Go to Top

Respeite a dor que você não sente

♪ Clique aqui para ouvir Gravity enquanto lê este texto, ou clique aqui para ouvir a Playlist Milene da Mata completa no Spotify ♥

texto e fotografia: @milenedamata @aterapiadealice @milenedamataphotos

Ok, vai ficar tudo bem, no fundo todo mundo sabe que, de um jeito ou de outro, a vida entra nos eixos. Mas às vezes estamos imersos em uma angústia tão grande que nos impossibilita de enxergar a luz no fim do túnel…

Passar por momentos difíceis me ensinou a ser uma pessoa mais empática. Eu aprendi que dores são incomparáveis e que eu não tenho como medir o que o outro sente. O melhor que eu posso fazer pra ajudar é ouvir, ser apoio, ser abraço, mas nunca apontar o dedo pra uma realidade que eu não vivo, muito menos fazer pouco caso do que eu não sinto.

Não estou sugerindo aqui que a solução seria se afogar no drama, também não vamos para esse extremo. Mas minimizar a dor do outro não faz com que ninguém se sinta melhor. Entenda que você não é capaz de julgar aquilo que não dói em você. Pessoas são diferentes, pensam e sentem de forma diferente. O que pra você pode ser apenas um detalhe, talvez signifique o mundo de um outro alguém. Você não precisa entender, ou aceitar, apenas respeitar.

Nada como um dia após o outro, tanto para colocar as coisas no lugar, quanto para virar a sua vida de pernas para o ar! Em questão de segundos tudo muda e nem sempre estamos preparados para as mudanças que a vida nos impõe… Portanto respeite se hoje você vê desabar o mundo de alguém, porque amanhã pode ser que o seu mundo desabe também.

Clique aqui para se inscrever no meu canal do YouTube ♥ E vem me acompanhar também no Instagram: @milenedamata e @aterapiadealice ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *