Go to Top

Algumas pessoas surgem para nos fazer amar, outras para nos ensinar

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

 

Eu confiei, não vou negar. É que eu não sei amar em doses homeopáticas, sabe? Eu entrego o meu melhor. Mas a gente não deve ser demais para quem é de menos…

Que ironia, logo eu, que sempre fui de reparar nos detalhes, por muito tempo não soube dizer o que havia de errado entre a gente. Todos percebiam, alguns até me diziam, mas eu insistia em não enxergar, ou talvez, apenas não queria aceitar. Não sei quanto tempo demorou para eu assumir que a sua presença me fazia mal.

Confesso que eu tentei, quis que essa história fosse diferente… insisti. Insisti demais até quase desistir de mim. Neguei a decepção, te dei chances em vão. No meio dos seus erros eu fui corrigindo os meus acertos e me perdi… foi aí que eu entendi que era necessário te deixar ir para que eu pudesse me encontrar.

No seu lugar ficou a maior lição de todas, eu aprendi que pessoas de mentira não sabem reconhecer o valor de quem é de verdade. Não, não foi fácil, mas juntei todos os meus pedaços e me reinventei, hoje eu sou a melhor versão de mim mesma. Obrigada por ter me tornado mais forte.

A verdade é que sem você a vida é muito mais leve… aos poucos a angústia foi se dissolvendo em um gosto amargo até que no meio de um suspiro fundo ela passou e o meu sorriso voltou. Eu finalmente entendi que algumas pessoas entram na nossa vida para nos fazer amar, outras para nos ensinar.

♥ VEM ACOMPANHAR TAMBÉM
(clique para seguir)
NO INSTAGRAM:
@milenedamata|@aterapiadealice
YOUTUBEFACEBOOKTWITTER

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *