Go to Top

Parta pra outra

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Todo mundo já passou por isso na vida: um quer muito e o outro nem tanto. Um insiste em criar as histórias mais fantasiosas só para provar pra si mesmo que existe algum sentimento ou chance de rolar, enquanto o outro aproveita as oportunidades, mas nada além disso.

Por mais frustrante que seja, se um não quer, dois não fazem. Não adianta ligar, se importar e estar disponível, sem receber o mesmo de volta. Infelizmente não tem jeito, é, eu sei como a gente fica inconformado. O que se tem a fazer é desencanar. Não é que nunca vá acontecer, mas é que provavelmente a hora não seja agora.

Já ouviu aquela expressão “quem quer dá um jeito?”, ela é tão verdadeira que chega a ser irritante. Não existe distância que impeça um relacionamento de acontecer, se ele precisa acontecer. Não têm dificuldades, famílias ou amigos. Se for pra acontecer, se dá um jeito, a vida se encarrega, os dois se esforçam e o amor flui.

Então, se você tá vendo muita dificuldade em ficar numa boa com alguém, quem sabe seja melhor focar sua atenção em outra coisa ou outro alguém. Eu sei, eu sei, quando a gente quer aquela pessoa junto, a gente quer muito e pronto.

Mas vale pensar se a energia gasta realmente vale a pena, se você não tá passando por cima de você mesmo só pra receber um pouco de atenção ou pior, mendigando amor.

Se esse é seu caso, não se desespera, lembre que a vida surpreende o tempo todo. Além do que, às vezes, ficar ausente é o que falta para que a outra pessoa entenda e valorize o seu sentimento.

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAliceMye

97 Respostas para "Parta pra outra"

  • Camila Tavares
    4 de novembro de 2015 - 11:19 Responder

    PERFEITO !!!

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 11:26 Responder

      Obrigada, Cami! <3

  • Priscila
    4 de novembro de 2015 - 11:30 Responder

    Que verdade dolorida… :..(

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 13:08 Responder

      É um pouco triste, né!? Mas já passa, foca em outra coisa e aproveite! beijos

  • Fernanda Vasconcelos Soares
    4 de novembro de 2015 - 11:40 Responder

    Texto maravilhoso!! Na verdade todos são néh rs .. Parabéns, vocês sabem transmitir bem o que precisamos ouvir.

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 13:09 Responder

      Obrigada, Fer! Vamos ouvir e praticar, combinado? Beijinhos

      • Fernanda Vasconcelos
        6 de novembro de 2015 - 00:16 Responder

        Combinado!! Pode até parecer difícil, mas não éh! bjos

        • a terapia de alice
          6 de novembro de 2015 - 16:59 Responder

          Isso aí, gata! beijos

  • Rayssa
    4 de novembro de 2015 - 11:59 Responder

    Obrigada por trazer calmaria em meio a tempestade!

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 13:10 Responder

      Rayssa, respira fundo e veja todas as coisas maravilhosas que estão a sua volta. Continue com a gente, beijinhos

  • Natalia
    4 de novembro de 2015 - 11:59 Responder

    Nossa perfeito. Disse tudo

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 13:12 Responder

      Obrigada, Nati! Continue nos acompanhando <3

  • Maria gabriella
    4 de novembro de 2015 - 12:20 Responder

    Estou nessa situação de só eu querer tentar melhorar as coisas lra gente ficar de bem. Ele já reclama de outras coisas, enfim. Estava chorando, porque já sei onde meu relacionamento vai dar. É ruim isso, mas já passei por isso. Seu texto é incrível, mexeu muito comigo. Obrigada❤️

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 13:25 Responder

      Maria, fácil realmente não é, mas fique bem e foque em fazer o que é melhor pra você (no singular mesmo). Se quiser, depois compartilhe o desfecho da sua história. Beijos <3

  • Beatriz Oliveira
    4 de novembro de 2015 - 12:53 Responder

    Me identifiquei bastante!! Parabéns

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 13:29 Responder

      Obrigada, Beatriz <3

  • Vee Talita
    4 de novembro de 2015 - 13:21 Responder

    Obrigada por esse texto, obrigada de verdade! Resumiu minha situação atual. Se eu ainda tinha dúvidas sobre o que eu deveria fazer, agora não tenho mais… Novamente, muito obrigada! <3

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 13:30 Responder

      Que bom saber que te fez bem! Obrigada pelo carinho e continue nos acompanhando. Beijos <3

    • Tata
      4 de novembro de 2015 - 20:39 Responder

      Somos duas , o texto me ajudou muito ! Ficar correndo atrás , chorando, é ruim pra nós mesmos desde que terminei emagreci 5 kg e se continuar daqui uns dias sumo , rs. O texto só me ajudou a abrir os olhos , quero livro agora rs

      • a terapia de alice
        4 de novembro de 2015 - 23:07 Responder

        Tata, cuide de vc!! Fique bem e força aí, se ame em primeiro lugar que o resto vem junto! Beijos

  • Gisele Agio
    4 de novembro de 2015 - 13:39 Responder

    Que lindoo texto, ameei!! Vc é linda tbm!! <3

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 19:13 Responder

      Obrigada, Gi!!! Venha sempre aqui, beijinhos <3

  • Raissa
    4 de novembro de 2015 - 15:56 Responder

    Como pode um texto traduzir tão bem a situação. Exatamente isso. Tentando praticar o desapego. Entregar nas mãos de Deus, que Ele sabe o que é melhor texto lindo!

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 19:12 Responder

      Obrigada pelo carinho, Raissa! É isso, desapego, vai com fé e vontade que as coisas se encaixam. Beijinhos

  • fernanda
    4 de novembro de 2015 - 16:23 Responder

    Cada dia me surpreendo mais com os textos lidos…mais esse lido hoje era tudo q precisava…valeu demais

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 19:11 Responder

      Obrigada pelo carinho, Fer! Força aí, beijos <3

  • Simara Leite
    4 de novembro de 2015 - 17:12 Responder

    Mesma situação comigo, faço de tudo para dar certo, realmente fazia de tudo por ele, e vejo que nao recebo o mesmo, é muito difícil soltar, deixar o amor ir embora, aquela pessoa que você tanto gosta..
    mas esse texto mostra um caminho!
    realmente é muito difícil, precisa-se de muita coragem.
    por mais textos como esses para nos ajudar a lidar melhor com essa situação. obrigada pelas palavras que mostram o caminho e nos valoriza!

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 19:10 Responder

      Sua linda! Realmente não é tão fácil assim e vc falou tudo: é preciso ter coragem! Vou anotar aqui para termos mais textos nessa linha. Beijos

    • Amanda
      9 de novembro de 2015 - 23:23 Responder

      Você não tem noção (sim, você tem rs) da dor que é. O sentimento de rejeição, de certa forma, tudo.. você idealizar aquela pessoa pra viver o resto da sua vida com ela e ela nem te apresentar pra família, apresenta. Sempre me senti um lixo e mesmo assim continuava ali, na esperança que ele fosse mudar. E ele nunca mudou…

      • a terapia de alice
        11 de novembro de 2015 - 18:38 Responder

        Ai Amanda, dói muito, né!? O que eu posso te dizer é que o tempo alivia e depois cura! Então força e foco em se amar :) beijos

      • Bibiana
        1 de dezembro de 2015 - 09:52 Responder

        Ai é que está, não devemos idealizar ninguém. As pessoas não são como gostaríamos que fossem, Elas não são um robô, onde podemos comandar como gostaríamos. Infelizmente, ou felizmente. Pois se fosse assim, seria mais fácil relacionarmos conosco mesmo. Buscamos tanto no outro que queremos, o que procuramos, mas esquecemos de amar conforme são, da maneira torta. Falhas todos possuímos, mas é preciso amar o pior de alguém para receber o seu melhor. Acredito que não devemos aceitar migalhas de ninguém, amor pela metade não vai nos satisfazer. Esse texto realmente é ótimo. É sim difícil sair de um relacionamento em que amamos mais o outro que a nós mesmo. Claro, falar é fácil,agora chegando na ação nem eu ponho em prática o que falo. Mas pensa bem, vale a pena ficar com alguém que não dá o mesmo retorno que você espera? Temos sim que aceitar o outro, mas não tudo. Não devemos aceitar nada menos do que damos, e isso só quem pode ver se vale a pena é nós mesmos. Não adianta culpar o outro pela ligação não realizada, pela mensagem não respondida, por não ter apresentado a família, sendo que nós aceitamos a situação. Mesmo que não aja mudança da parte da outra pessoa, cabe a nós decidirmos o que fazer com o “amor” que é nos dado. Não basta cruzarmos os braços e esperar ansiosamente por um milagre. O negócio é remangar a camisa, lavar a cara e ver se realmente precisamos de migalhas. É esse amor que queremos? É viver sempre angustiada, sempre triste? Não esqueça, apenas nós temos o poder de mudar nossa felicidade, se achamos que é pouco, então é porque realmente é. Dói, sim dó, e eu mesma sei, mas dói muito mais esperar. Se agirmos hoje talvez amanhã seja diferente. E se não for, ah pelo menos voltaste a sorrir e sim algo muito bom virá, pois desse abertura para que a felicidade bata em tua porta.

        • a terapia de alice
          3 de dezembro de 2015 - 11:44 Responder

          É isso aí, Bibiana. Seu comentário foi inspirador, quem sabe surge um texto novo daí. Beijos

  • Monique
    4 de novembro de 2015 - 17:13 Responder

    Obrigado por nos consolar com textos assim! Muita luz e energia boa para vocês meninas, que acalmam tanto nossos corações.. ♥

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 19:07 Responder

      Obrigada pelo carinho, Monique! Ótimas energias pra vc também e continue com a gente ;)

  • Thamy
    4 de novembro de 2015 - 20:03 Responder

    Perfeito ! Passando por isso agora e precisando ouvir isso .

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 23:10 Responder

      Força aí :) continue com a gente, beijos

  • Ludmila
    4 de novembro de 2015 - 20:07 Responder

    Compartilhar esse texto no face ele irá entender como indireta… posto ou nao?

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 23:09 Responder

      Ele pode entender o que ele quiser, o face é teu, gata! Beijos

  • Lívia
    4 de novembro de 2015 - 22:35 Responder

    Mylenaaaa que falta eu estava sentindo dos seus textos com puxões de orelha sutis hahaha
    Parabénssss ♥ ♥

    • a terapia de alice
      4 de novembro de 2015 - 23:05 Responder

      Aaaah sua linda!! Pode deixar que farei mais desses, beijos <3

  • Amanda
    4 de novembro de 2015 - 23:20 Responder

    É tão confortante ler e se encaixar em cada frase. De certa forma, não me sinto sozinha. E sim, é a coisa mais frustrante e inexplicável pela qual já passei, chego a chorar feito criança de inconformada como a pessoa pode não querer, quando se faz, literalmente, de tudo por ela. Onde não se tem erros e sabe-se que é a certa para ele. Mas uma fase fútil de farras e o medo o tornando orgulhoso o impede de enxergar isso e preferir ficar longe a arriscar

    • a terapia de alice
      5 de novembro de 2015 - 10:10 Responder

      Amanda, sei como é, sei mesmo! Mas não tem mesmo o que a gente possa fazer, o nos resta é focar e aproveitar nossa própria companhia! :) Beijinhos e força <3

  • Ana Clara
    4 de novembro de 2015 - 23:56 Responder

    Parabéns meninas ! Vocês realmente falam o que de vez em quando precisamos ouvir, da forma mais suave e fofa possível :)

    • a terapia de alice
      5 de novembro de 2015 - 10:08 Responder

      Obrigada, lindinha! Continue com a gente :) beijos

  • Rachel Lopes
    5 de novembro de 2015 - 00:13 Responder

    Mais uma vez venho aqui deixar meu muito obrigada! Incrível como todos os textos parecem que são um pedacinho de mim. Muito difícil saber que você não deve mais insistir em um relacionamento que só um lado quer, quando na verdade, deveria ser uma via de mão dupla. AMO todos os textos que tem aqui e sempre que acesso o blog, sinto que estou em casa. OBRIGADAAA!!! ♥♥♥♥

    • a terapia de alice
      5 de novembro de 2015 - 10:07 Responder

      Rachel, obrigada vc por todo o carinho!! Tudo na vida tem seu tempo e a vida surpreende o tempo todo, tenha sempre isso em mente! :) Beijos e continue com a gente

  • Michelle
    5 de novembro de 2015 - 00:15 Responder

    Nossa, como é bom ler isso!
    Por um lado, uma certa tristeza, por saber que o que está acontecendo é exatamente isso, “um quer e o outro nem tanto”…
    Mas por outro lado, chega a ser um “choque de realidade” e um sacode para procurar horizontes melhores e não ficar mendigando amor.

    Texto perfeito!!
    <3

    • a terapia de alice
      5 de novembro de 2015 - 10:04 Responder

      Mi, obrigada pelo carinho! <3 Força aí e foque sempre no que é melhor pra vc :) beijos

  • Tatiane
    5 de novembro de 2015 - 08:50 Responder

    Estou passando por uma situação muito dificil, não dá certo e eu não me conformo… mas tudo passa né? Seus textos me ajudam muito!

    • a terapia de alice
      5 de novembro de 2015 - 09:30 Responder

      Tati, tenha certeza que tudo passa e além de passar deixa ensinamentos para a vida toda! Obrigada pelo carinho e continue com a gente :)

  • Maria Eduarda
    5 de novembro de 2015 - 11:46 Responder

    Estou vivendo esse fase, é difícil sair de um relacionamento quando ainda se ama o outro, mas, é necessário para nossa própria felicidade

    • a terapia de alice
      8 de novembro de 2015 - 19:35 Responder

      Exatamente, Duda! Vai fundo que vc é mais forte do que imagina! Beijos

  • Jheniffer
    5 de novembro de 2015 - 16:24 Responder

    Perfeito, eu amei e acho que esse texto vai me ajudar a enxergar claramente uma situação que esta acontecendo na minha vida.

    • a terapia de alice
      8 de novembro de 2015 - 19:34 Responder

      Jheniffer, lembre sempre que a verdade é melhor do que qualquer ilusão que a gente cria. Força e beijinhos

  • Fernanda
    5 de novembro de 2015 - 19:01 Responder

    Caramba, e como faz quando você está em um relacionamento mendigando amor?

    • a terapia de alice
      11 de novembro de 2015 - 18:40 Responder

      Você respira fundo, se enche de coragem e parte pra outra!

  • Régis
    5 de novembro de 2015 - 22:39 Responder

    Oi!
    Muito bom seu texto!
    É ótimo refletir sobre verdades bem ditas.

    • a terapia de alice
      6 de novembro de 2015 - 17:01 Responder

      isso aí, Régis!! Volte mais vezes :)

  • EC
    6 de novembro de 2015 - 13:52 Responder

    Já passei por isso, realmente e desgastante.
    Mas e verdade, dói muito desistir do que lutamos tanto para conseguir, mas quando começa a nos afetar de uma forma negativa, o melhor a fazer e deixar tudo relacionado a pessoa ir embora.

    • a terapia de alice
      8 de novembro de 2015 - 19:33 Responder

      Por mais duro e dolorido que seja, realmente, o que se tem a fazer é ir embora. Continue nos visitando :)

      • EC
        10 de novembro de 2015 - 18:26 Responder

        No momento estou em processo de desintoxicação.
        Tem um texto no blog que fala. (Cansei de mendigar o que eu merecia por direito – AMOR)

        Você acha que um retorno depois desse estágio tem futuro?

        Obrigado!!!

        • a terapia de alice
          11 de novembro de 2015 - 18:36 Responder

          Realmente é complicado e não existem regras. Pessoalmente, eu acho que até pode dar certo, mas antes as coisas precisam esfriar. Beijo

  • Maria
    11 de novembro de 2015 - 12:48 Responder

    Foi ótimo ler isso, tô passando por isso e as palavras que você escreveu se encaixaram perfeitamente. Principalmente: “Além do que, às vezes, ficar ausente é o que falta para que a outra pessoa entenda e valorize o seu sentimento.” Obrigada!

    • a terapia de alice
      11 de novembro de 2015 - 18:33 Responder

      Que bom que te ajudou, Maria! Isso me deixa bem feliz :) Continue com a gente e até a próxima. Beijos

  • Aline
    25 de novembro de 2015 - 16:15 Responder

    Nossa , era tudo que precisava ler, estava conversando há um tempo com uma pessoa só que moramos 260km de distancia , e ele demonstrava e falava coisas, então tomei coragem e fui até lá só para almoçar com ele , andei 500km em um dia, pra no final ele dizer por mensagem “curti” e não falar mais comigo…. Hoje acordei mais triste, depois que li o texto , me fez refletir a acordar… Obrigada por tanta sensibilidade ao escrever e pela generosidade de compartilhar, Fez bem para mim hoje :)

    • a terapia de alice
      26 de novembro de 2015 - 18:31 Responder

      Aline, é muito bom saber que o texto te tocou de alguma jeito. Não fica triste não, aceita a “derrota” e se joga na próxima aventura, quem sabe ela vire amor. Beijos e continue com a gente ;)

  • Jéssica Gomes
    25 de novembro de 2015 - 17:04 Responder

    Amei ler isso, me deixou mais calma.. Pois acabei de sair de um relacionamento )’: e não está sendo fácil.. E eu fico me perguntando, será que isso tudo vai passar?

    • a terapia de alice
      26 de novembro de 2015 - 18:37 Responder

      Jéssica, vai passar sim. A cada dia vai doer menos, até que vai chegar um momento que tudo virará apenas uma lembrança. Fica tranquila, força por aí. Beijos

  • mayara
    1 de dezembro de 2015 - 09:11 Responder

    Parece que andou ouvindo meus pensamentos!Que texto lindo e verdadeiro,parabéns!

    • a terapia de alice
      3 de dezembro de 2015 - 11:45 Responder

      Obrigada pelo carinho e pelas palavras, Mayara! <3

  • Soraya
    1 de dezembro de 2015 - 20:20 Responder

    Aplausos, amei

    • a terapia de alice
      3 de dezembro de 2015 - 11:45 Responder

      <3 <3 <3

  • Soraya
    1 de dezembro de 2015 - 23:41 Responder

    Simplesmente texto perfeito.

    • a terapia de alice
      3 de dezembro de 2015 - 11:42 Responder

      Obrigada, Soraya <3

  • Iasmim
    15 de dezembro de 2015 - 10:33 Responder

    Esse texto doeu na minha alma, creio que quando comecei a ler, eu tive vontade de parar por medo do que encontraria nos parágrafos seguintes. Mas você soube esclarecer minhas dores. Parabéns! :'(

    • a terapia de alice
      15 de dezembro de 2015 - 11:25 Responder

      Ai Iasmim, seja forte, sua linda!!! Obrigada pelo carinho e continue com a gente <3

  • Maria Eduarda
    19 de dezembro de 2015 - 16:26 Responder

    Amei esse texto, e amei mais ainda a forma que “a terapia da alice” está me fazendo pensar diferente a cada texto que leio.

    • a terapia de alice
      20 de dezembro de 2015 - 14:21 Responder

      Que legal saber isso, Maria Eduarda! Continue com a gente <3

  • Sinha
    26 de janeiro de 2016 - 21:23 Responder

    Que verdade dolorida… :..( ² rs

    • a terapia de alice
      1 de abril de 2016 - 17:08 Responder

      Essas coisas acontecem, você é forte!!! <3

  • Isa Barbosa
    28 de janeiro de 2016 - 20:12 Responder

    Passei exatamente por isso, e não fez nem uma semana, meu primeiro amor. Ficava com ele desdos 12, e acabamos namorando mais estou me sentindo tão só, tentando ser forte para não pedir para ele voltar, sinto falta .
    Já não sei mais o que fazer para tirá-lo da cabeça. É isso se chama amor. Esperando que um dia ainda dê certo .

    • a terapia de alice
      7 de março de 2016 - 14:46 Responder

      Linda, vc tem a vida inteira pela frente e muitos amores vão passar por vc. “Curta” esse fim e se renove para novos começos! beijos

    • a terapia de alice
      7 de março de 2016 - 14:44 Responder

      Migs, chora não! Vamos levantar a poeira e rir com a vida! <3

  • Hayra
    2 de fevereiro de 2016 - 20:38 Responder

    Ameiiii. Precisava ler isso!

    • a terapia de alice
      7 de março de 2016 - 14:43 Responder

      Obrigada, linda!

  • Tais Alves
    17 de fevereiro de 2016 - 16:55 Responder

    Aquele choque de realidade que precisava para acordar! Vocês têm me dado muita inspiração para seguir em frente após um fim de namoro que ainda é doloroso. Mas graças a vocês, estou criando forças e focando em coisas que realmente valem a pena! Quando estou pra baixo ou triste por causa do fim, venho aqui e procuro os textos, leio ouvindo as musicas, ate me emociono, e logo após vem o alivio! Obrigada à todas! Estão de parabéns e sucesso para todas. Beijos.

    • a terapia de alice
      7 de março de 2016 - 14:42 Responder

      Muito obrigada pelo carinho, Tais! É por vc e outras meninas que tbm se identificam com os nossos textos que a gente segue escrevendo! Beijos <3

  • Milena
    24 de fevereiro de 2016 - 14:57 Responder

    Meu Deus!!! É simplesmente incrivel, adorei esse e todos os outros , vcs são de mais! <3

    • a terapia de alice
      7 de março de 2016 - 14:41 Responder

      Obrigada, xará!! beijos

  • Jonathan
    1 de abril de 2016 - 01:43 Responder

    Admiro sua forma de pensar, nos trouxe grandes verdade. Encontrei muitos textos bons por aqui. O seu texto relata um pouco do meu último relacionamento: dar muito para uma pessoa, sem receber na mesma intensidade. Hoje, amadureci: não sou mais ansioso, não sou carente e nem dependente emocional, aprendi sobretudo a ser feliz sozinho, aprendi a me amar, amar a Deus sobre todas as coias, e amar aqueles que estão a minha volta. Vivo sem pressa até achar essa joia rara. Vejo tantos casados vivendo só e tantos solteiros vivendo muito melhor. É isso aí mesmo: “Parta para outra” porque Deus tem sempre o melhor.

    Abraços,

    jb

    • a terapia de alice
      1 de abril de 2016 - 17:05 Responder

      Isso aí, Jonathan, vamos com fé que a gente chega lá! Abraços :)

  • Layara
    5 de abril de 2016 - 14:31 Responder

    Nossa! feito pra mim!!! muito textos se encaixam na minha vida! mas nenhum tão perfeitamente como esse!!As vezes um choque de realidade faz bem !!! Após um termino bem doloroso de um relacionamento de 6 anos as coisas parecem que nunca vão melhorar!
    Adoro o textos todos os textos, muitas das vezes é oque estamos precisando ouvir!
    Nunca parem de escrever <3 beijoos

    • a terapia de alice
      19 de abril de 2016 - 10:44 Responder

      Obrigada por todo o carinho, Layara! Continue com a gente! <3 Beijos

  • Mariia
    14 de junho de 2016 - 11:01 Responder

    meus deus, oque resta é chorar, sorri e seguir. mylena voce me vigia ? todos os seus textos tem um efeito enorme sobre mim :´´( eh tao bom de se ler, e essas musicas ? mds, baixando todas elas. tu nao tem ideia de como esses textos me ajudar…. Obrigado !

  • Caroline Santos
    28 de julho de 2016 - 22:59 Responder

    Perfeito ♥ trouxe conforto em meio a tanta confusão! As coisas andam tão complicadas entre eu e ele, tudo consta contra nós porém não insisto mais, acredito veemente nesta frase citada acima “quem quer dá um jeito!”, inspirador, parabéns!

  • ARIELA MIRANDA DE TOLEDO
    24 de novembro de 2016 - 10:02 Responder

    … Toda vez que leio os textos me identifico com alguma parte… e com os comentários também! <3 Adoro os textos, adoro o blog, adoro tudo, e desejo cada vez mais sucesso, pois saiba que suas palavras são inspiradas e nos enchem de alegria! É como se a gente descobrisse que não estamos sozinhas, e isso traz conforto e paz…. Obrigado sua linda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *