015 - 23:56 Responder

  • Julio
    27 de novembro de 2015 - 02:39 Responder

    Me chamo Júlio sou hetero.
    Porque disse que sou hetero. Pois bem eu gosto muito de escrever e busco referências e lendo suas coisas pude criar idéias pude abrir o olho para poder notar mais minha noiva amala mais entender ela confesso que suas palavras nnão devia ser somente para “”mulheres”” aconselho a todos os homens a lerem suas histórias pois eles aprenderia assim como eu a valorizar e se reaproximar da mulher que ama
    “”Eu sei e você sabe””

  • Alessandro Sonemberg
    22 de abril de 2016 - 15:27 Responder

    Concordo contigo, Julio…todos deveriam ler

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *