Go to Top

Sobre mim, falo eu

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Não venha me rotular, não venha dizer que eu sou louca, insegura ou intensa. Não venha me contar que eu só me estressei ontem porque eu fui criada de um jeito que você estranha. Se eu mesma não me conheço totalmente, imagina você! Ah, e pode ficar tranquilo, que da minha boca sai carinho, sai até palavrão, mas não sai julgamento.

Vão ter noites que vou descer até o chão dançando com os meus amigos, vão ter domingos que eu vou passar como criança junto da minha família, reuniões que eu vou mostrar meu conhecimento e dias comuns que eu serei só mais uma na multidão. Nada disso me define. Já deu de dizer o que o outro é ou deixa de ser por aquilo que se faz, fez, se sente ou já se sentiu.

Claro que eu já fiz coisas que não me orgulho tanto, que talvez se eu pudesse, passaria uma borracha. Mas isso já é bastante pra eu carregar sozinha, então não venha cutucar minha ferida e muito menos decretar minha personalidade por algo que já passou.

Às vezes eu defendo, outras vezes eu preciso de defesa. Têm vezes que eu sou mulher, tem vezes que sou menina. Vario entre santa e pecadora, assim como têm horas que me sinto invencível e outras que me sinto pequena. Não tenho vergonha, assumo tudo, só não ache que você tem algum direito de usar isso contra mim.

Queria que tivesse sido eu, mas foi Caetano Veloso quem escreveu e cantou “cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é”. Por isso que eu me esforço para conter meus pensamentos julgadores toda vez que eu presencio alguma coisa diferente dos meus próprios valores. Se eu faço isso, qualquer um pode fazer.

Do mesmo jeito que você tem sua história e seus motivos, eu também tenho os meus. Então vamos combinar que rotular quem quer que seja é maior perda de tempo do universo e que ao invés disso, eu você e todo mundo podemos dedicar nosso tempo e intenções em fazer o bem e mudar o que está a nossa volta!? Por mim fechado e pra você?

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAliceMye

♥ VEM ACOMPANHAR TAMBÉM
(clique para seguir)
NO INSTAGRAM:
@milenedamata|@aterapiadealice
YOUTUBEFACEBOOKTWITTER

8 Respostas para "Sobre mim, falo eu"

  • Heliete
    19 de novembro de 2015 - 12:39 Responder

    Amei, amei, amei!

    • a terapia de alice
      22 de novembro de 2015 - 13:06 Responder

      <3 <3 <3

  • naidiane yasmim
    20 de novembro de 2015 - 23:18 Responder

    perfeito..

    • a terapia de alice
      22 de novembro de 2015 - 13:05 Responder

      Obrigada, Naidiane! Volte mais vezes :)

  • Simone Molinari
    21 de novembro de 2015 - 13:45 Responder

    Se as pessoas cuidassem mais da própria vida , existiriam menos infelizes e mal amados .

    Ótimo texto me define perfeito

    • a terapia de alice
      22 de novembro de 2015 - 13:05 Responder

      É isso mesmo, Simone! Que bom que gostou :) beijos

  • Nina
    4 de dezembro de 2015 - 13:31 Responder

    MARAVILHOSO!

    • a terapia de alice
      6 de dezembro de 2015 - 17:29 Responder

      Obrigada, Nina!!! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *