Go to Top

Em você eu encontrei o amor

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

O amor pode ser encontrado depois da décima taça borbulhante, quando seu olhar para encantado no canto da boca que você anseia beijar. Ou pode ser visto no fio de esperança, incrivelmente forte, que sobrevive ao beijo de despedida que só aconteceria aquela noite. É… olha lá, um beijo e nada mais.

O amor pode ser encontrado depois de uma gargalhada saborosa, quando a viagem deixa as ruas de lado e invade o pensamento. Ou pode ser visto na loucura, incrivelmente pura, que resiste e aumenta com um banho de cachoeira. É… olha lá, um desejo e nada mais. O amor pode ser encontrado depois de um carinho de admiração, quando a reação para algum feito supera qualquer expectativa. Ou pode ser visto na pequena proteção, incrivelmente verdadeira, que estampa os textos do livro de cabeceira. É… olha lá, ternura e nada mais.

O amor pode ser encontrado depois da mais feia discussão, quando as lágrimas não são contidas e as feridas expostas com redenção. Ou pode ser visto na paz entendida, incrivelmente extrema, que enlaça os braços e faz as veias pulsarem compassadas no caminho do perdão. É… olha lá, sem planos e nada mais.

O amor pode ser encontrado depois da oitava queda de ligação, quando a voz não tem mais assunto, mas ainda continua muito requisitada. Ou pode ser visto no tímido toque da campainha, incrivelmente longo, que dá frio na barriga e vontade de se jogar no mais apertado abraço. É… olha lá, amizade e nada mais.

O amor pode ser encontrado depois do balanço preguiçoso da rede, quando a chuva atrapalha a piscina, mas não termina com a empolgação. Ou pode ser visto no instante que tudo está em silêncio, incrivelmente quieto, e você pode escutar as boas vibrações que chegam quando mais precisa. É… uma ajuda e nada mais.

O amor é mais do que estado de espírito. É alma feita pele e pele refletindo a alma. É toque que não precisa ser tocado e palavra que não necessita ser dita. É fazer o bem sem notar e notar tudo feito como bem. É um perder-se para encontrar. O amor somente é encontrado depois de insistência, quando as batalhas da vida percebem porto para repousar e as rédeas de controle do caminho parecem não interessar.

O amor pode ser visto nos passos, incrivelmente confiantes, que são direcionados a outro alguém. É um poema. E em você eu encontrei este amor e descobri que tudo continua igual, mas só tem graça com você ao meu lado.

Texto lindo que o leitor Hélio Erthal enviou! ♥
Quer ver o seu texto aqui também? Envie para contato@aterapiadealice.com ♥
E vem acompanhar A Terapia de Alice também no Instagram e no Youtube! ♥

2 Respostas para "Em você eu encontrei o amor"

  • Hélio
    28 de janeiro de 2017 - 15:46 Responder

    Tão bom ver meus texto aqui! :D *-*

    • Hélio
      28 de janeiro de 2017 - 15:47 Responder

      Tão bom ver meu texto aqui! :D *-*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *