Go to Top

Não deixe ela ir embora

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Ei, o que você está fazendo? Esperar perder para valorizar chega a ser clichê. Ela já sabe que quem se importa, dá um jeito! Então nem tente… você não vai convencê-la com desculpas vazias. Ela é dona de suas atitudes e sabe muito bem o que quer. E veja só a sua sorte, entre 7 bilhões de sorrisos ela quer o seu, e é a sua risada que ela escolheu misturar com a dela.

O que ela sente é forte demais sim, ela é assim mesmo, mergulhada na emoção. Dizem por aí até que ela até já fez planos ao seu lado e a risada escapa fácil quando você está perto dela. Mas não se engane, ela não vai implorar o seu carinho, nem ficar esperando a sua atenção. Ela é capaz de ir embora, mesmo querendo ficar.

Você sabe que ela não se contenta com migalhas e que não tem tempo a perder. Então escuta o que ela não diz com palavras, mas que todo mundo já sabe, e confessa que você também não para de pensar nela. Segura ela pela cintura, diz que você acha graça quando ela sente ciúmes e que ela fica linda até quando está brava. Mas diz agora, enquanto ela ainda se encaixa perfeitamente no seu abraço, não deixe ela ir embora para se dar conta que ao lado dela é o seu lugar. O vazio que ela pode deixar nunca será preenchido por ninguém – não existe outra como ela, você pode procurar, mas não irá encontrar.


Você pode fazê-la ficar, ou deixá-la ir embora, mas lembre-se que ela é do tipo de mulher que quando vai, ergue a cabeça, segue em frente e não volta mais. Não queira ser um sonho que passou… ela está por um fio, não a deixe ir. Ame-a como se fosse perdê-la para sempre, porque a qualquer momento você pode perder de verdade.

Clique aqui para se inscrever no meu canal do YouTube ♥ E vem me acompanhar também no Instagram: @milenedamata e @aterapiadealice ♥

 

5 Respostas para "Não deixe ela ir embora"

  • Pam Souza
    6 de novembro de 2015 - 09:46 Responder

    Nossa!!! Milene, não sei nem descrever….
    Me tirou o fôlego!
    Parece que você me conhece, conhece minhas trajetórias e esta resumindo exatamente qm sou, como penso e minhas atitudes!
    Muito obrigada, de verdade, pois ler tudo isso me fez sentir um pouco mais “normal” rs, afinal, não estou sozinha e não sou a única a ser, pensar e fazer exatamente tudo isso!
    Que Deus ilumine cada dia mais esse seu lindo dom. Obrigada, flor! ❤

    • a terapia de alice
      12 de janeiro de 2016 - 12:38 Responder

      Amém, Pam! Muito obrigada pelas palavras e pelo carinho, seu comentário me deixou emocionada! Continue acompanhando, um super beijo! ♥

  • Bárbara
    13 de fevereiro de 2016 - 15:54 Responder

    Amei…

  • ketelin braucks
    5 de setembro de 2016 - 22:28 Responder

    Muito bom *-* se encaixa bastante ;/ Por que as vezes é tão difícil por em prática?! mas acima de tudo..
    ” entre 7 bilhões de sorrisos, ela escolheu o seu”..

  • Jean Pablo
    8 de dezembro de 2016 - 15:01 Responder

    Vidas que se cruzam em momentos não tão certos, mas que são um turbilhão de sentimentos…

    Viver um Amor, ou seguir sua vida com suas responsabilidades “filhos, etc…”

    Ninguém escolhe se apaixonar por uma pessoa, mas quando acontece putz, o que é que se faz quando tem outra vida “e complicada”!?!?

    Por um lado a responsabilidade o amor paterno, a importância, e a vontade de ver de perto tudo que seu filho aprende e a consciência de saber o quanto ele irá precisar de você perto, pois sabe o quanto isso influenciará na vida dele…

    Pelo outro lado, uma paixão que virou amor…
    Assim tão naturalmente que não da pra enrolar, ou se vive ou deixa partir…

    A decisão tem um preço que não tenho força pra escolher…

    E quem é que tem?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *