Go to Top

Eu finalmente vi quem você era de verdade

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

Todas as palavras que você me disse vieram acompanhadas pela ausência de atitude, e eu lembro de tudo como se fosse hoje. Você me dava bom dia todas as manhãs, dizendo que não via a hora de estarmos juntos novamente, mas nunca fez esforço nenhum para me ver. Lembro de todas as vezes que você me disse que sua mãe me amava antes mesmo de me conhecer, mas no fundo, ela nunca tinha ouvido falar em mim… pelo menos não da sua boca.

Lembro dos falsos sonhos que você dizia ter comigo, e de todos os planos ilusórios que fazíamos. Lembra de quando você me disse que terminaríamos a faculdade juntos, depois casaríamos, e teríamos uma família linda e feliz?

Pois é, pra você nada disso fazia sentido, afinal, eu só era mais uma para preencher as suas horas vagas, e você lembrava-se de mim nos momentos de carência, quando ninguém estava por perto. Eu era boba, e estava sempre aqui pra você.

Sabe o que é engraçado? Chega uma hora que a gente cansa. Cansa das vezes que, com os olhos pesados olhava as últimas mensagens enviadas, e não entregues, com a esperança de que fossem pelo menos visualizadas. Chega uma hora em que cansamos de ser vistas como nada, por alguém que você via como tudo. O tempo passa e a própria vida se encarrega de nos mostrar, o que é ser feliz de verdade, e que não vale a pena viver de migalhas, pois logo ali na frente é possivel encontrar um amor inteiro.

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

♥ VEM ACOMPANHAR TAMBÉM
(clique para seguir)
NO INSTAGRAM:
@milenedamata|@aterapiadealice
YOUTUBEFACEBOOKTWITTER

Bases_Assinaturas_ATerapiaDeAlice

7 Respostas para "Eu finalmente vi quem você era de verdade"

  • Dara Maria
    30 de maio de 2016 - 17:50 Responder

    Liiinndas! Que prazer ter um texto meu no Blog de vocês ♥

  • Daniela Nunes
    30 de maio de 2016 - 17:53 Responder

    Oiii Dora!
    Amei seu texto, de verdade! ♥

    • Dara Maria
      31 de maio de 2016 - 23:45 Responder

      Oii Dani! Que bom que gostou, fico muito feliz por isso. ♥

  • Bárbara
    1 de junho de 2016 - 03:28 Responder

    Lindo, sem palavras, me resumiu! ❤♡

  • Alice
    1 de junho de 2016 - 13:25 Responder

    Ola, eu realmente me identifiquei muito com esse texto, gosto muito de todos os textos do blog, existem pessoas que não dão valor as boas pessoas que entram em sua vida, o verdadeiro amor pra dizer a verdade, e isso é lamentável e muito pior para as pessoas que gostam e não merecem serem tratadas como segunda opção pois eu valor é muito maior!! Vocês estão de parabéns!! Lindas palavras Dara :*

    • Alice
      1 de junho de 2016 - 13:26 Responder

      seu**

  • EC
    2 de junho de 2016 - 08:28 Responder

    Dara!!! Lindo o texto.

    Passei por algo praticamente o que você escreveu :).

    “não vale a pena viver de migalhas, pois logo ali na frente é possivel encontrar um amor inteiro”

    Não encontrei ainda, mas de migalhas nunca mais, por ninguém .

    PARABÉNS PELO TEXTO, SIMPLESMENTE, LINDO, OBJETIVO, DIRETO E VERDADEIRO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *