Go to Top

Madrinha, eu amo você!

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Na casa da madrinha sempre tem o doce preferido, o filme preferido e a dinda disposta a te mimar. A mãe pode até não te entender, mas a madrinha sempre entende! O amor que uma madrinha pode sentir surge antes do nascimento e vai além da vida.

Madrinhas são anjos protetores, e você é ainda mais que isso. Você esteve ao meu lado nos dias em que eu precisei de apoio e tornou mais fácil qualquer dificuldade. Você me ensinou a colorir, a ser mais paciente, e me mostrou que o amor não tem preço. Talvez eu nunca tenha dito, mas você foi um espelho pra mim, e tudo do que eu sou tem muito de você. Eu queria agradecer pelos conselhos, pelo tempo que dedicou a mim, por ser o meu alicerce, o meu porto seguro. Saiba que você faz parte daquilo que me torna forte.

Existem pessoas que tem a sorte em ter uma madrinha, mas eu fui abençoada com uma segunda mãe. Madrinha, obrigada por existir! Eu amo você, assim, exatamente do jeitinho que você é.

 

6 Respostas para "Madrinha, eu amo você!"

  • Ingrid Izidoro
    7 de janeiro de 2016 - 01:32 Responder

    Ameiiii. Disse a mais pura verdade. Sou Madrinha, Dinda, tia, mãe 2 rs e todos os outros os nomes que minha anjinho chama. E meu amo transborda. Parabéns pelas palavras, descreveu perfeitamente. Sucesso sempre. Bjs :-*

    • a terapia de alice
      10 de janeiro de 2016 - 16:57 Responder

      Que amor! Muito obrigada, Indrid querida!
      Ser madrinha é tudo de lindo, né! ♥

  • Beatriz
    8 de janeiro de 2016 - 00:52 Responder

    Antes mesmo de me tornar dinda eu já me sentia como uma mãe para ela, minha prima. Não pensava que poderia caber tanto amor dentro de mim, então apareceu ela e fez com que isso acontecesse.
    É um sentimento que eu não sei explicar, simplesmente eu fico feliz, eu quero cuidar, ela é tão parecida comigo, tenho quase dezoito anos e ela nove, mas eu consigo me entender tão bem com ela. Simplesmente quando estamos juntas viro uma criança e faço até pirraça…
    Sabe, ela é o amor da minha vida.

    • a terapia de alice
      10 de janeiro de 2016 - 16:58 Responder

      Que coisa mais linda! Realmente, o amor entre madrinha e afilhada é algo inexplicável, mas é maravilhoso!!! ♥

  • Mariana Kappel
    8 de janeiro de 2016 - 14:21 Responder

    Aaai nem tenho o que dizer. Perdi minha madrinha há 2 anos. Que dor, e agora, que saudade. Ela foi mais que uma Dinda. Foi minha amiga, companheira. Nossa ligação era muito forte. E hoje, aaaaah hoje eu tenho a minha afilhada, minha filha. Que amor. Meu Deus, será que existe amor maior. Não tenho filhos. Ela me basta. O amor dela me basta. Claro que sonho com o dia que terei meus filhos. Mas está tão bom assim. Amor da iii (ela me chama assim). E ela se declara pra mim. Quer que eu vá na casa dela todos os dias. Quando ligo, pergunta se vou demorar. Cortou o cabelo igual ao meu. Que amor mais lindo e puro. ♥♥

  • a terapia de alice
    10 de janeiro de 2016 - 17:00 Responder

    É mesmo lindo e puro demais! Que Deus abençoe este laço entre vocês duas. ♥ E tenha certeza que a sua dinda, esteja onde estiver, ainda cuida de você. ♥ Um grande beijo, querida! Obrigada pelo comentário. :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *