Go to Top

Eu já sabia que seria diferente com você

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

A gente é mesmo meio esquisito, sou dessas que dança sozinha no quarto e você dá risada antes de contar a piada. Se fosse só isso tudo bem, mas eu troco o almoço por um chocolate e você toma café para dormir – será que mais alguém no mundo também é assim? Duvido!

Você tem essa mania de me apertar e eu tenho vontade de te morder, as pessoas não entendem, mas é a nossa forma particular de demonstrar carinho! A gente briga já querendo se acertar e mesmo assim é difícil um dos dois dar o braço a torcer. Acho que a gente é meio maluco, não faz muito sentido as coisas que a gente faz. A gente tem essa liberdade que se mistura com a vontade de morar dentro um do outro. O tempo passa arrastado quando você está longe, e quando tá perto as horas parecem segundos, como pode um mesmo relógio ter ponteiros tão diferentes quando se trata da gente?

Se me perguntam, eu não sei muito bem explicar o que eu vi em você, você me tira do sério e ao mesmo tempo me traz paz, não é pra ficar convencido, mas você me faz voar com os pés no chão, me faz sonhar de olhos abertos, eu não sei como dizer, mas sem saber eu já sabia que seria diferente com você. E se eu contasse, talvez ninguém iria acreditar, você conhece os meus defeitos e mesmo assim ainda me ama!

Sem preencher nenhum pré requisito, você preencheu todas as lacunas daquela parte da minha vida que até você chegar era vazia e hoje eu não me sinto mais sozinha. Nós somos assim, imperfeitamente perfeitos um para o outro! Quem nunca viveu um amor desses pode pensar que eu sou louca, mas como a música diria, eu acho que a sua loucura parece um pouco com a minha.

♥ VEM ACOMPANHAR TAMBÉM
(clique para seguir)
NO INSTAGRAM:
@milenedamata|@aterapiadealice
YOUTUBEFACEBOOKTWITTER

 

3 Respostas para "Eu já sabia que seria diferente com você"

  • Alícia Alves
    8 de julho de 2016 - 19:18 Responder

    Que amor! ❤

    • Yris Ventura
      15 de agosto de 2016 - 10:55 Responder

      Vocês arrasam. Que dengo!

  • Sinara Santana
    10 de julho de 2016 - 03:39 Responder

    Faz um livro pf. Suas história me acalmaram, nunca mais tinha lido nada tão conectivo. Nunca passei por uma situação dessas das suas histórias, mas, de alguma forma me trouxe uma calma divina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *